História Poesias Perfeitas De Um Poeta Falho - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 29
Palavras 145
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Poesias, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Mutilação, Nudez, Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi, eu aqui de novo ehueh

Capítulo 2 - Culpa


Fanfic / Fanfiction Poesias Perfeitas De Um Poeta Falho - Capítulo 2 - Culpa

Culpa carrego

Culpado, não nego

Atos passados

Em minha mente vem e vão

 

Sou um desgraçado

Sou culpado

E não posso negar:

As coisas são o que são

 

Me chame de assassino

Me chame de louco

Exponha meu mau

Exponha quem sou

 

Estou cansado e doente

Por tanta pena

O pior sentimento

Que pode-se sentir por qualquer um

 

Me chame de qualquer coisa

Já não sei o que sou

Meus atos me mudaram

E um caminho sem volta eu segui

Perdendo tudo

Mas principalmente a mim mesmo

 

Louco. sim!

Isso é o que sou

Aqui apodrecerei por meus atos

Onde minha culpa pode me consumir

 

Abandonado no quarto branco

As almofadas minha companhia

Onde minha culpa se tornou

Minha única amiga

 

Louco! Estou perdido

Mas isso já não importa

O que fui passou

O que tenho são memórias

E a culpa por ser quem fui


Notas Finais


Esse falava sobre um louco, como puderam notar. Ele cometeu muitos crimes em seu passado e por ele se culpa até hoje, porém, por eles não foi condenado a prisão, seu advogado conseguiu alegar que ele era mentalmente incapaz e por isso ele fora mandado par um hospício e lá veio a enlouquecer de verdade afogando-se em sua culpa.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...