História Please don't die - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Exibições 19
Palavras 611
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Lemon, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oii, gente essa é a minha primeira fanfic, espero que gostem!
Me desculpem pelos erros!!
Boa leitura!!

Capítulo 1 - It's a Promise


Eu havia colocado o último comprimido na minha boca, ali seria o meu fim, o meu último comprimido, último suspiro , minha última lagrima, meu último momento viva.

Tudo por causa de um amor, um amor doentio, um amor que eu acreditei ser correspondido, um amor que eu senti que poderia dar certo, mas... Ele não colaborou, brincou com meus sentimentos, com o  eu coração, mesmo sabendo o que eu já havia  passado você fez o mesmo sem um pingo de arrependimento, você me traiu, me humilhou. Você não merece ser amado, muito menos o meu perdão, que até uma semana atrás você não desejava, mas agora ele é o seu desejo, o que mais importa é o meu perdão, para você  não ficar com um peso na consciência , mas eu julgo que não seja por esse motivo , mas sim para me humilhar, me fazer recordar de tudo e me fazer sofrer novamente.

A lâmina era minha melhor amiga, nela e com o sangue escorrido eu deixava meu sofrimento, mas agora eu vou poder finalmente ficar em paz... eu acho.

Me deitei, fechei meus olhos e senti uma moleza muito grande, mas quando eu achei que partiria dessa para melhor, meu colega de quarto e meu melhor amigo, arrombou a porta que eu havia trancado para não ser incomodada, me assustando, me fazendo abrir meus olhos, ele me sentou na cama e colocou um de seus dedos na minha garganta, me fazendo vomitar tudo, que eu havia ingerido a minutos  atrás.

- Chae, por favor não morra – foi tudo o que eu ouvi antes dos meus olhos pesarem e tudo e tudo ficar preto –

[...]

Acordei, e não vi o que eu esperava ver, eu esperava ver tudo branco e uma luz muito forte lá no fundo com algum anjinho olhando para mim, mas o que eu vi foi um Kim Namjoon apavorado chamando os médicos, as coisas eram brancas, mas não como eu esperava.

- Chae – ele sorri preocupado  – Você se lembra do que aconteceu?- assenti –

- Não muito bem... Mas me lembro – faço uma cara confusa –

- V-você tentou se suicidar... – vejo seus olhos marejados – Você ia me deixar Chae...Eu não queria ficar sem minha noona – ele solta algumas lágrimas –

- Aigoo, eu sou alguns meses mais velha, do jeito que você fala me sinto uma idosa – sorrio -  E outra eu não te deixei, talvez, minha ideia tenha sido um pouco precipitada, ele não merecia, que eu morresse por ele...

- Noona, ele veio te ver, disse que é muito importante – ele revira os olhos – Se você quiser eu fico aqui com você, é claro, se você  quiser o ouvir.

- Eu não quero o ver, só quero andar um pouco...

- Noona, você me deixou muito preocupado, você tem ideia que você estava em coma por dez dias?!...

- Eu devia estar descansando o que não consegui descaçar durante esses dois anos sofrendo por aquele babaca.- Mas pensando bem sobre os anjos, Namjoon é meu anjo da guarda, sempre que precisei ele me protegeu, então, tinha um anjo esperando por mim sim! Ele me da esperanças que amanhã será melhor que hoje, que devemos acreditar em mudanças, que sempre devemos agradecer pelos nossos dias felizes vividos, e que sempre devemos aproveitar cada milésimo da nossa vida, nunca sabemos quando ela pode acabar ...

Graças ao meu anjo, a minha ainda não acabou.

Hoje eu não daria meu último suspiro.

 Não derramaria minha última lágrima.

Agora eu só choraria de felicidade, é uma promessa.

- Noona, me prometa uma coisa- eu o olho – Você só vai chorar pelos doramas e de felicidade-

- É uma promessa!

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado!!
Comentem o que acharam e o que eu posso melhorar!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...