História Please Don't Go - Capítulo 14


Escrita por: ~

Exibições 97
Palavras 867
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Poesias, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Música do capítulo: Stand By You - Marlisa.
Aproveitem '3'

Capítulo 14 - Pensei que eu fosse a única...


Fanfic / Fanfiction Please Don't Go - Capítulo 14 - Pensei que eu fosse a única...

*Elisa on* 

V: Lysandre é realmente muito gentil... Ambre derrubou minha pasta no chão e ele juntou para mim!
E: Hm, eu não me iludiria se eu fosse você. Ele faria isso com qualquer um.
V: Oh...
R: Elisa... Você poderia ser mais discreta, não? * sussurrando * 
E: D-desculpe... Eu realmente falo sem pensar quando estou com ciúmes... * sussurrando * 
R: Precisamos fazer algo para melhorar a situação! E eu já sei o que fazer! * sussurrando * 
E: Ah, é? O quê? 
R: Perdoe a Elisa, Violette... É que ela fica um pouco fora de si quando descobre que alguém gosta da mesma pessoa que ela. 
V & E: O QUÊ? 
 Eu e Violette nos olhamos. Nunca vi a Violette falar tão alto...
E: R-Rosalya! O que significa isso? 
V: E-então você gosta do Lysandre...?
E: Não, eu...
 Rosalya me puxou pelo braço para falar com ela e nós cochichamos para que ninguém ouvisse.
R: Vocês e essa bobagem de esconder o namoro... Eu e Leigh nunca teríamos uma ideia tão besta. Bem, enfim, esse é o melhor a se fazer. 
E: C-como assim? 
R: Você não gosta de ver o Lysandre sendo paquerado sem poder fazer nada, não é mesmo? 
E: É...
R: Essa é a maneira mais eficaz de fazer alguma coisa sem assumir a existência desse relacionamento. 
E: Vendo por esse lado...
R: Então vá ali no lado da Violette e confirme tudo! 
E: V-você tem razão, está bem. 
 Eu voltei para onde eu estava. 
E: É verdade, eu gosto muito do Lysandre sim. 
V: Ah... Agora sim que eu não tenho chance nenhuma...
R: Olha, vou ser sincera, ser realista é tudo. O Lys-fofo vive falando da Elisa para o Leigh! E muito bem! Ele diz que ela é super talentosa, gentil, amável, com uma personalidade única que conquista todos! Inclusive ele! Lys gosta muito da Elisa. É recíproco! 
E: Rosalya! Você vai deixá-la muito magoada! * sussurrando * 
R: Mas eu estou falando a verdade! 
V: E-eu sabia...
K: Pois isso tudo a Vio é também, e ela tem muita chance sim!
R: Tava bom demais para ser verdade... Vamos ter que lidar com esse obstáculo chamado "Kim"! * sussurrando * 
E: É...
R: Pois saibam vocês que ele gosta da Elisa do mesmo jeito que ela gosta dele. Ele está inclusive tentando encontrar um meio de se declarar. Ele já pediu ajuda para mim e a para o Leigh. 
 Eu vi algumas lágrimas brotarem nos olhos da Violette.
E: Chega, Rosa! Vio, Lysandre não é o único rapaz do planeta. 
V: N-não tem problema... Estou acostumada a ser rejeitada, mesmo... 
 Estou me sentindo muito mal. 
E: O amor tem tantas cores... Não se prenda a uma que já desbotou. 
V: Você... Está tentando me consolar? B-bom, eu estou com sono... B-boa noite... 
 Ela se deitou no colchão e enfiou a cabeça no travesseiro. 
R: Bem, está tarde, de qualquer maneira... Vamos assistir um filme, meninas? 
K, I & E: Sim!
R: Tem certeza que não quer, Vio? 
V: N-não!  
 Nós assistimos um filme na sala. Eu nem prestei atenção, pois não conseguia parar de me sentir mal pela Violette.

De manhã, na escola. ( *Elisa on* )

Eu entrei na escola e logo achei a diretora no corredor. D: Diretora.
D: Olá, Elisa. 
E: Olá, diretora!
D: Eu estava te procurando. Peço para que fale com o Nathaniel no grêmio para entregar os atestados médicos, está bem? 
E: Ok, obrigada, diretora. Estou indo. 
 Eu me dirigi até o grêmio e o Nathaniel estava sentado em uma cadeira com vários papéis sobre a mesa.
N: Achei que você não viria mais! Estava te esperando. 
E: Acabei de chegar e me encontrei com a diretora... 
N: Oh, me desculpe. Enfim, você trouxe os atestados? 
E: Sim, sim, estão aqui. * Eu abri minha bolsa e peguei os atestados.* 
N: Está tudo em ordem, pelo que estou vendo... * ele arrumou a papelada. * Pronto, tudo ok. 
E: Ótimo, eu vou entregar para a diretora, então. 
N: Ah, não se preocupe com isso. Eu mesmo entrego. 
E: Sério? Puxa, que gentileza! Obrigada, então. Até mais! * me virei para ir embora. * 
N: E-espere! * ele pegou na minha mão para me fazer ficar. * 
E: Hã... Você... pegou na minha mão... 
N: Eu gostaria de te convidar para ir ao parque hoje. Vou levar a Branca também. 
E: Branca...? Ah, é mesmo, sua gatinha! 
N: Você vai? 
E: Sim, não vejo porque não. 
N: Está bem! Três horas da tarde eu passo na sua casa, combinado? 
E: Combinado!
 Eu saí do grêmio e a Melody estava na porta, olhando para mim com uma cara muito estranha. 
M: Você... Não é nada gentil, Elisa...
E: Do que está falando? 
M: A Violette disse que gosta do Lysandre e logo você disse que gosta dele... E eu disse que gosto do Nath e no outro dia você o convida para passear no parque! 
E: Melody, quer parar de besteiras? Nathaniel nunca me interessou desse jeito, e além do mais, foi ele quem me convidou. E você deveria parar de trocar rapazes pelas suas amigas. Pensei que você fosse mais madura que isso.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...