História Poesias de Verônica - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 11
Palavras 292
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Ficção, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Essa ela fz para Aula de Filosofia

Capítulo 1 - O meu eu


Eu sou assim mesmo, um poço de segredos. Uma carta gigantesca e tediosa que poucos querem ler. Tão complicada quando se diz há respeito do que sinto e ao meu jeitinho de ser. Ora feliz. Ora triste. Sou uma caixa fechada cheia de mistérios e surpresas. Sempre vou surpreender-te com alguma atitude inesperada. Sempre vou ser essa caixa dificil de abrir, aprendi a ser assim, dificil. Gosto de inovar, o igual é cansativo demais. Já quando é para falar sobre meus sentimentos, ou seja, o que sinto, sou um túmulo, deixo tudo guardadinho bem no fundo para que ninguém veja, e se perguntarem, vão ter meu silêncio como resposta. Não porque não quero dizer, mesmo que em algumas vezes eu não queira, é que ás vezes não sei como, me faltam palavras para descrever tanto sentimento acumulado, provocando tanta desordem. Quem me ver em alguma rodinha de amigos, colegas conhecidos, nunca irá imaginar que escondo um coração quebrado. E mesmo tendo esse coração quebrado nunca deixei de sorrir. Passei por diversas decepções, mas precisamos delas para amadurecer, como já diz Isabela Freitas em um diz de seus livros; Sem eles nada seríamos. Se não existissem as dores do mundo seríamos todos fragéis, fracos. Feito papéis que se rasgam facilmente com qualquer puxão. Então que venham as dores, as decepções, as quedas, as feridas abertas, as cicatrizes, o sangue espalhado pelo chão. Mas que eu nunca perca minha vontade de viver e de me realizar, que as decepções não me impeçam de voar alto.

Eu sou assim, gosto de ser assim, do meu jeito, com manias, amores, defeitos, sonhos impossíveis e fantasias. E não tenha a menor intenção de mudar. Não para agradecer alguém, a não ser que esse alguém seja eu mesma.


Notas Finais


Tchau


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...