História PlayBoy — MiTw - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias TazerCraft
Personagens Mike, Pac, Personagens Originais
Tags Mitw
Visualizações 138
Palavras 1.254
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Slash, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Ressurgi das cinzas como uma fênix!

Desculpem a demora, eu fiquei doente pela primeira vez (Nesse ano).

Tea Mogeko, quase não fica doente :P

~Chá? ☕

Capítulo 2 - Sexy Night


Tarik Pacanhan

O que é que está acontecendo comigo, meu Deus?! Eu mesmo paguei uma bebida apenas para ter uma noite com esse ser... Acho que o nome dele é Mikhael, pelo o que eu me lembre.

— É bom você me dar uma ótima noite, senão eu vou ficar muito bravo por ter pago aquela bebida! — Tranco a porta do quarto.

— Relaxa princesa, se deite na cama e desfrute as nuvens. — Diz enquanto retira suas roupas.

Retiro minhas roupas também e me deito na cama.

— Você quer que eu te chupe? — Diz que sim, por favor.

— Ah pode ser, você não me parece apertado, mas ok. — Retira sua boxer, revelando seu grande membro.

Wow... Isso é o sonho de qualquer homem maromba: Ter um pênis grande. Porque o mundo sabe que os homens marombas apenas tem corpo, porque de pênis não tem nada.

— Agora se senta aí na cama e desfrute o seu boquete. — Me ajoelho.

Pego seu membro e começo com uma masturbação lenta.

Mikhael Línnyker

Oh god... Acho o dono do barzinho tinha razão sobre ele. Só de sentir essa masturbação, já é uma sensação inexplicável!

— Você gosta...? — Dá uma apertadinha em minhas bolas.

— Sim... É ótima sensação.

— Sabe o que pode ser melhor? — Aperta meu membro novamente.

— O quê?

— Minha boca na sua pica.

Oh meu Deus, eu vou levar esse ser pra minha casa.

— Então engole a minha pica. — Coloco meu membro em sua boca e o mesmo começou a me chupar lentamente.

— Hm... Fode minha boquinha? — Me olha inocente.

— Quer sua boquinha toda fodidinha? — Esfrego meu membro em seu rosto.

— Quero! Fode ela! — Aproxima sua boca de meu membro.

— Ainda não. — Me sento na cama e o coloco no meu colo. — Eu gosto de fazer algumas provocações, antes do sexo... — Deixo meu membro entre suas nadegas. — Você gosta de provocações?

— Ahw... Sim... — Começa a rebolar. — Se for você me provocando é melhor ainda!

— Que safadinho. — Bato forte em sua bunda. — Você é apertado?

— Um pouquinho, isso te incomoda? — Me mostra o vidro de lubrificante.

— Não precisa, eu gosto de coisas que apertam o meu membro.

O coloco de quatro na cama, separo suas nadegas e deixo meu membro entre as mesmas novamente. Visão dos deuses.

— Você tem algum ponto fraco? — Finjo o penetrar.

— Hm... Tenho. Mas não vou te contar.

— Ah sério? Que chato... — Penetro apenas a cabecinha. — Conta pra mim, vai! Não conto pra ninguém.

— Aahw... Como posso confiar em você?! Eu não revelo meu ponto fraco tão fácil assim, como você está achando. — Ele já está começando a gemer.

— Eu te conto onde meu ponto fraco se localiza, mas após eu contar eu quero que você me conte o seu ponto fraco também.

O quarto ficou em um silêncio total por alguns minutos, mas ele logo me respondeu.

— Não precisa me dizer seu ponto fraco... — Me empurra na cama e se senta com tudo em meu membro. — A-AAHW! A-Apenas me foda com todas as suas forças, Sr. Línnyker! Me foda com força!

O deixo de quatro novamente e já começo com estocadas violentas. O mesmo gemia/gritava de puro prazer. Os gemidos desse ser humano deixa qualquer um excitado em 5 milésimos.

— Quer a rola na próstata?! — Dou uma forte estocada.

— AAHW! Quero... Enfia esse seu cacete grande e grosso bem fundo em mim! — Da uma reboladinha.

— Que safadinho você. — Bato forte em sua bunda e volto com as estocadas violentas.

Cama batendo contra a parede, nossos gemidos/gritos altos para caralho que com certeza devem ter acordado alguém. A enorme bunda do Tarik batendo no meu membro... Ah! Eu devo estar em um paraíso!

— Vai Mikinho! Mete mais fundo em mim vai... Me deixa ser andar por 3 semanas!

Me deito na cama e o coloco por cima de mim, formando a posicao: 69.

— Hm... Mete esse cacete na minha boca até eu me engasgar! — Eu já disse que o linguajar dele é maravilhoso? Se eu disse, tô dizendo de novo.

— Ajoelha aqui. — Fico de pé na cama e coloco meu membro em sua boca novamente.

— Ah... Que delicioso! — Tarik diz enquanto me chupava com vontade. — Se isso fosse permitido aqui no Strip Club, eu iria morar com você para transar contigo todos os dias!

— Uuuh... Quem sabe algum dia isso possa acontecer. — Retiro meu membro de sua boca e o penetro novamente com força.

— A-AAHW, LÍNNYKER! ISSO, FODE!

Levei uma de minhas mãos até um de seus mamilinhos rosados e os apertei com bastante força.

— AAAAH! N-NÃO TOQUE AÍ... — Tarik modo hentai ativado.

Acho que o ponto fraco dele é aqui. Quer dizer, acho não, tenho certeza! Pra ele berrar tanto assim.

— Relaxa... — Fico massageando esse local. — Não vou mais apertar. — Fico beijando o seu pescoço.

— Hmm... Aperte por favor, foi muito boa essa sensação! — Leva as minhas mãos até seus mamilinhos. Começo a os apertar com força. — AAAH! E-EU VOU GOZAR!

Meu Deus. Pelo visto o ponto fraco dele é uma das maneiras mais fáceis de fazer ele gozar em segundos/minutos.

— Goze! — Fiquei sussurrando coisas safadas em seu ouvido, o que o fez ficar corado em segundos e soltar um mínimo sorrisinho.

Dei mais algumas estocadas e acabei gozando. — Dentro da camisinha. — Ia me retirar dele, mas o ser humano aqui me puxou de volta.

— Fique dentro de mim só mais um pouquinho... Por favor. — Me pede enquanto arrumava a sua respiração que estava fraca.

— Ok... Eu fico. — Me deito ao seu lado.

BREAK TIME

Depois de quase 1 hora esperando ele ficar paciente com meu membro dentro dele eu pude me retirar para ir embora.

— Você volta aqui amanhã...? — Me pergunta enquanto veste seu roupão rosa bebê.

— Talvez princesa. Vou fazer meu máximo para vir pra cá! — Deixo um dinheiro na cama e visto minha calça. — Não te prometo nada... Porque eu trabalho.

— Onde você trabalha? — Vem até mim e coloca seus braços ao redor do meu pescoço.

— Eu chefe de uma empresa de Medicina. É raro eu atender alguém por ser o chefe, eu fico mais na minha sala assinando papéis e fazendo várias outras coisas aleatórias, como: jogar no celular, mexer no computador, comer, dar um cochilo... Mesmo isso sendo errado ser feito no trabalho. — Coloco meus braços em volta de sua cintura.

— Você não faz quase nada de interessante? Que chatinho... — Dá um beijo no meu pescoço. — Te desejo um ótimo dia de trabalho amanhã... Que já está sendo considerado hoje, por ser 02:30.

— Obrigado, princesa. — Deixo um chupão no seu pescoço. — Eu vou indo... Te vejo amanhã, ou depois de amanhã. Ou quando eu tiver tempo. — Solto uma risadinha e vou embora pra casa.

Tarik Pacanhan

Ele mal foi embora e eu já o quero de volta nessa cama!

Tadinho do MEU homem... Ele quase não faz nada naquela empresa, apenas fica observando o tempo passar lentamente.

Acho que vou fazer uma "mini" surpresinha pra ele, espero que o mesmo não se incomode com isso e também espero que goste.


Notas Finais


Vamos ser amiguinhos, sou legal 🍬

∂єѕєנα cσηтιηυαя?

ѕιм ←
ηασ

╓─╖╓──╖╓─╖╓────╖╓────╖
║░║║░╓╜║░║║░╓──╜║░╓──╜
║░╙╜╓╜░║░║║░╙──╖║░╙──╖
║░╓╖╙╖░║░║╙──╖░║╙──╖░║
║░║║░╙╖║░║╓──╜░║╓──╜░║
╙─╜╙──╜╙─╜╙────╜╙────╜

~ ℳσgєkσ ☕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...