História Poemas de Uma Alma Mórbida - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Alma, Depressão, Desabafo, Drama, Poemas, Poesia, Triste, Tristeza
Exibições 15
Palavras 118
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Poesias, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 10 - Opostos


 

Eu sou o Sol

Você a Lua

Juntos somos a Verdade

Nua e crua


Eu sou o Poeta

Você a Poesia

Eu vou te amar

Até que seja dia


Eu era Realista

Você era Sonhadora

Mas comigo você era

Tão Manipuladora


Eu era a Dor

Você era o Amor

Naquele dia ficamos juntos

Até o sol se pôr 


Você me mudou

Completamente

Não me reconheço agora

Tudo está tão diferente


Então você partiu

Nem se quer se despediu

O amor sumiu

E só a dor existiu


Eu sou o Poeta

Que passa o dia a chorar

Não consigo mais em meus poemas

Rimas formar


Fui o tolo

Nunca imaginei que acabaria assim

Mas agora longe de ti

Esse é meu fim


Então cai sobre mim o desprezo do mundo

Agora sou apenas um vagabundo

Que o amor não foi tão profundo


É difícil amar

E fácil se magoar

Então cuidado para não se apaixonar 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...