História Poemas empoeirados - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 11
Palavras 73
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Poesias

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 23 - Eu mecânico


Meu trabalho suado

A mão calejada

O jaleco manchado

E uma boa risada

O paquímetro na mão 

Assim é o trabalho 

Fundi aço e coração 

Sou mecânico caralho !!

Sou a liga mais forte

Máquina perfeita 

Que faz a própria sorte

Quem o mundo respeita 

O barulho do torno

O cheiro no ar

Mais quente que um forno

Mas esse é meu lugar

E mesmo sujo e cansado

Não mudo meu gosto

Mantenho estampado

Um sorriso no rosto

Coração de metal

Cérebro de engrenagem 

Vida sem igual

Vida de usinagem.







Notas Finais


Eu escrevi este como se fosse um hino do meu curso (sim, eu curso mecânica) até q ficou legal.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...