História Pokémon - O Destino Final - Capítulo 44


Escrita por: ~ e ~MiyazonoGardner

Postado
Categorias Pokémon
Personagens Agatha, Blue, Brock, Charizard, Crystal, Gold, Leaf (Green), Lt. Surge, Mew, Misty, Pikachu, Professor Carvalho, Red, Silver, Yellow
Tags Anime, Aventura, Blue, Continuação, Green, Mangá, Pikachu, Pokémon, Pokémon Adventures, Pokemon Special, Pokeshipping, Red, Yellow
Visualizações 22
Palavras 1.538
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Suspense, Violência
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um capítulo de hoje gente, dessa vez das duas maravilhosas e baixinhas garotas da turma que faram um papel importante na história... além de novos personagens que apareceram!

Capítulo 44 - A busca por treinadores - pt.1


Fanfic / Fanfiction Pokémon - O Destino Final - Capítulo 44 - A busca por treinadores - pt.1

A busca por treinadores:

Kelly Clark:

Logo depois da viagem dos garotas e das duas garotas, eu me vi adiante com Yellow, que junto a mim, procuraria treinadores para poder confiarmos a missão importante que o Professor Carvalho havia confiado. E o primeiro passo para isso tudo, eu já tinha dado, criei uma lista de vários conhecidos, e principalmente de um forte treinador que eu tinha conhecido no passado, no qual eu havia sabido que estava por aqui em Kanto, por acaso tendo férias antes dos incidentes.

- Estou pronta Kelly! - Yellow havia chegado e com uma bolsa já parecia estar determinada, assim como eu, a buscar ajuda. 

- Se não se importar, podemos dar uma olhada nesses lugares? - Eu mostrei um grande papel, que mostrava-se a ser o mapa de Kanto, além de ter vários círculos e rotas que eu tinha marcado para achar certas pessoas.

- O que são os pontos vermelhos? - Ela perguntou analisando o papel.

- São lugares aonde eu conheço alguns treinadores, se formos para lá, talvez acharemos alguém que possa realmente ajudar! - Eu então expliquei o que eu tinha pensado.

- Antes eu irei comunicar o meu tio Wilton e falarei para ele avisar os pescadores e amigos. Depois disso poderemos sair em busca desses lugares e também ver como eles estão lindando com o problema lá em Hoenn.. - Ela foi dizendo animada, mas quando chegou ao assunto da viagem mostrou-se um pouco desanimada. 

- O que foi..? - Eu perguntei curiosa enquanto eu comia alguns doces coloridos que eu tinha em uma sacola plástica pequena.

- Estou apenas preocupada.. não é nada! - Ela balançou a cabeça e depois disso que não era nada.

- Você deve estar é preocupada com alguém hihi! - Eu pensei que talvez Yellow gostasse mesmo de alguém, eu ia descobrir aos poucos, mas aquele olhar de preocupada dela parecia mesmo ser algo relacionado a isso.

- N-não!! - Ela se virou e colocou o chapéu um pouco vermelha, escondendo o seu rabo de cavalo dentro do mesmo.

- Se você diz. - Eu falei acompanhando-a para fora do local que havíamos ficado a noite, logo depois dela dela ter mandado uma mensagem por correio ao seu tio, e finalmente depois de estarmos fora fomos em seu Dodrio, no caso eu atrás, viajando pelas rotas, a busca de chegar na primeira cidade, aonde eu procuraria um velho amigo, chamado Biel.

Já estava de noite quando chegamos, mas felizmente deu tempo o suficiente para nos instalarmos em um lugar para passarmos a noite, acampando perto da cidade, para economizar o dinheiro, ficando então em sacos de dormir e perto de uma fogueira que iluminava o arredor da gente, além do lindo céu estrelado e surpreendente que eu via.

- Que lindas! - Eu comentei apreciando as estrelas e as constelações.

- Realmente são muito bonitas, ate me lembro os dias que eu dormia na Floresta de Viridian, eu ficava também olhando as estrelas. Era muito legal! - Yellow comentou de suas viagens por perto de sua cidade, quando ela era pequena e eu atentamente ouvia e as vezes me distraía com os brilhos das estrelas.

No dia seguinte finalmente arrumamos as coisas e fomos para a cidade, comemos em um restaurante baratinho e depois fomos ate diferentes pousadas, afim de encontrar o meu amigo.

- Essa é a última... - Eu disse ofegante e um pouco cansada, depois de andarmos muito.

- Finalmente... - Yellow comentou enquanto subíamos as escadas um pouco cansadas, ate que perguntamos ao recepcionista.

- Tem algum Biel na estádia senhor? - Eu perguntei me apoiando na mesa e o olhando curiosa.

- Biel? Por que quer saber? - O homem bem vestido perguntou.

- Ele é um amigo meu, preciso falar com ele urgentemente. - Eu tentei ser mais apressada possível, ainda tínhamos que procurar muitas pessoas.

- Certo.. eu verei imediatamente. - O homem começou a buscar nos papeis enquanto falava, e depois fez um certo silêncio enquanto procurava nas páginas, ate que em uma hora encontrou - Aqui está! Biel Tokio, ele está no quarto 201. - Ele finalmente havia dito o quarto.

- Podemos ir ver ele? - Yellow perguntou enquanto eu já tinha a esperado pelas escadas.

- Claro! - O homem concordou e fomos juntas ver o meu velho colega.

- Oi de casa? - Eu bati na porta e perguntei se tinha alguém.

Um garoto de cabelos azuis e de cara séria e fechada abriu a porta, o que assustou um pouco Yellow que deu um passo para trás, pois seu rosto era como antes, não havia mudado nem um pouco.

- Oi Biel! Sou eu... - Eu disse olá primeiramente e antes que eu pudesse continuar a falar ele levantou a mão e disse para eu esperar. 

- O que você quer dessa vez? - Ele foi super grosso comigo, sempre agindo meio frio.

- Poxa... eu vim de longe para ver o meu amigo e ainda andei tudo isso... - Eu suspirei um pouco cansada enquanto eu falava - Eu preciso de sua ajuda, por favor! Estamos com emergências em todas as regiões, é importante!

- E por que eu deveria dar atenção a isso..? - Ele perguntou se afastando da porta.

- O p-professor Carvalho que nos mandou! Por favor ouça.. - Yellow assim como eu pediu para que ele ouvisse.

- Huh? O professor Carvalho? - Ele se aproximou da porta novamente e depois ficou em silêncio com os braços cruzados.

- Todas as regiões estão enfrentando um grande problema... e nossos amigos estão indo investigar a causa desse problema, que são pessoas malvadas que usam os pokémons para o mal! - Eu tentei explicar tudo para que ele tivesse interesse, mas não parecia funcionar.

- Eu pensarei em ouvir tudo, mas só se ganhar de mim... em uma batalha. - Ele fechou a porta e pegou uma pokébola e me olhou com sua expressão séria. 

- Poxa... - Eu fiz um olhar meio triste, e depois eu continuei falando - Eu te ajudei com aquela garota que você gostava! Faça isso por mim.. - Eu me lembrei que eu tinha feito um favor e o ajudado-o, fazendo ate eu me lembrar da época que eu assisti-o participar na Liga de Kalos. 

- Shiiiiu!! - Ele colocou uma das suas mãos em minha boca e depois mudou sua expressão finalmente - Tatata! Eu ajudo você, mas só se ganhar de mim! - Ele falou depois me soltando.

- Eba!! - Eu comemorei e depois fomos juntos, nos três, ate fora da recepção, ficando em um campinho linear, aonde batalharíamos. 

- Vamos ver o quanto você melhorou nesses dois anos.. - Ele comentou enquanto sacava uma pokébola e a arremessava em direção do lugar, soltando então um Arcanine.

Eu logo fiquei de frente ao treinador e meu oponente, depois coloquei um pé firme para frente e depois arremessei uma pokébola, que continha um pokémon do tipo fogo também, soltando o meu Vulpix para a batalha.

- Vai Vulpix! - Eu gritei depois de solta-lo.

- Ele parece ser mais forte que antes, parece ter cuidado bem dele. Vamos ver como vai em ação. - Ele fez uma pausa e depois gesticulou uma das mãos antes de continuar a falar - Arcanine use o mordida!

- Vulpix evasiva! E use o agilidade e evasiva! - Deixei o meu pokémon mais rápido para desviar do mordida e depois pensei rapidamente em um contra ataque - Use o Calda de Ferro em seguida! - Eu disse apontando a mão para o Arcanine.

- Evasiva e Golpe Baixo! - Rapidamente o cão alaranjado pulou e depois foi com tudo para a frente de Vulpix, que recebeu um golpe direto em seu corpo e voou ate uma árvore.

- Vulpix! Não!! - Eu gritei após ver ele ser ferido - Resista amigo... - Vulpix foi ficando de pé enquanto eu tentava anima-lo.

- Vuulpix!! - Ele gritou determinado e respondendo.

- Muito bem, agora use o Ataque Rápido e depois Raio confusão!! - Vulpix se aproximou e tentou acertar Arcanine diretamente, mas o pokémon facilmente resistiu e depois empurrou o Vulpix para trás, em seguida Vulpix usou o Raio confusão, mas o ataque foi facilmente destruído por um Lança Chamas. 

- Use o Esmagamento! - Facilmente o pokémon correu e pisou em cima de Vulpix, deixando-o inconsciente e fraco, e por fim, soltando-o e tirando de debaixo de sua pata para não machuca-lo mais. - Muito bem, volte.. - Ele recuou o Arcanine após ver que tinha vencido.

- Você lutou bravamente Vulpix... - Eu fiz ele retornar, com uma expressão meio chateada..

- Parece que eu venci, nada de acordo! - Ele se virou de costas e depois nos ignorou, como se nada tivesse acontecido.

- Espera ai!! - Yellow gritou e se aproximou ate a ponta que eu estava do campo de batalha - Você disse que se alguém vencer, você ajudará, não é? Eu te desafio! - Ela fez algo que eu não esperava, mas que me deixou muito feliz, dessa vez seria ela que iria desafia-lo, e com um sorriso confiante ela tinha me mostrado que talvez ganharia.

Continua...


Notas Finais


Vai ter mais um hoje, talvez!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...