História Poemas da Sociedade - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Reflexão
Visualizações 10
Palavras 52
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Poesias
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 7 - Borboleta


Fanfic / Fanfiction Poemas da Sociedade - Capítulo 7 - Borboleta

Borboletas


Eu via as borboletas com atenção

Elas voavam lindamente 


Ó como eu queria ser uma borboleta 


Uma pequenina borboleta


E um jardim sem fim


Eu apenas via

Ria

Dizia


Borboleta

Pequena

Não chores

Como queira

Seja forte


Borboleta

Vôou para longe 

Deixando guardado

Em cárcere privado

A tristeza que tanto temia


Tremia


E sempre disse


Que a dor nunca lhe deixou triste

E almeja a eterna alegria

Que nunca alcançar iria



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...