História Playground ;; yoonseok - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Hoseok, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Rap Monster, Suga, Taehyung, Yoongi
Exibições 262
Palavras 683
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


oyoyoy

Capítulo 21 - Twenty!


Fanfic / Fanfiction Playground ;; yoonseok - Capítulo 21 - Twenty!


Depois de algum tempo - muito - no carro de Namjoon, nós chegamos na casa do Yoongi, era bem grande, mas tinha apenas um quarto, então, eu vou dormir com Yoongi e Jin e Namjoon no colchão, talvez isso me preocupava um pouco, dormir com Yoongi na mesma cama, mas claro que não deixei isso transparecer.
— Enquanto aqueles dois se comem  lá em baixo. — Trancou a porta do quarto. — Senta na cama. — Assenti, caralho. — Faça um resumo do que aconteceu nos últimos 7 anos. 
— Hm, minha vida virou de cabeça para baixo, conheci os dois ali em baixo, poderia até comer o garoto mais bonito e desejado da escola, mas esperei Min Yoongi. — Suspirei. — Odeio minha vida, mas amo minha mamãe.
— Mamãe? — Riu. 
— Aish, sua vez. — Se sentou ao meu lado.
— Terminei o colégio a um ano, perdi a virgindade a um ano, sem beijar a uns meses, odeio minha vida desde que tinha 12 anos de idade, nunca namorei serio.
— Yoongi, você não me esperou realmente. — Levantei da cama, indo até a porta, mas o mesmo segurou meu pulso.
— Nunca amei mais ninguém, sempre foi você, Jung Hoseok, sempre, se eu beijava alguém eu me sentia culpado, esqueça isso, por favor? — Respirei fundo e assenti. — Q - quer ir deitar? já esta tarde e... — O interrompi.
— Vamos, já estou cansado, de qualquer forma. — Me deitei na cama, peguei um cobertor azul - escuro, tirei a calça e taquei num lugar aleatorio do quarto.
— Hmm, vamos dormir também. — SeokJin e Namjoon brotaram no quarto, se tacando sobre o couchão.
— Ainda são 22h gente, por que caralhos vocês vão dormir? — Disse.
— Vá dormir. — Namjoon exclamou.
Me deitei do lado contrario de Yoongi, o quarto era bem bonito, paredes azuis escuras, o teto era cheio de estrelas que provavelmente Yoongi terá colado. Senti o garoto baixinho me abraçar por trás, me fazendo corar, sua mão passa por todo meu abdomen; coloca sua mão dentro da minha cueca, me fazendo arrepiar.
— Y - Yoongi-ah! eles estão aqui. — Murmurei, quase inaudível, o outro só fez um " shh " e começou a me masturbar, mordia meus lábios tão fortes, não poderia gemer, mas claro, não me contive. — Y - Yoongi. — Gemi baixinho e me virei para ele.
— Se não fosse por eles dois aqui, eu te foderia tanto, babyboy. — Continuava me masturbando.
— V - Vamos para outro lugar, Daddy. — Mordi os lábios; Yoongi tirou a sua mão e se levantou, saindo do quarto, e claro, eu fui atras, apesar, eu já estava exitado para caralho, não iria ficar assim, desco as escadas e o vejo na cozinha.
— Hm, pensei que não viria. — Deu batidinhas no balcão, pedindo para que eu sentasse, assim fiz, ele começou a tirar minha camisa e dar beijos por todo meu abdomen, chegou na barra da minha cueca e deu um sorriso malicioso, tirou - a e começou a me masturbar, se agachou e então começou a me chupar, me fazendo gemer extremamente alto.
— P - Porra. — disse entre gemidos; ele parou e me tirou do balcão.
— Quer que eu tenha cuidado? — Neguei. — Ah, Hoseok, você não me conhece quando o assunto é sexo sem controle. — Mordeu os lábios. — Tem certeza disso, babe? — Assenti e sem mais nem menos, ele me penetrou, fazendo eu gritar de dor, mas a dor durou pouco, logo se transformando em prazer.
— D - Daddy. — Gemi
— Isso, Gema para mim, Babyboy. — Eu gemia cada vez mais.
— Y - Yoongi, r - rapido. — Assim ele fez, em minutos, eu e ele chegamos ao ápice, ele deitou ao meu lado. — Nós realmente transamos na cozinha?
— Parece que sim, você perdeu a virgindade numa cozinha, mas pelo menos foi comigo, certo? — Suspirei.
— Não estou aqui nem a um dia, e eu já transei com você, o que porra eu fiz? — Perguntei.
— Você esta se respondendo, você fez porra. — Olhei para ele confuso. — Você nunca muda ein, continua lerdo. — Reviro os olhos.
— Eu perdi minha virgindade na porra de um chão de uma cozinha — Ele riu.
— Não se preocupe, da próxima vez, nós faremos no quarto. — Piscou.

Então, vai ter próxima vez? 
 


Notas Finais


gENTE DESCULPA O HORARIO - e me perdoem tb pelo lemon merda que teve, prometo recompensar vcs -
fiquei das 18h as 22h só fazendo meu cabelo
eU PINTEI ELE TA TAO LINDINHO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...