História Poesias e reflexões - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Morte, Sentimentos, Verdade, Vida
Exibições 1
Palavras 318
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Lírica, Poesias, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 11 - Lugar Nenhum


Fanfic / Fanfiction Poesias e reflexões - Capítulo 11 - Lugar Nenhum

Chamo esse lugar de "lugar nenhum", aliás, muito conhecido pela sua incrível capacidade de não existir, também pode ser chamado de "invisível" ou "nada", e por algum motivo que desconheço todos querem conhecer esse lugar. Assim como um cego que sempre foi cego não consegue imaginar o dourado, que cor tem o nada se sempre vivemos no tudo? Se toda cora faz parte do tudo? Seria possivel nós imaginarmos esse mundo?
Sem formas, cor, luz ou trevas, tamanho, leis e etc... simplesmente a ausência de tudo o que existe. Mas, se tudo o que não existe há nesse lugar, seria possível ele existir? Talvez ele seja um buraco onde nada nunca caiu, ou uma estrela que há tempos explodiu deixando o lugar vazio, pode também ser um "coração sem sentimentos", afinal, no coração só tem carne e sangue, e será que carne e sangue sente? Quem sabe?
Comecei a pensar, e pensar, e pensar, onde será que eu encontraria esse lugar? Rodei o mundo interio para achar essa resposta, cada caminho, cada rua, cada decisão, cada momento, cada luta, e quem diria que essa resposta estava comigo em toda a jornada? Pensei e ri com o meu próprio pensamento, a busca do "lugar nenhum" é como tentar pegar o vento. Sem forma, cor, luz ou trevas, tamanho, leis e etc... esse é o pensamento.
Tantos lugares por onde eu passei para chegar ao objetivo que estava dentro de mim.
"Mas é claro" eu pensei "no meu pensamento há tudo para mim, mas é invisível para os outros". Todos tem um próprio lugar nenhum dentro de si, que, embora tenha tudo para quem o possui não tem nada para quem não o possui.
E no final, qualquer criança conheceria a conclusão, assim como não posso abrir um coração e ver sentimentos, não posso abrir um cérebro e ver pensamentos, mas está lá, o lugar inexistente existe em algum lugar.


Notas Finais


Demorei? Demorei! Tenho duas contas e normalmente só leio nessa...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...