História Pó de arroz


Escrita por: ~


Sinopse:
Nem tudo eu posso tocar com as minhas mãos manchadas de esmalte; nem tudo eu posso conseguir com meus batons vermelhos.
Destacado em 15/01/2017 por +metaphysical
Em meio a defeitos e qualidades, humanos se perdem em sua própria inconsistência, sua alma tempestuosa envolve-se na névoa de futilidades que lhe garantem um tempo a mais de permanência em sua ignorância. Na história “Pó de arroz” é latente tal sensação, onde se descobre que camuflagens são importantes para que alguém acredite em sua vã imagem de realidade, perdendo-se em seu próprio ilusionismo.

Com escrita de qualidade, bem estruturada e sem rebuscamentos, a história leva o leitor a questionar suas próprias concepções do que lhe é mais importante e o quanto pode vir a se enganar com pequenos desvios que utilizava como disfarce para suas atitudes.

Por esses motivos, “Pó de arroz” será o destaque da semana. Espero que possam se deixar refletir sobre todas as concepções ilusórias que tomamos como uma realidade, assim como eu pude.
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Original
Exibições 19.847
Comentários 444
Palavras 274
Terminada Sim

LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia)

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Capítulo Único
444
19.847
274

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

O autor dessa História ainda não destacou nenhum comentário.