História Poemas, poesias, versos, letras e estrofes. - Capítulo 63


Escrita por: ~

Visualizações 13
Palavras 282
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Magia, Mistério, Misticismo, Poesias, Romance e Novela, Seinen, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 63 - O que for preciso.


O que for preciso

 

Caindo rápido demais para se preparar para isso

Tropeçar no mundo pode ser perigoso

Todos que estão dando voltas são vulturinos

Nepotistas e negativos.

 

Todos esperam a queda do homem

Todos rezam pelo fim dos tempos

Todos esperam que possam ser a pessoa certa

Eu nasci para correr, eu nasci para isso.

 

Chicoteie

Cavalgue-me como um cavalo de corrida

Segure-me como um corda esfarrapada

Me quebre e me construa

Eu quero ser o erro

A palavra em seu lábio

A letra que você arranca.

 

O que for preciso

Pois eu adoro a adrenalina nas minhas veias

Eu faço o que for preciso

Pois eu adoro a sensação

De quando eu quebro as correntes.

 

Você me leva para o topo, estou pronto para

O que for preciso

Pois eu adoro a adrenalina nas minhas veias.

 

Sempre tive medo de ser normal

Olhando para o meu corpo me sentindo miserável

Sempre me prendendo no visual

Eu quero ser invisível.

 

Olhando os meus anos como um martírio

Todo mundo precisa fazer parte deles

Nunca fui o suficiente da soma das partículas

Eu nasci para correr, eu nasci para isso.

 

Hipócrita, egoísta

Não quero ser o parênteses

Hipotético, trabalhando em algo de que estou orgulhoso

Fora da caixa um epóxi ao mundo

E a visão que nós perdemos

Eu sou um apóstrofo

Sou apenas um símbolo para lembrar

Que há mais para ver.

 

Sou apenas um produto do sistema, a catástrofe

Mas ainda uma obra-prima, e ainda estou meio doente

E quando eu estiver morto

Pelo menos eu vou para o túmulo e eu alegremente

Deixo o corpo da minha alma para ser parte de mim

Eu faço o que for preciso.


Notas Finais


To fazendo uma maratona de Imagine Dragns, sla kkkk mas só agr q eu me toquei o qnt as letras das musicas deles são reflexivas e tals


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...