História Pokémon: Boundaries Crossed - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pokémon
Personagens Blaine, Brock, Daisy, Erika, Gary Carvalho, Koga, Lt. Surge, Misty, Professor Carvalho, Sabrina (Natsume)
Tags Pokémon, Vulpix
Exibições 2
Palavras 1.793
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Saga, Universo Alternativo

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


PERSONAGENS
Jack
Megan
Isis
Pink
Gray
Zubat (multiplos)
Paras
Clefairy (multiplos)
Psyduck
Geodude
Jigglypuff
Clefable (multiplos)

Capítulo 14 - Noite Agitada no Monte Lua


A noite acabou caindo antes do esperado. Jack e Megan estavam prestes a iniciar a travessia pela montanha, mas decidiram armar barraca bem em frente a entrada de uma caverna, para que quando acordassem no dia seguinte,já pudessem iniciar a caminhada. Eles jantaram juntos com os pokemons e entraram nos sacos de dormir. Já estavam quase pregando quando ouviram um estranho barulho.

Havia uma bola de fogo descendo do céu. A primeiro momento, parecia uma estrela cadente, mas foi se aproximando cada vez mais,

Jack– CORRE!

Os dois saíram em disparada para o mais longe da montanha. A estranha bola de fogo caiu em algum lugar no topo da montanha, causando uma potente explosão que arremessou pedaços de rochas para todo lado. Felizmente, Jack e Megan conseguiram se proteger.

Megan– O que foi isso?

Jack– Não sei,mas quero descobrir!

Megan–Que mesmo chegar perto daquela coisa?

Jack– Claro!

Megan– Com esse impacto, certamente esse meteorito ou seja lá o que for, adentrou a montanha! Pode estar em qualquer parte lá dentro.

Jack– Não importa. A gente procura.

Megan– Você é maluco. O Monte Lua é enorme!

Jack– Monte Lua?

Megan– Sim, é o nome da montanha...

Jack– Seja que nome for, eu quero explorar e encontrar aquele meteoro!

Os dois adentraram a caverna e logo tiveram de se encolher por conta de uma revoada deZubat’sque passou por sobre as cabeças deles. Caminhar no escuro era bem difícil mesmo com as lanternas, até que eles focalizaram uma maça uniforme e amarelada.

Megan– ARRE! Que coisa é essa? É um pokemon?

A “coisa” começou a se mover e fez um giro, deixando a mostra o rosto de uma garota de cabelos loiros e mal cuidados.

Garota– Vocês são bem barulhentos!

Jack– O que você está fazendo aqui a uma hora dessa?

Garota– Poderia perguntar o mesmo para vocês... antes de vocês chegarem, eu estava cochilando. A propósito, sou Isis.

Megan– Meu nome é Megan e esse é o Jack. Viemos averiguar aquele meteorito que caiu a pouco aqui no Monte Lua...

Isis– Meteorito? Que meteorito?

Jack– VOCÊ NÃO OUVIU O ESTRONDO?

Isis– Não... como disse, eu estava dormindo.

Jack– Dormindo ou em estado de coma?

A garota apenas bocejou. Logo, alguma coisa subiu por suas costas e parou sobre seu cabelo.

Megan– ARRE!

Isis– O que foi agora?

Megan– Tem alguma coisa andando na sua cabeça.

Isis– É apenas o meu amigo,Paras!

PokedexParas: o pokemon cogumelo. Os cogumelos que crescem em suas costas são raros e possuem propriedades medicinais.

Jack– Então é uma treinadora?

Isis– Exato. Estou de campana no Monte Lua à dias. Eu estou na busca por um pokémon encontrado por aqui: Clefairy.

Jack– Já que estamos todos procurando coisas, porque não vamos juntos? Nós procuramos o meteorito e você o Clefairy.

Isis– De acordo!

Megan– Mas espere um pouco! Nunca vi um Clefairy antes. Como posso saber como ele é? Para ajudar a procurar, sabe...

Jack– Hora de recorrer a pokedex novamente.

PokedexClefairy: este travesso pokémon é amigável e pacífico. Acredita-se que vivem no interior Mt. Lua , embora muito poucos já foram visto por seres humanos.

Megan(com os olhos brilhando)– São lindos!

Isis– Eu sei!

Megan– Acabo de decidir que vou capturar um desses também!

Jack– Mas pelos dados da pokedex, eles parecem muito ariscos. Não acho que os acharemos assim tão fácil.

Isis– Bom, se realmente caiu um meteorito por aqui, pode ser que isso faça eles se dispersarem e se dermos sorte, eles aparecem!

Mas isso parecia que não ia acontecer, pois os minutos se transformaram em horas e eles já estavam praticamente perdidos pelos túneis do Monte Lua.

Isis– Estou ouvindo alguma coisa.

De fato, era possível ouvir de longe uma canção que certamente não podia estar sendo feita por humanos. Os três correram em direção ao som e encontram uma câmara de pedra.

Jack, Megan e Isis– ALI ESTÁ!

Havia uma cratera enorme no chão e um buraco no teto da caverna. VáriosClefairysaltitavam em torno do buraco, cantarolando alegremente.

Jack– O que será que tem lá embaixo?

Os três se aproximaram com cautela. Havia, no fundo do buraco, uma pedra de cor rosada e brilhante. Exalava um pouco de fumaça, o que fazia acreditar que se tratava do tal meteorito que eles viram mais cedo. E o buraco no teto era o local por onde ele entrara.

Jack– Então foi isso que nós vimos cair... mas afinal, o que é isso?

Isis– Acho que já vi alguma coisa parecida com isso antes...

Voz– Acho que essa resposta eu posso dar.

O trio virou-se. Na entrada da câmara, estavam parados a dupla da Equipe Lunar.

Jack– Vocês?

Pink– Um turbilhão de maldade vindo do passado!

Gray– Como a Tumba de Pedra, os deixaremos derrotados!

Pink– No céu...

Gray– E na terra...

Pink e Gray– Em todo lugar!

Pink– Na velocidade da luz, destruindo a justiça!

Gray– Acabando com os bonzinhos sem ter preguiça!

Pink– Veja as manchetes de todos os jornais!

Gray– A nossa Equipe Lunar é sempre demais!

Pink– PINK!

Gray– GRAY!

Pink– Com a gente os perdedores não tem vez!

Gray– A Equipe Lunar somos nós...

Pink e Gray– ...e não vocês!

Psyduck– Psy aye aye...

Megan– Chega dessa enrolação e desembuchem logo! O que você sabem sobre o meteorito!

Pink– Os cientistas da Equipe Lunar vem rastreando esse meteorito a vários dias...

Jack– É ótimo saber que existe gente inteligente no time de vocês.

Gray– COMO SE ATRAVE A NOS INSULTAR!

Pink– Não de ouvidos a esses pivetes. O fato é que já estávamos de olho nessa pedra desde antes de você e vamos leva-las conosco para estudos na Central da Equipe Lunar!

Ao ouvirem isso, os Clefairy deixaram a cantoria e colocaram-se em posição de defesa em torno da cratera. Vendo aquilo, Isis também se posicionou em frente ao buraco, com os braços abertos.

Jack– O que está fazendo?

Isis– Não vê os Clefairy? Eles não querem que esse meteorito seja levado. Eu estou do lado deles!

Jack e Megan também imitaram o gesto de abrir os braços para impedir a passagem dos bandidos.

Gray– Que idéia tola!

Jack– Vocês nunca fazem alguma coisa boa. Tenho certeza que não será dessa vez que farão!

Pink– Ótimo! Tomaremos à força! Ataque Psyduck!

O pato olhou para a dona como se isso fosse uma ofensa.

Pink– O que é? Você é um pokemon ou não?

Psyduck balançou a cabeça. Pink não deu nenhuma atenção a ele e o empurrou para frente, incentivando a atacar. Porém, quando Psyduck se viu diante dos garotos e da multidão de Clefairy’s furiosos, ele voltou atrás e se escondeu atrás de sua treinadora.

Gray– Parece que sou eu que vou ter que pagar o pato! Eu escolhoGeodude!

Isis– Vamos batalhar Paras!

Jack– Você tambémVulpix!

Megan– Vamos lá,Jigglypuff!

Gray– Deslizamento de Rochas!

Megan– Tapa Duplo!

Geodude bateu com as mãos no chão, fazendo varias pedras se desprenderem e saltar contra os adversários. Jigglypuff pulou à frente de todos e usou seus fortes tapas para destruir as pedras.

Jack– Vulpix, Brasas!

Isis– Paras, use o Corte!

Enquanto Paras brandiu suas patas contra Geodude, as bolas de fogo de Vulpix explodiram contra ele e os demais lunáticos, que foram jogados para o alto pelo impacto e abriram um novo buraco no teto.

Pink e Gray– EQUIPE LUNAR DECOLANDO EM DIREÇÃO À LUA...

Os garotos comemoraram a vitoria e voltaram novamente suas atenções para os Clefairy. Alguns deles saltaram para dentro da cratera e começaram a dançar sobre o meteorito. Como efeito disso, ele começaram a brilhar e aumentar.

Megan– Parece que estão evoluindo!

Isis– Isso não é possível. Clefairy só pode evoluir ao entrar em contato com uma Pedra da Lua.

Jack– Pedra da Lua?

Isis– Existem outros tipos como a Pedra da Folha, do Trovão ou da Água. Não se sabe como acontece e nem porque, mas ela irradia algum tipo de energia que fazem alguns pokemons evoluirem ao toca-la. O Clefairy é um deles, assim como Jigglypuff, Nidorina e Nidorino.

Megan– Então por que esses Clefairy estão evoluindo assim?

Isis– Tenho uma hipótese. Esse meteorito é feito de Pedra da Lua.

Jack e Megan boquiabriram-se diante de tal especulação. Logo, os pokemons começaram a saltar para fora da cratera, totalmente evoluídos.

PokedexClefable: a forma evoluída do Clefairy. Possui uma audição aguçada, capaz de detectar o som de um alfinete caindo a um quilômetro de distância.

Megan– Isso é mágico!

Isis– Olhe!

A garota apontou para dois Clefairy que estavam mais afastados do grupo.

Jack–Não evoluíram!

Isis– Parece que esses dois não querem evoluir.

Megan– Está pensando o mesmo que eu?

Isis– Acredito que sim.

Megan e Isis– VAMOS PEGA-LOS!

Paras e Jigglypuff nem precisaram ser chamados e já se precipitaram em preparar para batalha. Percebendo o que ia acontecer, um dos Clefairy começou a balançar seus dedinhos de um lado para o outro.

Jack– O que ele está fazendo?

Isis– Se não estiver enganada, ele vai usar o Metrônomo!

Jack– Que tipo de habilidade é essa?
Megan– O Metrônomo é um ataque quer permite ao pokemon usar qualquer habilidade aleatória, independente do tipo. Nunca se sabe o que ele vai usar agora...

Clefairy parou de balançar os dedos. Ele saltou e disparou um filete de água pela boca, que começou a girar e em poucos segundos, se tornara um grande redemoinho que ele atirou contra seus adversário, carregando-os e explodindo eles contra a parede.

Isis– Paras, use o Corte!

Paras brandiu sua garra contra o Clefairy, porém o outro saltou na frente, desferindo uma série de tapas contra ele. Jigglypuff pulou em defesa do parceiro, começando a trocar tapas com o Clefairy também.

Megan– Usar apenas o Tapa Duplo não vai adiantar! Jigglypuff, use a Canção!

Jigglypuff começou a cantar. Sua canção era tão bela que parecia entrar no fundo da alma, acalentando o ambiente e trazendo um soninho... de fato, os Clefairy foram pegos pela mesma sensação e caíram no sono, encostados um no outro.

Megan– Agora! Pronta?

Isis– Pronta!

Megan e Isis– Vai pokébola!

Elas lançaram as esferas ao mesmo tempo e cada uma atingiu um Clefairy. Eles foram atraídos para dentro por um raio avermelhado e ficaram balançando dentro das bolas por alguns segundos, antes que uma chuva de fagulhas brancas revelasse que ele estava capturado.

Megan– PEGUEI UM CLEFAIRY!

Isis– Eu também!

Jack– Acho que podemos sair daqui agora, não é?

Megan– Alguém aí se lembra do caminho?

Isis– Felizmente, eu tenho um mapa da montanha.

E seguindo o guia de Isis, eles enfim conseguiram achar a saída para a caverna. A garota se despediu deles e seguiu seu caminho. Quanto à Megan e Jack, eles estenderam seus sacos de dormir ali mesmo e caíram no sono rapidamente, aproveitando que ainda não havia amanhecido.


Notas Finais


NO PRÓXIMO CAPÍTULO - LIÇÕES DE UM PATRULHEIRO POKÉMON (PT. I)
Jack e Megan são convidados a visitar uma escola de Patrulheiros Pokémon na cidade de Sable, mas essa aparição deles pode acabar gerando problemas para o jovem Lunick. E a Equipe Lunar tambem está se infiltrando na escola. Qual será o plano deles desta vez.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...