História Please, don't cry... - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts
Exibições 18
Palavras 1.141
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Musical (Songfic), Poesias, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpinha, pela demora pessoas.

Boa leitura ^-^

Capítulo 6 - Eu vou te proteger l


Fanfic / Fanfiction Please, don't cry... - Capítulo 6 - Eu vou te proteger l

   Yoongi on

– QUE PORRA É ESSA?

Vejo Chloe caída no chão  ensanguentado e com o que parecia ser vômito. Jungkook parecia estar mais assustado que eu. Jimin surge do nada.

– Galera, por que os dois est.... QUE ISSO?– nós estávamos petrificados com aquela visão.

Consigo olhar pra trás e ver seis hyungs curiosos, petrificados.

– Taehyung e Hoseok, vão pegar um pano pra limpar isso, Namjoon diga ao avô dela sobre isso e Jin, leve o Jimin e o Jungkook pra outro lugar. Todos, por favor.– digo e todos saíram.

Me aproximo de Chloe, nesse momento Hoseok junto a Tae entram e me deram o pano.  Limpo o rosto de Chloe e seus braços. Pego ela no meu colo e a levo até meu quarto, tiro apenas seu moletom que estava sujo e coloco o meu nela, deito-a em minha cama. Tenho que admitir, ela é muito bonita, não sei, mas ela parece ter um ar caloroso. Quero conhece-la, sinto que tenho que cuidar dela e a proteger de todo o mau.

Nesse exato momento, senhor  Park Jang Hyuk e os meninos entram no meu quarto.

– O que aconteceu com a minha neta?!– ele disse.

– Nós não sabemos, eu e o Yoongi, entramos no banheiro, porque escutamos alguém vomitando e depois outro, achamos que a pessoa havia caído.

– E o que vocês estão esperando?! Liguem pra ambulância!– ele disse e assentimos– Liguem pra minha mulher, para acompanhar Chloe, tenho muito serviço a fazer, por favor.– e saiu.

Quando a ambulância chega, eles colocam ela ,em uma cama.

– Alguém irá acompanha-la?– na hora, a vó de Chloe chega.

– Eu vou.– antes dela entrar, Jimin se aproxima de um enfermeira e entrega um bilhetinho e diz algo que eu não consegui escutar.

Tomara que, seja o que ela tiver, que melhore. Vou ir dormir, acho que estou com enxaqueca, o estranho é que é difícil eu me preocupar assim com uma pessoa...

   Chloe on
   No dia seguinte
   05:50

Acordo e me arrumo para ir ao trabalho, vou comer e depois fasso minhas higienes. Percebo que a casa está muito quieta, vejo um bilhete e o pego.

  "Minha querida, eu tive que ajudar seu avô com algumas coisas da empresa, eu sei que estou aposentada e devia ter falado com você antes, pois confio em você, viajamos pra Busan. Fique com Deus.
  
   Ps: marquei psicólogo para você e não temos previsão de voltar, se cuida, beijos.

   Ass: sua vó linda."

Rio da última parte, mas por que será que eles estão tão ocupados assim? Eu vou ficar sozinha com as lâmin.... NÃO! Chloe, esqueça isso! Que bom que ela marcou psicólogo, eu juro pra mim mesma que não vou encostar um dedo naquelas lâminas.

Saio e pego um ônibus, coloco meus fones, nem quero pensar nisso. Depois de um tempo, chego na empresa e entro, sinto alguém me seguindo, corro para o elevador e subo. Depois que saio do elevador, continuo sentindo isso, até que.

– AHHHH!– grito.

– Calma, amiga sou eu, parece até que nem conhece sua melhor amiga.– não acredito no que estou vendo, minha melhor amiga Hani, faz muito tempo que não a vejo.

– Sua puta, quase eu tenho um infarto! – rimos e nos abraçamos.– O que você está fazendo aqui?

– Eu trabalho aqui. E você?

– Também trabalho aqui, comecei hoje, é estranho dizer " eu trabalho".– rimos.

– Pra mim já é normal. Já trabalhei antes, então é normal. Enfim, depois quero saber detalhes de como está indo a vida e sobre aquele seu namorado, porque você não falou absolutamente nada sobre ele pra mim.– meu sorriso aberto se desmancha.

– E-eu...– sou interrompida.

– Pera, não dá tempo, estou atrasada pra entregar minha fixa de trabalho!– ela sai correndo, me deixando plantada.– Me espera na saída!– ela grita.

Ela tocou em assunto que por um momento me deixou triste, uma lágrima ameaçava cair, mais de repente alguém me vira rapidamente e me abraça, era o Taehyung.

– Você tem noção de como me preocupou?!– como assim? Ele só me conheceu ontem.

– V-você se preocupou comigo?– ele cora.

– S-sim...– ele é tão fofinho.– Quer que eu te leve para o lugar onde vai trabalhar? Seu avô mandou uma mensagem, dizendo pra gente escolher, e nós queremos que você escolha.

– Sério? Mas eu nem pensei sobre isso.

– Se você quiser, você pode ser a que nos arruma para os shows.

– Pode ser.... Você.... já pode.... me soltar, né.– sim, ele ainda estava me abraçando só que de lado e o mesmo corou de novo, ri.

Fomos até a sala de dança– eu acho que eu não devia estar aqui, pois estou aqui pra trabalhar, mas ok.– Todos os olhares se direcionaram á mim.

– PEQUENAAAAAAAA.– Para com isso, que droga, era isso que eu queria falar. Jimin se aproxima, me abraça.– Não faz mais isso.– ela dá um beijo na minha bochecha e na outra repetidamente.

– Sai porra.– paro o mesmo e todos riram e ele faz bico.

Logo em seguida, Jin me abraça, seguido por Hoseok, Namjoon. Depois do a braço do Namjoon, Jungkook corre até mim e me abraça, eu acho que eu nunca recebi um abraço tão bom, meio caloroso e "protetor", queria ficar alí pra sempre, nos separamos.

– Vou ir ao trabalho agora.– saio da sala, fico me perguntando onde está Suga.

Ando nos corredores e avisto uma senhora tendo dificuldades para limpar o chão, me aproximo dela.

– Senhora. Posso te ajudar?– pergunto.

– Não, muito obrigada. Você deve estar ocupada, não é?– disse em tom simpático.

– Nem um pouco, pra falar a verdade, eu não sei nem o que vou fazer. Então deixe-me lhe ajudar.– amarro meu cabelo, pego um rodo e um pano, e começo a ajuda-la.

– Obrigada. Qual é o seu nome?

– Meu nome é Chloe.

– Meu nome é Kong Chim.– ela estende a mão e nos cumprimentamos.– Você é estrangeira?

– Sim. Sou do Brasil.

– Muito legal.

Nos divertimos limpando, ela era até bem ágil e forte em comparação á um idoso, estávamos acabando, quando ela acaba reclamando de uma dor na perna, ajudo ela a sentar e termino de limpar.

– Achei que nunca íamos terminar.– falei, morta de cansaço.

– Eu não fiz nada, a maioria foi você que fez. Você é uma pessoa boa, deve com certeza ter algum namoradinho, né?

– Não. Eu terminei com meu namorado.

– Oh, sinto muito, eu não queria...

– Tudo bem, ele que era um idiota. Sabe, ele me traiu, eu vi e ele ainda quis se explicar, dá pra acreditar?– rimos.

– Chloe?– alguém me chama, quando me viro sou pega desprevenida por um abraço do Yoongi.

   Continua...


Notas Finais


E aí, com quem vcs shippam a Chloe? Kkkkkk

Bjs >.<


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...