História Poderoso omma Jin!( Namjin) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jin, Rap Monster, Suga
Tags Amor, Jimin, Jin, Lemon, Namjoon, Pantufa Rosa, Provocações, Suga
Visualizações 945
Palavras 1.372
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Yaoi
Avisos: Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá amores, então essa fic terá apenas um capítulo, espero que gostem!

Boa leitura!😏😏💞

Capítulo 1 - Capítulo Único!


Fanfic / Fanfiction Poderoso omma Jin!( Namjin) - Capítulo 1 - Capítulo Único!

Narrado por Jin:

Ah! Mas o Nam não sabe com que fera ele se meteu! Agora ele inventou que irá fazer greve de sexo durante um dia.

Agora imagine ai, eu omma Jin, a pessoa que não aguenta ficar um minuto sem sexo, ficar um dia!

Mas fiquem tranquilos, eu acabarei com essa greve ainda hoje, ou eu não me chamo omma Jin!

O Nam saiu para trabalhar no nosso restaurante e só volta daqui à duas horas, é exatamente esse tempo que eu tenho para me preparar.

Ia saindo de casa, quando dou de cara com ninguém mais, ninguém menos que Suga!

Eu: O que você quer Yoongi? Ou melhor o que está fazendo aqui?

Pergunto para ele cruzando os braços.

Suga: Credo que mal humor! Parece que nem deu para o appa hoje!

Eu: Exatamente, portanto aconselho você a não me estressar! O que você está fazendo aqui?

Suga: Eu vim passar o dia aqui na sua casa, algum problema?

Pergunta cruzando os braços e levantando a sobrancelha.

Eu: Existem milhões de problemas. Definitivamente hoje você não pode ficar aqui!

Suga: Qual o problema?_ Continua com os braços cruzados.

Eu: Yoongi, se você não der o fora daqui em três segundos, eu juro que pego essa pantufa aqui e jogo na sua cara.

Falo apontando para a pantufa que eu estava usando.

Suga: AAHH! JÁ ENTENDI TUDO! VOCÊ VAI DÁ PARA O APPA HOJE!

Fala alto, chamando atenção dos meus vizinhos, que logo começam a fofocar entre eles.

Eu: Estão olhando para mim assim por quê? Vão procurar o que fazer bando de fofoqueiros!_ grito.

Ninguém merece esses vizinhos que eu tenho, esse bando de fofoqueiros.

Hoje vou fazer questão de gemer alto só para provocá_los.

Eu: Enquanto a você Yoongi eu... Mas é um covarde mesmo viu!

Falo vendo o Yoongi correndo de medo de mim.

Pego a minha bolsa e começo a caminhar rapidamente pelas ruas, até esbarrar em uma pessoa, que logo percebo que é o Jimin.

Jimin: Nossa omma! Onde você vai com tanta pressa?

Eu: Eu vou à..... farmácia!_ invento na hora!

Jimin: Farmácia? Só se for para comprar preservativos!_ fala dando risada.

Eu: Você e o Yoongi estão merecendo uma boa surra!

(....)

Já está tudo preparado só falta o Nam chegar!

Ele pode vim com tudo porque hoje eu estou fervendo!

Narrado por Namjoon:

Hoje eu saí de casa deixando o Jin triste e furioso. Eu resolvi fazer essa greve porque o Jin não deixava eu trabalhar direito no restaurante, toda hora ele queria transar. Ele é insaciável!

Em todos os lugares que você imaginar, eu e o Jin já transamos.

Eu e o Jin não tivemos uma lua de mel como a maioria dos casais, nós tivemos dezesseis.

Eu o amo demais e gosto de fazer sexo com ele, mas eu preciso de um tempo para cuidar do restaurante também.

Finalmente estou retornando para casa, não vejo a hora de chegar lá, me jogar na cama e dormir.

Assim que entro em casa já estranho, está tudo um completo silêncio, como se o Jin estivesse aprontando alguma coisa.

Abro a porta do quarto e me surpreendo ao ver várias pétalas de rosa espalhadas pelo quarto e o Jin apenas com uma fina calcinha rosa.

Jin: Que bom que chegou Nam, estava te esperando!

Fala de forma sexy, passando a língua pelos lábios carnudos.

Eu: Jin, eu....

Não consigo terminar a frase porque ele me interrompe e vira_se de brusco.

Jin: Nam, o que você acha da minha bunda?__ pergunta malicioso.

Eu: Maravilhosa!!

Falo admirando aquela bunda perfeita que pertence apenas à mim. Fui o primeiro e o único a foder.

Jin: E o que você acha da minha entrada?

Pergunta tirando a calcinha e abrindo a bunda, dando uma ótima visão da sua entrada rosada piscando. 

A sua entrada estava pedindo que algo a preenchesse. Aquilo estava me deixando louco.

Eu: Jin, você sabe que...

Sou interrompido novamente por ele, que me joga com tudo na cama.

Jin: Ah Nam! Diga que você não quer está dentro de mim, diga que não quer ouvir eu gemer o seu nome! Diga!

Fala começando a rebolar em meu membro, fazendo com que ele fique duro.

Logo sinto algo gelado em meus pulsos e percebo que o Jin me prendeu na cama com uma algema.

Eu: Mas o quê? Jin me solta!

Jin: É tão bom ver você submisso a mim!

Fala mordendo os lábios e em seguida rasga a minha camisa, fazendo com que se tranforme em pedaços de pano.

Ele começa a distribuir chupões pelo meu pescoço e vai descendo até minha barriga.

Ele chupa cada um dos meus mamilos e em seguida, tira a minha calça junto com a cueca.

Jin: Uau Nam! Você está tão duro! Tudo isso é para mim?

Pergunta colocando o dedo indicador na boca.

Em seguida ele começa a rebolar rápido em meu membro e pega na cômoda uma caixa de leite condensado.

Ele começa a passar em todo o meu corpo e em seguida começa a lamber.

Eu: Aahh Jin!

Em seguida ele pega dois cubos de gelo e coloca no meus mamilos e logo chupa.

Eu: Jin, você está me deixando louco!

Ele sorri malicioso e continua a rebolar.

Eu: Jin, por favor!

Jin: Por favor o que Nam!

Eu: M_me c_chupe!

Jin: Não entendi amor, repita por favor!__ provoca.

Eu: ME CHUPE CARALHO!

Grito e ele sorri. Em seguida o mesmo começa a me chupar e eu começo a gemer.

Eu: Aaaahhh Jin, que boquinha maravilhosa!! Aahhhh, mais rápido!

Ele começa a acelerar os movimentos e eu começo a gemer mais alto. Acho que os vizinhos estão ouvindo de tão alto.

Quando eu estava prestes a gozar o Jin para o que estava fazendo e eu fico frustrado.

Eu: Jin, por que parou?

Jin: Não era você que estava de greve Nam?___ provoca.

Eu: Foda_se greve, eu quero você!

Ele sorri sapeca, pega um morango que estava em um prato na cômoda, come um lado e me dá o restante na boca.

Jin: Vem com tudo Nam, porque hoje eu estou fervendo!

Diz me soltando das algemas.

Puxo ele pelos cabelos e o beijo de forma selvagem.

Começo a distribuir chupões pelo seu pescoço que com certeza amanhã estarão roxo e ele geme.

Pego o seu membro e começo a masturbar arrancando gemidos alto dele. Logo tiro a minha mão e começo a chupar o seu membro.

Jin: AAHHHHH NAM! ISSO!! QUE MARAVILHA!!

Jin gemia mais alto que eu, tenho certeza que duas ruas depois da nossa, ainda se ouve os gemidos dele.

Logo ele goza na minha boca e eu o viro de brusco. Começo a distribuir tapas em sua bunda branquinha que logo começou a ficar vermelhinha por causa dos tapas.

Eu: Você gosta disso né safado?

Jin: Isso daddy, bate no seu baby, ele merece!

Distribuo mais alguns tapas e depois abro bem sua bunda e começo a lamber sua entrada, deixando_a bem lubrificada.

Jin: AAAH! QUE DELICIA DADDY!

Logo coloco um dedo na sua entrada fazendo o mesmo gemer alto. Depois coloco mais um, cada vez que ele se acostumava eu colocava mais um dedo, só parei quando coloquei os cinco.

Jin: AAH Nam, me fode logo!

Posiciono o meu membro na sua entrada e para provocá_lo pergunto.

Eu: O que você quer baby?

Jin: Você sabe muito bem Nam!

Eu: Não sei não baby, melhor você falar ou ficará sem!

Jin: EU QUERO QUE VOCÊ ME FODA NAM, QUERO QUE VÁ RÁPIDO E FUNDO! SOU TODO SEU DADDY!

 Sem pensar duas vezes o penetro e ele solta um gemido alto.

Jin: AAAAHH NAM, ISSO!! Aahhh!

Eu: Aah Jin, não importa quantas vezes eu tenha fodido você. Mesmo assim você ainda continua apertadinho!

Começo a acelerar os movimentos e ele geme mais alto ainda.

Jin: ISSO NAM, FODE SEU BABY! AAAH ISSO, FODE!!

Se deixar o Jin sem transar por duas horas deixa ele assim, então deixarei todos os dias.

Pego o seu membro e começo a masturbar.

Jin: AHHH NAM! VOCÊ É TÃO GRANDE! FODA MAIS RÁPIDO O SEU BABY!

Acelero mais ainda os movimentos e logo gozamos.

Deito na cama exausto e Jin sobe em cima de mim e começa a cavalgar no meu membro. Eu disse que ele é insaciável!

Eu: AAHHH, VOCÊ É TÃO GOSTOSO!

Jin: E você tão grande!

Ele acelera os movimentos, logo a sua entrada aperta o meu membro e gozamos juntos.

Eu: Você continua gostoso como sempre amor!

Jin: Eu te amo demais Nam!

Eu: Eu também amor!

Falo fechando os olhos e Jin sobe em cima de mim novamente.

Eu: Já quer mais babby?

Jin: Sim!  Ainda temos a noite toda pela frente Nam!

Narrado por Jin:

Eu não disse que ia conseguir? 

O Nam pode inventar quantas greves ele quiser, mas todas irão falhar

Omma Jin consegue tudo o que quer.

Afinal eu sou o poderoso omma Jin!!

                               FIM!!





Notas Finais


Espero que tenham gostado amores!

Comentem o que acharam!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...