História Please... Daddy - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Baby, Babyboy, Daddy, Hoseok, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Taehyung, Texting, Yoongi, Yoonkook
Visualizações 419
Palavras 765
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Yaoi
Avisos: Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Vejo vocês nas notas finais...

Boa leitura

Capítulo 12 - O primeiro encontro...


Hoje seria meu encontro com Jimin. Passei a semana toda pensando no que poderia agradar um ômega todo certinho  que nem ele e olha não foi fácil. Tive que apelar pro clichê e agir feito um bom moço.


Eu estava esperando Jimin na sala de estar de sua casa. Como era noite não queria arriscar deixar ele andar sozinho por aí, sendo quem era e acabar acontecendo o mesmo que com o Yoongi. Falando nele, depois daquele dia, ele parecia mais próximo e confortável comigo e até parou de me chamar de Jeon. Achei inesperado mas gostei.


Curioso, eu olhava cada detalhe da casa de Park.  Era tudo muito refinado mas não deixando de ser extremamente tradicional. Fotos de família, tudo muito bem limpo e organizado. Esse lugar chega a ser chato de tão perfeitinho que é.


_ Kookie… Desculpe demorar…


Me viro para trás para olhar o ômega nas escadas. Totalmente previsível. Estava vestindo uma calça branca social e uma camisa azul bebê. Ele deve adorar azul. Não sei porque ainda esperei que ele se vestisse diferente hoje.


_ Vamos Jiminnie.- Lhe ofereci meu braço e com muito custo ele segurou minha mão.


Iríamos a  uma sorveteria que, era ali perto mesmo.


Entramos no estabelecimento e nos sentamos mais ao fundo. Pegamos o cardápio  e escolhemos nossos sorvetes. Minutos depois duas taças foram trazidas até nós e por sinal pareciam deliciosas. Jimin abre um belo sorriso ao ver sua sobremesa repleta de chantilly. Eu havia escolhido limão suíço, pois gosto de algo doce e ácido no final.


O ômega parecia uma criança chupando sorvete. Os cantos de sua boca estavam sujas do chantilly e com isso decidi provocar.


_ Jiminnie… Você está todo sujo… Posso limpar pra você?


Ele assenti  ao meu pedido. Com meu dedo polegar contorno todo seu lábio inferior, limpando todo o doce que tinha ali. Jimin olhava atentamente cada movimento que eu fazia. Não pude deixar de notar que seu cheiro intensificou, ficando mais doce, indicando ansiedade. Jimin cheirava a baunilha. Levo meu dedo a minha boca e o chupo com vontade, chegando a fazer “plock” ao terminar. Sorrio inocente para o ômega que, parecia nervoso, com os dentes entre os lábios. Ele é tão fácil de provocar.


_ Kookie… Vou ao banheiro, já eu volto ok?


_ Sem problemas…


Vejo ele ir ao sanitários, todo corado e constrangido, não aguento e começo a rir. Jimin não parece o tipo que banca o Baby nas horas vagas. Não  mesmo.


Logo o loirinho volta e se senta a mesa novamente. Ele ainda não tinha terminado seu sorvete.


_ Sabe Kookie…- seu olhar penetra sobre o meu - Eu não esperava por  um convite seu para sair, por que isso tão de repente?


_ Achei muito legal da sua parte cuidar de mim aquele dia… Só queria ser gentil.


_ Entendi.


Não pude deixar de notar que a forma que ele estava tomando o sorvete mudou, não parecendo mais uma criança afoita. A cada colherada, sua boca parecia receber tão bem a sobremesa, a forma que a colher deslizava sob seus lábios soava meio pornográfico. Esse é o mesmo Jimin?


_ Hoje realmente está calor… Foi uma ótima ideia tomar sorvete.- disse ele.


Suas mãos deixaram a taça de lado e de forma lenta ele desabotoou os três primeiros botões de sua camisa, deixando um pouco de seu peito à mostra. Engulo a seco e tento desviar meu olhar de sua pele.


_ Espero que não se importe,realmente está calor.


_ Tudo bem…


O mesmo sorri para mim e termina o sorvete. Nos levantamos dali e pagamos a conta para ir embora.


No caminho, pude perceber que até a forma que o ômega andava mudou. Antes ele parecia acanhado, agora, as ruas pareciam carpetes vermelho e ele o modelo em ascensão. Hora ou outra ele passava seus dedos entre os fios loiros, o jogando para trás. Mesmo que estivesse vestido com aquela roupa sem graça, Jimin tinha outro ar, parecia tão atraente.


_ Kookie? Tem algo de errado comigo?- Perguntou confuso.


_ Não… Por que?


_ Você não para de me encarar.


_ Não é nada… É que você parece diferente.


_ Pareço?


_ Sim…


_ Diferente como?


Nisso já estávamos em frente sua casa.


_ Hoje quando eu te busquei, você era o Jimin de sempre. Agora… Parece um Jimin que eu ainda não conheço.


O ômega se aproxima de mim, ficando muito próximo de minha orelha.


_ Existem vários Jimins… Esse é apenas uma de suas mil faces.- Disse sussurrando.


Meus pelos se arrepiam todo.


Jimin se afasta e acena para mim, adentrando sua casa, me deixando confuso.


VÁ Á MERDA. Eu não sei de mais nada. Jimin se encaixa no perfil do Baby também… Eu acho que estou muito ferrado.



Notas Finais


Então pessoinhas... Com esse capítulo, chegamos até onde eu consegui publicar aqui no Spirit. Pra quem já tinha lido antes, à partir do próximo capítulo, é inédito hehe...
Vkookas e Vkooks , chego a vez da interação do couple de vcs kkkk

Até amanhã



Aahhhh e dêem views em "Hello" do Blanc7 hehe...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...