História Please... Daddy - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Baby, Babyboy, Daddy, Hoseok, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Taehyung, Texting, Vkook, Yoongi, Yoonkook
Visualizações 342
Palavras 456
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Yaoi
Avisos: Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi oi
Capítulo novinho e cheirosinho pra vocês...
Boa leitura

Capítulo 13 - O convite...


A manhã de hoje estava fria, mas perfeita. Nublado e ventando. Não sou do tipo que gosta de dias coloridos e ensolarados, gosto mesmo é do cinza dos dias chuvosos e de inverno.


Estava no mercadinho comprando algumas besteiras para um longo domingo de séries e filmes. Pensando nisso chamei Tae para me fazer companhia. A semana fora tão corrida que nem tivemos tempo para trocar sequer uma conversa decente e outra aproveitaria para chamar o mesmo para sair. Eu tinha visto um panfleto que anunciava um parque, desses que vão de cidade em cidade e achei perfeito para um encontro com ele, já que Tae é bem crianção para essas coisas.


Chegando em casa arrumo a sala, com tudo que comprei no mercadinho: Coxinhas, Salgadinhos, balas, chocolate e refrigerante. Aviso meu pai sobre a visita e o espero chegar.


_ Filho, o Tae tá aqui fora…- Meu pai avisa.


Num pulo me levanto do sofá e vou à porta receber meu amigo.


_ Oi Kook, o que vamos assistir hoje?- Tae foi entrando e indo direto para sala se sentando no sofá e pegando uma das coxinhas para comer.


_ Você é muito folgado para um ômega, sabia?- Finjo irritação.


_ Foda-se…- Ele pega o controle da TV e começa a ver o que tinha de bom na Netflix.- Acho que hoje vamos assistir um bom filme de terror kookiezinho.


_ Não tem medo Tae Tae?


_ Você sabe que não.


Me sento ao seu lado e o outro não demora a repousar sua cabeça em meu colo. Quem visse de fora, acharia que somos namorados, até meu pai já pensou isso. Mas não, nossa amizade sempre foi assim, mesmo eu sendo alfa e ele ômega. Nunca misturamos as coisas.


_ Olha essa desgraça Kook, ela num vê que se  for desse lado ela vai morrer?- O ômega levanta irritado, apontando pra TV, se descabelando.- Viu num falei. Morreu. Idiota.


Tudo que eu conseguia fazer era rir. Tae era diferente de todos os omegas. Não tinha medos bobos, era boca suja e muito independe. De repente se ele fosse o Baby, não seria tão ruim, eu o conheço a anos e ele sabe muito da minha vida, temos uma cumplicidade invejável, mas também penso que prefiro nossa amizade assim, um passo à mais poderia estragar anos maravilhosos de nossas vidas.


_ Tae? - ele murmura um hum- tem um parque na Cidade, vamos?


_ Claro…- Me responde ainda concentrado no filme.- Vou mandar uma mensagem para os meninos e …


Ele pega seu celular e começa a digitar a mensagem, mas sou mais rápido e tomo de suas mãos.


_ Não… Será apenas eu e você.


_ É um encontro?- Seus olhinhos brilhavam.


_ Sim.


_Yuuupppyyy.


Tae fez sua típica dancinha da vitória. Ele parecia tão feliz. Espero nada mudar, entre nós, depois disso...


Notas Finais


Ainda não respondi os comentários anteriores hehe... já já eu respondo meus docinhos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...