História Please,Daddy! | Jikook - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Daddy, Jikook, Lemon, Yaoi
Exibições 208
Palavras 1.223
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Helou
Boa leitura pra vcs, desculpem os erros sz

Capítulo 4 - Four


- Jimin! JIMIN! - Yoongi estalou os dedos na frente do rosto do menor. - Por que sorria igual bobo? Até parece que viu um príncipe encantado.

- Ah, se vi... - Seu comentários fez Yoongi rir. 

- Então vá se tratar. Eles não existem, vem o sinal já tocou a minutos.

Yoongi o puxou até a sala de aula, a aula agora seria de matemática.

- Mas e você? O que faz aqui? - arqueou uma sombrancelha.

- Eu vou matar aula, querido. Agora vai pra lá!

Por que matar aula? Todas as aulas são legais...inclusive uma. Era aula de matemática, por isso Yoongi decidiu matar essa aula.

- P-Posso entrar? - Park Bateu na porta da sala.

- Pensei que o sinal havia tocado a 15 minutos atrás. - Quinze Minutos? Tudo isso? Jimin havia ficado lá por tanto tempo? 

- Desculpe... - Olhou para Jeon, ele estava o encarando. Desviou o olhar mais rápido por vergonha.

- Ok, sente-se.  


Estavam tendo matéria nova, Jimin estava tentando por toda sua atenção no quadro e nas explicações, mas sua cabeça estava no beijo mais cedo, e que beijo... Queria tanto saber quem era.

Até receber uma mensagem de seu Daddy


Kookie: Baby...


Jiminnie: Aish, o que é?


Kookie: Preste atenção na aula...


Jiminnie: Como assim?


Kookie: Estou te vendo, viu?


Jimin olhou para todos os lados desesperado, onde estava seu Daddy? Infelizmente quase todos da sala usavam seus celulares, o que só deixava o mesmo confuso.


Kookie: Não adianta olhar para os lados, você não vau m achar.

Jiminnie: Aff ;---;

Kookie: Me diga Minnie, Qual é o meu gosto?

Jiminnie: Como eu vou saber?

Kookie: Não se faça de sonso, foi comigo que você trocou saliva.

Jimin gelou. Ele beijou seu daddy? Era verdade mesmo?


Jiminnie: Mentira.

Kookie: Verdade. Sua boca é uma delícia... Só de pensar você me chupando...

Jiminnie: Aff, pervertido!

Kookie: eu sei que você gosta <3
Kookie: Agr responde minha pergunta.

Falaria verdade ou mentira?

Jiminnie: Eu não vou mentir. Sim, eu gostei. Você é tão doce.              . >Enviar

Iria enviar a mensagem. Quando um garoto do seu lado pegou seu celular e começou a ler as mensagens.
- Olhem! O Jimin tem um daddy virtual! - Gritou e mostrou o celular para a sala toda. Não era a primeira vez que isso acontecia e todos riam dele, mas dessa vez nem todos. JungKook olhou feio para o garoto e se levantou indo em sua direção.
- Devolve esse celular para o Jimin, agora. - Podia sentir o qual cheio de raiva Jeon estava, mas mesmo assim o outro hesitou.
- Oh o que vai fazer? Vai me bater? Você só tem tamanho, viado. - Zombou do outro, que logo recebeu um soco no nariz, com o impacto ele caiu no chão com a mão no rosto.
- Park, Luhan e JungKook! para secretária, agora! - Gritou o professor, se levantando e abrindo a porta.
- Park, se eu te ver com esse celular na próxima, eu pego e não devolvo. - Empurrou-o para fora da sala junto dos outros dois.

                   >Na Secretária<

- A culpa é sua. Se eu levar suspensão... - Luhan foi interrompido por JungKook

- Você não vai fazer nada.

Park só ouvia, enquanto estava com as mãos no rosto, segurando o choro. Todos descobriram agora, será mais zoado ainda.
- Luhan, entra. - A diretora o chamou para conversar o motivo disso tudo.
Apenas Park e Jeon ficaram do lado de fora da salinha.
- Por que JungKook? - Sussurrou.
- Hm?
- Por que me ajudou? - Jimin estava chorando. Mesmo Jeon com aquele coração de pedra, sentiu um pequeno aperto ao ver ele assim. Queria tanto dar um abraço e dizer que ficaria tudo bem, mas ele iria desconfiar.
- Ué, mesmo que eu tenha te conhecido hoje, somos amigos não é? - Queria mais que isso. - Amigos ajudam amigos! - Sorriu mostrando seus dentes de coelho. Jimin vendo aquele sorriso, sorriu de volta e enxugou as lágrimas.
- O-Obrigado... - olhou para o chão com vergonha de olhar nos olhos do mais alto.
- Nada. - Planejava dar um abraço em Jimin, mas Luhan saiu de lá no momento.
- Vocês dois, podem ir. Luhan, está de suspensão por uma semana. - A diretora sorriu e voltou ao trabalho, já Luhan saiu bufando dali.
- Eu vou passar na enfermaria antes de ir pra sala, meus dedos estão doendo - Jimin assentiu e Jeon foi ao seu destino. Mal sabia que JungKook ia até o banheiro, conversar com Jimin virtualmente.

Kookie: Baby, eu vi o que aconteceu. Não de preocupe, vou dar um jeito naquele idiota.

Jiminnie: Não precisa, estou bem, agora me deixe em paz

Kookie: Calma, Baby. Por que está assim agora?

Jiminnie: Vou ser mais zoado ainda. A culpa sua.

Kookie: Não fale assim. Não vou deixar nenhum deles relarem em você.

Mal Jimin sabia, que ele estava falando sério.

Jiminnie: Ai eu saberia quem você é. Me esquece, me deixe em paz. Por que não faz isso? É difícil?

Kookie: Foda-se se souber. Não quero ninguém falando mal de você por ai. Sim é difícil te deixar, posso ser um pervertido, mas vou te amar até a morte. E não vou te deixar fugir de mim nunca mais.

Okay. Jimin de assustou um pouco com isso, mas ele estava falando sério? Jimin nunca se sentiu tão protegido e amado. Nem seus pais davam esse amor.

Kookie: E outra, está muito mal criado, eu deveria te punir por isso.

Jiminnie: Nem vem. Ainda não me conquistou.

Kookie: Tem certeza? Cuidado com o que diz.

Jiminnie: Tenho. Nem sei quem você é. É loucura.

Kookie: Cuidado na hora de sair, viu?

Jiminnie: Como assim?

Cinco minutos. Sem resposta. Decidiu voltar para a sala e para a aula chata.

             **Quebra de Tempo**
               
- Vamos Minnie! - Yoongi novamente arrastando Jimin por aí, dessa vez Park ia dormir na casa do amigo.
- Espera Yoongi! Eu preciso ir no banheiro! - Tentou parar no caminho, o que só fez Yoongi puxar mais, mas o soltando.
- Aish, vá logo então, vou te esperar aqui. - Se encostou no muro de fora e começou a mexer no celular.
Jimin foi ao banheiro, fez o que precisava e lavou as mãos, quando ia sair, viu sua vista escurar e algo amarrar atrás. Se desesperou um pouco mas logo imaginou ser seu daddy.

Se manteu Em silêncio, com medo dele o machucar.
- Me diga, Minnie... Acha certo ser assim com seu daddy? - Sussurrou no ouvido do pequeno que logo sentiu uma lambida em seu lóbulo, manteu a calma e engoliu seco.
- Hm? Me responda... - Jeon Depositou um tapa em sua coxa direita e um chupão no pescoço, seu ato fez Jimin arfar e sentir um pequeno incômodo em suas calças.
- N-Não - respondeu sôfrego, acompanhado com um baixo gemido após sentir a mão do outro ir até sua calça e começar a massagear seu membro.
- Esse é o seu castigo. - JungKook tomou seus lábios em um beijo quente e doce, pediu passagem com a língua e Jimin cedeu sem pensar duas vezes. A boca de Jeon era úmida e doce, levava Jimin a loucura, estava começando a sentir algo pelo seu daddy também. O beijo foi quebrado pela falta de ar.
- Já sabe o que fazer. - Soltou a venda de seus olhos e deixou Jimin no banheiro com uma puta ereção no meio das pernas, Jeon não estava diferente.
Jimin se lembrou de Yoongi, e voltou correndo para lá, o encontrando quase dormindo.
- Finalmente, tava com dor de barriga é? - Riram e seguiram até a casa de Suga.






Notas Finais


Ansiosos pro próximo? 7w7
Até :33


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...