História Please, don't cry... - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts
Exibições 13
Palavras 1.067
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Musical (Songfic), Poesias, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hj é o niver da minha melhor amiga, então eu decidi fazer um cap maroto pra vcs kkkkk

Boa leitura >_<

Capítulo 11 - Maldita sasaeng!


Fanfic / Fanfiction Please, don't cry... - Capítulo 11 - Maldita sasaeng!

  Chloe on

– Chloe? Acorda, acorda. Você tá viva? Acordaaa, aigo.–Acordo com Hoseok me cutucando.

– O que? Já chegamos?–ele concorda com a cabeça.– Me perdoe por não ter acordado, foi sem querer.

– Tudo bem, estou acostumado, o Suga faz isso também.– rimos.– Vamos fofa, tô esperando. – estendeu a mão.

Me dei conta que só estávamos só nós dois na vã, quanto tempo eu dormi? Espero que os outros não tenham ficado com raiva. Saímos da vã e fomos rapidamente em direção a uma mansão ENORME, muito bonita por sinal, cercada por muros, até que somos impedidos por uma garota.

– Oppa???– diz a menina com os olhos bem abertos e um sorriso mostrando seus dentes.....(medo), até que ela muda sua expressão para uma de nojo e raiva ( n sei)– Oppa, quem é essa daí?

– "Essa daí?"– digo.– "Essa daí" tem nome e escutou muito bem o que você disse.

– Não falei com você, sua peste, você não merece estar com O MEU J-Hope.– ela disse com exclamação no "o meu". Hoseok, paralisado fez um sinal com os olhos apontando pra ela e eu entendi o que se passava, aquela garota é uma sasaeng.

– Seu J-Hope? Eu não sou de ninguém. Soo, pare de fazer isso por favor– Ele diz para mim. Soo? Eu? Comassim? Vejo ele piscando.

– Soo? Quem é ela?– intrometida.

– Ela não é ninguém, pare de de nós seguir.– a menina deu um tapa no mesmo. 

– YA.– digo e ela se vira para mim, dou um tapa em sua cara e a empurro para o chão.– QUEM VOCÊ PENSA QUE É? SUA MALUCA.– ela se levanta rapidamente e tenta me bater, mas eu desvio e a empurro no chão de novo, ficando em cima dela, a mesma solta uma mão e pega uma faca em seu bolso, trocamos a posição, agora ela em cima de mim, até que sinto uma dor no canto de minha barriga. Tirei forças de não sei da onde e chutei sua barriga para que a mesma saísse de cima de mim, ela havia ficado no chão, aproveito e subo em cima dela de novo dando vários socos em sua cara, quando vi que ela não tinha mais forças para nada, me levanto.– Se você acha que é qualquer um que sai dando tapas nas pessoas e que é mais forte, está enganada. Você tem uma obsessão por ele. Você sabia, que não se conquista uma pessoa assim né? Ele – aponto para Hobi.– Vale muito, mais muito, para que uma pessoa o de tapas, ele é especial e se você o quer, vai precisar melhorar muito pra ser digna a ele!– dou as costas para a menina e puxo J-Hope que estava como uma estátua.

Eu e ele entramos dentro da mansão e percebo que o mesmo estava sem graça.

– Chloe, me desculpe por não....

– Não precisa se desculpar Hobi.

– Preciso sim, você me defendeu como ninguém nunca havia me defendido antes e eu nem te ajudo, eu peço mil desculpas, eu queria ter feito alguma coisa mas aquilo me assustou muito, desde que eu comecei a ser um k-idol, eu tenho medo delas e é muito difícil para mim, quanto pra qualquer um, até mesmo para os meninos. Eu espero que você me perdoe do fundo do seu coração. – ele diz em um tom triste, o puxei para mim, dando um abraço forte.

– Acredite, eu te perdôo, aquilo que eu falei sobre você ser especial, é verdade. 

– Muito obrigado.– ele retribui o abraço, ficando alí me abraçando por um tempo. Ele se solta e da um beijo em minha testa.– Vamos.– ele sorri, essas covinhas nele é muito fofoooooo senhor.

Fomos até uma sala, onde vi os meninos sendo arrumados por duas garotas da empresa no qual não consegui ver o rosto e umas outras pessoas.

– Me arrume então.– falou o mais alto.– Por favorzinho.– rio e vamos até uma cabine.– O que tenho que vestir?– aponto para as roupas à sua esquerda e saio.

Sento em um banco para espera-lo, sinto uma dor absurda, levanto um pouco do meu moletom e vejo que havia um corte em minha barriga esbanjando sangue. Na mesma hora, Yoongi aparece.

– Você está bem? Você está sangrando. Deixe-me te ajudar.

– Não precisa, só foi um...argh.

– Vem.

– Mas eu preciso ficar aqui com o Hoseok.

– Então, espera um momento que eu já volto.– assinto e ele sai. Ele volta depois de um tempo, com uma caixinha de primeiros socorros. – Licença. – o mesmo levanta um pouco do meu moletom e passa uma gase com um remédio, que ardeu. Gemi de dor e ele para assustado.– Desculpa.– Yoongi grudou a gase em mim para que absorva o sangue e ajude a curar a ferida.– Vou pedir para outra pessoa arrumar o Hobi.

– Não precisa. É sério.– insiste e sem minha autorização, ele sai e traz uma garota para ajudar.– Eu disse que não precisava.– digo o fuzilando com os olhos.

– Senhorita Boom Gomi, pode esperar o J-Hope por favor. – nossa ele me ignorou legal em. Ele me ajuda a levantar e me leva para fora da mansão, onde só havia mato, era realmente lindo, parecia aquelas paisagens de dorama, rio com meu pensamento.– Que foi?

– Nada.

– Ok.– ri sem motivo. Ficamos apreciando a vista por muito tempo.– Você fica muito bonita em quanto dorme.

– Que?– rio, ele cora, é engraçado que ele é péssimo pra puxar assunto, assim como eu.– Obrigada, mas por que você ficou me observando enquanto eu dormia?

– Coisas bonitas servem para serem vistas.– ele pisca.– Na verdade você fica bonita de qualquer jeito.

– Valeu, vai acabar me conquistando em.– rio.

– Esse é o objetivo.

– Sério, porque..... pera, que?

– Isso mesmo que você ouviu.– ele se aproxima e me dá um selinho.– Vou me preparar para as fotos, vamos entrar, não se sabe quando vai brotar uma sasaeng do chão. – ele pega minha mão e seguimos o caminho comigo calada e corada e ele sorrindo olhando para frente.

Ele se junta aos outros e eu fico sentada em um banco novamente. 

Ele me beijou? Meu bias me beijou? Eu estou viva? Como posso estar? Estou sonhando? Tá bom, o que aconteceu agora?

Eles tiveram uma sessão de foto bem longa, então eu resolvi tentar dormir, objetivo conseguido? Não. Enquanto tentava dormir notei a presença de alguém ao meu lado, abri os olhos e vi Hoseok parado me olhando.

– Que foi?– digo com uma voz de sono.

– Quer sair comigo?

Continua...


Notas Finais


Vou demorar TALVEZ pra postar outro cap, mas amanhã que é aniversário do Chanyeol eu vou postar uma fic, que eu já tava planejando à um tempinho, do EXO.

Bjs ^3^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...