História Poesias Perfeitas De Um Poeta Falho - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 41
Palavras 223
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Poesias, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Mutilação, Nudez, Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Eu escrevo poemas desde meus 12 anos, mas nunca mostrei a ninguém que não fosse minha ex namorada... Até agora... Eu to muito nervoso, mas sinceramente espero que gostem e.e

Capítulo 1 - A Dama da Noite


Fanfic / Fanfiction Poesias Perfeitas De Um Poeta Falho - Capítulo 1 - A Dama da Noite

Nua como a noite

Fria como a mesma

Vermelho escarlate

Corta como uma linha

Sua pele branca como a lua

 

Vermelho da cor do batom

Que usava

Quando desperdiçava sua vida

Quando a si mesma ela vendia

 

Não tinha amigos

Nenhum além da solidão

Todos a desprezavam

Eu a compreendia

Em segredo a amava

Mesmo que ela

Não merecesse esse amor

 

Fria noite era essa

Em contraste com a raiva

Que queimava dentro de mim

Por sua traição

Que já era esperada

Mas mesmo assim dolorida

 

Fria noite essa

Noite que era amiga

Daqueles que como eu

Que como ela

Nas trevas se escondiam

 

Ódio tomou-me o coração

E tirei-lhe seu mais precioso bem

A única coisa que lhe restava

A vida que ela desperdiçava

 

Sangrando no asfalto

Afogando-se em seu vermelho preferido

Tão quieta quanto a noite

Tão fria quanto gelo

 

Dama da noite,

Por que deixaste a mim tão só?

Mas a culpa por partir fora de teu assassino

Choro amargamente quando lembro

Que ele era eu

 

Agarro-me a seu corpo de porcelana

Lembro-me das vezes que o desfrutei

Lembro-me de quando seu sangue pulsava

E que seu fogo aquecia nós dois

 

E por fim lembro-me que

Eu mesmo roubei-lhe seu calor

E tão pálida quanto a lua

(Sua melhor amiga) lhe deixei

Por não suportar dividir

Com tantos seu amor


Notas Finais


Bom... Como podem ver o poema conta uma história, a maioria dos que eu escrevo são assim, porque tenho preguiça de escrever um livro, então acabo colocando minhas historias na poesia... Então podem esperar outros como esse. Nas notas finais sempre contarei a historia verídica.

--------------------------
Trata-se de uma prostituta e de um de seus clientes que por ela se apaixonou e que então faria de tudo para ter o seu amor e que não suportava a ideia de dividi-la com outros homens todas as noites. Porém, ela não correspondeu seu amor, pra ela ele era apenas mais um cliente. E então revoltado por sua rejeição e tomado de raiva por seu ciúmes, ele a tirou do meio de um de seus programas e ali mesmo na calçada do motel que ela se encontrava ele a matou. Deixando seu corpo da cor da lua sangrando com apenas a noite em companhia, noite que antes era uma companhia agradável, quando o encontro dos dois acontecia, mas que agora era apenas uma lembrança pra ele e pro fantasma dela que em sua memória toda a noite ele via.

----------------------
Espero que tenham gostado, meu povo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...