História Playground ;; yoonseok - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Hoseok, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Rap Monster, Suga, Taehyung, Yoongi
Visualizações 352
Palavras 643
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OLAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
ok parei disgurp

Capítulo 23 - Twenty Two!


Fanfic / Fanfiction Playground ;; yoonseok - Capítulo 23 - Twenty Two!


Jin olhava as lojas maravilhado, como numa cidadezinha no interior teria lojas tão luxuosas? estava andando pelo centro por horas com Namjoon, que já estava cansado, fora que o mais velho simplesmente comprará tudo o que ver.
— Namjoonie! olha esse vestido. — Namjoon tinha gostado da ideia de ver SeokJin de vestido; mas não tinham muito dinheiro, fora que era tudo de Hoseok, pegaram 50 reais, ele não sentiria falta, certo?
— Jin, pelo amor de deus, vamos para a casa. —Suspirou.
— Hmm, não! eu tenho uma ideia! — Sorriu malicioso. — Fique onde esta. — Namjoon só queria ir embora logo, ou foder SeokJin ali mesmo. Ficou minutos esperando o outro, minutos que pareciam horas, até que ele chega com uma sacola.
— Oh, agora vamos pelo amor de deus? — Assentiu e revirou os olhos, entrando no carro.
— Seria legal foder no carro, não é? — Murmurou, quase inaudível; Jin ouviu, claro.
— Hm, seria ótimo. — Mordeu os lábios. — Mas, Hoseok não entraria aqui nunca mais. — Namjoon começou a gemer baixinho, para provocar o mais velho, Jin sabia o efeito que o mais novo tinha sobre ele. — Namjoon, vamos logo para casa, tenho uma surpresa. — Piscou e o outro suspirou e ligou o carro, chegaram rapido em casa. Jin pediu para Monster esperar no quarto, e assim fez. O mais velho tirou toda sua roupa e pegou a roupa de Lolita que tinha comprado em uma sex shop perto dali, nunca se vestirá tão rapido; peenteou seus cabelos bagunçados e saiu do banheiro. — Gostou? Daddy. — Rodou sua saia.
— Jin, porra. — SeokJin sentou no colo de Namjoon, rebolando no mesmo. 
— Hmm, Daddy precisa de ajuda? — Fez a cara mais inocente possivel.
— S - Sim, Babyboy. — Deu um sorriso de ladino. — Pode me ajudar?
— Huh, claro daddy. — Saiu do colo do mais novo, agachando, rapidamente tirou as calças do menino e começou a masturba - lo por cima da cueca.
— B - Babyboy, ande logo com isso, v - vai querer que eu te puna? — Jin passou a lingua pelos labios.
— Talvez. — Namjoon gemia baixinho. Tirou a sua cueca e sem avisar começou a chupa - lo, ele gemeu o nome de SeokJin alto, o outro adorava a vista de ver Namjoon assim; tão necessitado. Namjoon estava quase chegando ao ápice, mas Jin para. — Por que não me pune, daddy?
—Ah SeokJin, eu vou. — O mais velho volta ao banheiro, pegando um par de algemas da mesma sacola que tirará o vestido. — Me de. — Entregou - as a Namjoon, Jin se deitou e ele pegou seus dois pulsos, os prendendo. — Como sera que eu posso começar? — Passou as mãos pelas coxas de Jin, chegando na saia e a tirando. — Adoro o jeito que você se entrega para mim tão facilmente. — Mordeu os labios. Começou a masturbar o mais novo, que gemia alto sem conter nenhum, ele sabia quanto Namjoon amava ve - lo gemer; parou, sem nem um tipo de aviso, penetrou o mais velho, fazendo o mesmo gritar o seu nome. — Isso, gema meu nome, babyboy. — Jin chegou tão rapidamente ao seu ápice, que Namjoon não teve tempo, e claro que seu babyboy o ajudou a chegar 
E acho que você sabe como, certo?
Hoseok e Yoongi por outro lado, ficaram trocando carinhos no quarto, sem nenhum tipo de malicia, bem, algumas mãos bobas são trocadas, mas nada alem disso, conversaram sobre o que tinha acontecido nesse meio tempo em que ficaram um longe do outro.
— Yoongi-ah. — Cutucou o acinzentado que estava quase dormindo. — Yoongi!
— Hm, oi Hoseok, tem comida na cozinha. — Resmungou e voltou a fechar os olhos.
— Min Yoongi. — Exclamou fazendo o outro se assustar. — Promete que vai ficar comigo para sempre?
— Para sempre é muito tempo, Hoseok. — Espreguiçou.
— Aish, você entendeu. — Ele gargalhou.
— Claro que prometo, agora vamos dormir? por favor. — Hoseok resmungou, mas se deitou no meio do outro; que sorriu de ladino e fechou os olhos.
 


Notas Finais


" Tem comida na cozinha "
mENTIRA YOONGI MENTIRA
PENSEI Q NA COZINHA SÓ TINHA ROUPA
isso nao importa mais >>>
oq acham de eu fazer uns fatos sobre mim??
mesmo q n importe seila, se vcs quiserem c:


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...