História Poemas - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Poema, Poemas, Tristeza
Exibições 27
Palavras 144
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela
Avisos: Drogas, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Pessoal era para eu ter postado mais cedo, só que esqueci, me desculpem!!!!

Fiz essa paródia para a escola, mais resolvi postar aqui!

Capítulo 28 - Livre estou( Paródia.)


Fanfic / Fanfiction Poemas - Capítulo 28 - Livre estou( Paródia.)

Água Fria caindo do céu

Sem raios a intervir

Um dia de chuva

E o celular não está aqui.

Os relâmpagos vem chegando

E eu já não sei, mas bem que eu temi

Não pode ir, não pode teimar

Sempre quieta deve ser,

Sentada sem teve

Nunca gritar

Mas agora me cansei.

Livre estou, livre estou

No sofá não vou mais ficar

Livre estou, livre estou

Eu sai mesmo assim eu vou voltar.

Não me importo, sei que vou apanhar

Guarda-chuva jamais

A água não vai mesmo me incomodar

Na chuva tudo muda

Parece tudo Mágico

O calor que o sol trazia

Não sito ao meu redor.

É hora de na possa pular

E toda minha roupa suja

A liberdade veio enfim

Para mim.

Livre estou, livre estou

Com Vento e Chuva andar

Livre estou, livre estou

Não vou entediado ficar

aqui estou eu

E vou brincar

Chuva a molhar

Livre estou, livre estou

Com chuva vou correr

Livre estou, livre estou

É tempo de brincar

Aqui estou eu

Vendo a chuva cair

Guarda-chuva jamais

A água não vai mesmo me incomodar.


Notas Finais


E então... Como ficou?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...