História Pleasure - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Rap Monster, Rosé, Suga, V
Visualizações 3
Palavras 727
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Vestido Vermelho


✘  B U S A N  ✘

Pétalas murchas e ensanguentadas,um vale infértil

Playlist 

 Summertime Sadness - Lana Del Rey

Vestido Vermelho

— Estás belíssima,querida — Uma pequena e aromatizada rosa branca,em respeito à pureza,era posta entre as mãos trêmulas e pálidas devido ao nervosismo constante - Estás tão linda quanto a primavera chinesa,digna de uma Park .

Colar de Rubis

— Obrigada Yoona-Unnie,mas você sem duvidas ficaria muito mais bonita neste traje do que eu  — Sorriu gentilmente para a sua governanta,ou babá de tempos,que lhe olhava com admiração e pouco receio. Aliás, sua garotinha estava arrumada para conhecer o noivo,e não para uma festinha de quinze anos da alta-sociedade.

Sapatilhas Sloes Oz

Roseanne,ou apenas Rosé, sentia-se insegura da própria beleza. Embora estivesse carregando rios de dinheiro em seu pequeno corpo,não gostava da idéia de tentar atrair o noivo com luxo e riqueza,mas também não sentia-se digna de tentar bajular e conquistar  atenção  através de conversas. Aprendeu que homens ricos gostavam de se impressionar,e com isso compravam a mercadoria.

Mas Rosé seria isso?Uma mercadoria? 

Pulseira de Brilhantes

Os olhos amendoados de Park Kwang contemplavam a imagem da filha de costas com a lingua entre os dentes. Arrependido de ter colocado a filha mais nova entre acordos de paz,mas não havia outra maneira que Jeon abriu exceção. Sua pequena cópia da esposa deveria entregar o coração frágil á um homem mais velho e experiente,além de ter o sangue de Sungjin correndo por suas veias.

Kwang não poderia estar mais nervoso com a situação.

Perfume Hypnotic Poison

Jeon Jungkook

Era este o nome de qual Rosé lembrava-se antes de mudar-se para Melbourne,em Austrália,aos sete anos de idade.

— O carro está a espera,meus senhores — Anunciou um loiro uniformizado em frente a abertura da porta,de expressão vazia e impenetrável.

A ruiva mordeu os próprios lábios,impedindo-se de gritar por toda a mansão. Não havia mais obstáculos para que aquele momento chegasse. 

— Vamos,Sungjin odeia atrasos...

Os dois caminharam entre os cômodos glamurosos até vizualizarem pela a última vez naquela noite,o nome "Park's" gravado no portão prateado antes de entrarem no carro negro,seguido por alguns flashes discretos e entraram ás pressas,sem pestanejar.

(...)

— Não aparenta estar nervoso,Jungkook — O mais velho aconchegou-se na poltrona vermelha,verificando as diversas tonalidades de seus anéis importados,arrancando uma sombrancelha erguida do moreno ao seu lado.

— Por que eu estaria? - Suspirou discretamente — Afinal,minha querida  noiva não morde,certo?

Sungjin encarou rapidamente os olhos debochados do herdeiro de sua fortuna,deixando escapar uma risadinha maldosa . Seu filho realmente encarava o casamento como comprar algodão doce em circos baratos . Uma coisa era certa . Nunca subestime os filhos de um CEO,eles podem acabar com a sua vida em um estalar de dedos.

— Ela talvez seja incapaz de morder,mas o irmão arranca cabeças e o pai não é diferente quando contrariado — Comentou dando de ombros,ignorando a expressão curiosa do filho — Sugiro que se contenha com ela. Park Roseanne é a garotinha da mídia e não é como os seus casos de Seul...

— Casos são casos,pai - Jungkook levantou-se da poltrona e bebericou a taça de vinho em sua mão direita,observando o trânsito através das vidraças avermelhadas do prédio — Roseanne será a minha esposa,então despejarei todas os meus fetiches e fomes somente nela. Não pretendo ser infiel e muito menos manchar o meu nome para os Park's.

— Santo Cristo,você tem mesmo dezessete anos? Tão seguro de suas afirmações — O pai riu acompanhado do herdeiro — Se eu fosse um de seus casos,com certeza estaria chorando neste momento.

— E quem disse que não estão? — O jovem de madeixas completamente negras aproximou-se de seu pai com os lábios ainda mais avermelhados por tê-los mordido tão itensamente — Quando souberam que eu me casaria com a filha de um CEO,destruíram-se por terem supostamente perdido a minha fortuna e luxo para sempre...

— Se deseja mulheres no seu pé,que não sejam vadias,apenas te darão dor de cabeça. Aliás,não permita que a sua noiva saiba muito sobre o seu passado,não quero resistência vindo de uma pirralha mais nova que você.

— Por que será que me dizem que sou uma cópia fiel sua?

— Talvez seja porquê você é tão sujo quanto eu,mas não deixe o seu sogro descobrir essa semelhança tão cedo. Quero que divirta-se primeiro com a sua pequena... 

.........❦



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...