História Poemas - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Poema, Poemas, Tristeza
Exibições 34
Palavras 96
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela
Avisos: Drogas, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 31 - Palavras de uma psicopata


Fanfic / Fanfiction Poemas - Capítulo 31 - Palavras de uma psicopata

Minhas palavras

Muitas vezes são afiadas,

Palavras que machucá

E eu nunca sinto culpa.

Palavras de uma psicopata

Que sempre é tão vasta,

Você pode não perceber

Mais estou sempre a te ver,

Pode não parecer

Mais a morte eu quero fazer acontecer.

pareço uma demente

Não pareço deferente,

Sou amigável

Pareço estável,

Sou sutil

E pareço gentil,

Mais nada disso é verdade

Sou uma fraude!!!

Mais como todos sabem

Pessoa normal esse mundo esta sem,

Só existem mais ou menos normal

Ou completamente anormal.

Também sou bipolar

Não confunda com pessoa que gosta de amar,

Mudo de personalidade

Não gosto de igualdade,

Fico brava ou amável

Fico como estava ou estável.

Tem pessoas que não gostam...

QUE SE FODA!!!

VIDA LONGA A QUEM É LOKA!!!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...