História Pokémon: Boundaries Crossed - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pokémon
Personagens Blaine, Brock, Daisy, Erika, Gary Carvalho, Koga, Lt. Surge, Misty, Professor Carvalho, Sabrina (Natsume)
Tags Pokémon, Vulpix
Exibições 4
Palavras 1.653
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Saga, Universo Alternativo

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


PERSONAGENS
Jack
Megan
Pietro
Scarlett
John
Pink
Gray
Nidoran ♂
Nidoran ♀
Geodude
Nidorina

Capítulo 8 - Amor Platônico


Novamente, Jack e Megan aparecem na floresta de Viridian. Dessa vez, o único objetivo deles era conseguir atravessar o lugar em segurança e chegar até a cidade vizinha, Pewter. Eles não queriam se distrair com nada para não acabarem se atrasando, mas isso não foi possível quando eles encontraram algo bastante peculiar.

Era um Mercado Pokémon. Era incrível imaginar porque o lugar fora construído no meio de uma floresta. Obviamente que a curiosidade falou mais alto e eles tiveram que entrar.

De fato era um mercado em atividade, com produtos que iam de poções à repelentes. O balconista gorducho e sorridente se dirigiu alegremente até eles.

Balconista– Como vão, caros treinadores. Meu nome é Pietro e sou dono deste estabelecimento. Posso ajuda-los em alguma coisa.

Jack– Na verdade não viemos comprar. Ficamos apenas curiosos com a idéia de ter um mercado no meio de uma floresta.

Pietro– Entre nós, a melhor idéia que eu já tive em toda a minha vida.

Megan– Sério? Não seria melhor construir no meio da cidade onde estão as pessoas normais?

Pietro– Talvez, se esse mercado vendesse produtos para as pessoas normais. Meus produtos são destinados aos treinadores de pokémon e que lugar melhor para encontra-los do que essa floresta? É aqui que a maioria dos treinadores que moram nos arredores de Viridian vem fazer seu treinamento e uma hora ou outra, eles sempre acabam precisando de algum produto. E a quem eles vão recorrer? A esse mercado, claro.

Jack– De fato, uma idéia bastante original.

A conversa deles foi interrompida com a chegada de duas crianças. Deviam ter uns 6 anos cada e traziam em seus braços dois pokemons bastante parecido.

PokedexNidoran macho: Seu chifre é maior do que da fêmea e seu Ataque de Chifre é bastante poderoso.​

PokedexNidoran fêmea: seus espinhos venenosos são bastante poderosos para o seu tamanho, mas seu chifre é menor do que do macho da espécie.

Pietro– Ah, esses dois sãos os meus filhos. A menina segurando o Nidoran fêmea se chama Scarlett e o menino com o Nidoran macho se chama John.

Foi meio difícil para Jack e Megan entenderem o que o vendedor estava falando porque os dois irmãos estavam discutindo ema alto e bom tom.

Scarlett– Não quero que meu Nidoran chegue perto de você e desse seu bicho nojento nunca mais.

John– Eu e o meu Nidoran é que não precisamos de vocês, sua patricinha metida.

Os dois viraram a cara um para o outro e deixaram o mercado, seguindo cada um uma direção oposta. Os pokemons se debateram nas mãos deles, visivelmente protestando contra a separação um do outro.

Jack– O que foi isso?

Pietro– Esses dois estão sempre brigando. Pensei que se eu desse esses Nidoran’s a eles os dois pudessem batalhar e se divertirem juntos mas isso não aconteceu. Eles ainda colocaram os Nidoran no meio da briga, proibindo um de chegar perto do outro. Pobrezinhos...

Megan– Isso é mal.

Jack– Talvez nós possamos ajudar!

Megan– Como?

Jack– Somos treinadores de verdade. Podemos ensinar à Scarlett e John como um pokemon precisa ser tratado de verdade.

Pietro– Ficaria muito grato se você pudessem fazer isso por mim.

Megan– Podemos tentar!

Os dois então deixaram o mercado e tomaram rumos opostos.

Megan encontrou Scarlett não muito longe dali, sentada num tronco acariciando sua Nidoran.

Megan– Posso conversar com você?

Scarlett– Quem é você, afinal?

Megan– Meu nome é Megan. Eu sou uma treinadora de pokémon assim como você. Eu acabei de vencer meu primeiro concurso pokémon na cidade de Viridian.

Scarlett– Verdade? Isso sim é impressionante. Eu também sonho em me tornar uma Top-Coordenadora e vou sair em jornada para realizar esse sonhos assim que tiver idade.

Megan– parece que temos muita coisa em comum. Garanto que também encontraria algo em comum com seu irmão se desse uma chance a ele.

Scarlett– Impossível. Ele quer ir para a Liga Kanto e eu quero se coordenadora. Ele e aquele Nidoran dele só vão atrapalhar meu treinamento com a minha bela Nidoran.

Megan– Nada disso. Você podem treinar juntos e quem sabe poderão os dois sair em jornada juntos também.

Scarlett– Juntos?

Megan– Sim. Como eu e meu amigo Jack. E ai? Vai dar uma chance para o seu irão?

Scarlett assentiu. Ela e Megan deram as mãos e seguiram para encontrar John.

Este, estava sentado sobre uma pedra junto com seu Nidoran. Jack sentou-se ao lado dele, sorridente.

Jack– Precisamos conversar?

John– E quem é você?

Jack– Meu nome é Jack. Eu sou um treinador de pokémon assim como você. Eu vou viajar por Kanto coletando insígnias e ainda participarei da Liga Kanto.

John– E você tem alguma insígnia?

Jack– Na verdade não. Eu me precipitei tentando derrotar o líder do ginásio de Viridian, mas perdi. Agora estou indo em direção à Pewter.

John– Verdade? Isso sim é impressionante. Eu também sonho em me tornar um Mestre Pokémon e vou sair em jornada para realizar esse sonhos assim que tiver idade.

Jack– Parece que temos muita coisa em comum. Garanto que também encontraria algo em comum com sua irmã se desse uma chance a ela.

John– Impossível. Ela quer ir participar do Grande Festival de Kanto e eu quero ser Mestre Pokémon. Ela e aquela Nidoran dela só vão atrapalhar meu treinamento com meu poderoso Nidoran.

Jack– Nada disso. Vocês podem treinar juntos e quem sabe poderão os dois sair em jornada juntos também.

John– Juntos?

Jack– Sim. Como eu e minha amiga Megan. Nos damos muito bem com nossas diferenças e olhe que nos conhecemos a pouco tempo. E ai? Vai dar uma chance para sua irmã?

Antes que John pudesse responder, um braço mecânico se esticou de entre as arvores e segurou seu Nidoran, puxando-o para as mãos de alguém que estava escondido na folhagem.

Pink– Um turbilhão de maldade vindo do passado!

Gray– Como um Raio Psiquico, os deixaremos derrotados!

Pink– No céu...

Gray– E na terra...

Pink e Gray– Em todo lugar!

Pink– Na velocidade da luz, destruindo a justiça!

Gray– Acabando com os bonzinhos sem ter preguiça!

Pink– Veja as manchetes de todos os jornais!

Gray– A nossa Equipe Lunar é sempre demais!

Pink– PINK!

Gray– GRAY

Pink– Com a gente os perdedores não tem vez!

Gray– A Equipe Lunar somos nós...

Pink e Gray– ...e não vocês!

Jack– Vocês de novo? Vocês não se cansam de ser maus não?

Gray– Claro que não.

Pink– Por que alguém se cansaria disso?

John– Devolva meu Nidoran!

O garotinho correu na direção dos bandidos, mas foi mandado longe por uma investida doGeodudede Gray.

Gray– Vai precisar mais do que isso para nos deter!

Os lunáticos gargalharam e começaram a correr. Logo, Megan e Scarlett se juntaram aos dois garotos, bastante apressadas.

Megan– O que houve?

Jack– É a Equipe Lunar, de novo!

John(chorando) – Eles roubaram meu Nidoran!

Scarlett olhou com compaixão e depois acenou com a cabeça para a sua própria Nidoran.

Scarlett– Ninguém mexe com o meu irmão. Eu vou dar um jeito nesse bandidos! Vamos Nidoran!

Para espanto geral, Scarlett saiu marchando na direção onde os lunáticos haviam escapado. John secou as lagrimas e seguiu logo atrás dela.

Jack– Ei, vocês dois! Esperem! Vão precisar de ajuda!

O grupo embocou na floresta, seguindo as pegadas deixadas no chão fofo. Encontraram a dupla de trapaceiros em uma clareira, onde eles estavam prestes a subir a bordo de seu balão em formato de Voltorb.

Scarlett– Parados aí mesmo! Devolvam já pokemon de meu irmão!

O Nidoran dela saltou em sua frente, guinchando em apoio à suas palavras.

Pink– Vejam só o que temos aqui. Mais uma pirralha.

Gray– E metida a esperta. Veremos se continua assim quando roubarmo o pokemon dela!

Usando o braço mecânico, Gray tentou agarrar o Nidoran fêmea, mas ela saltou com o braço se esticou em sua direção e disparou uma sequencia de Espinhos Venenosos que disparou o mecanismo.

Gray– Odeio gente que quebra os meus brinquedinhos! Geodude, mostre a ela! Use Deslizamento de Rocha!

Geodude bateu com os braços no chão, fazendo varias pedras se soltarem e saírem voando na direção da Nidoran,que foi atingida e caiu de costas no chão.

Jack– Eu vou ajudar...

Scarlett– Não! Essa batalha é minha! Chute Duplo!

Nidoran saltou sobre Geodude e pisoteou nele dando poderosos golpes com seus pequenos pezinhos.

Pink– O que é isso Gray? Não vamos apanhar dessa garotinha!

Gray– Deixe comigo! Mais uma vez, Geodude, Deslizamento de Rochas.

Scarlett– Evasiva!

A Nidoran saltou por cima das pedras que lhe eram lançadas, girando com uma graciosidade digna de uma coordenadora. Ela investiu contra Geodude,lançando-o sobre seu treinador, que caiu de costas sobre Pink. Esta, segurava o Nidoran de John e teve de solta-lo, permitindo ao pokemon que retornasse a seu treinador.

Scarlett– Vamos lá.

John– Juntos!

Scarlette John – Espinhos Venenosos!

Uma chuva de agulhas de cor roxa explodiu contra os bandidos, que foram arremessados para o alto pela força do golpe combinado.

Pink e Gray– EQUIPE LUNAR DECOLANDO EM DIREÇÃOÀ LUA!

John– Scarlett... nem sei como lhe agradecer por ter salvo meu pokémon.

Scarlett– Simples: aceite sair comigo em uma jornada assim que tivermos idade.

John– Eu ia mesmo sugerir isso.

Os irmãos se abraçaram. Seus pokémons começaram a se esfregar um no outro carinhosamente, mas logo, a Nidoran de Scarlett começou a brilhar e crescer.

Megan– Evoluiu para Nidorina!

Pokedex:Nidorina: a forma evoluída da Nidoran fêmea. Ela emite ondas supersônicas de sua boca para confundir seus inimigos.

John– Demais!

Scarlett– Com certeza!

O grupo retornou ao mercado, onde RAM esperados porum preocupado Pietro.

Pietro– Onde estiveram?

Scarlett– É uma longa historia.

Pietro– Espero que tenham acertado as coisas...

John– Pode-se dizer que sim.

Pietro(para Jack e Megan) – Obrigado pela ajuda!

Jack– Eles praticamente resolveram tudo sozinho.

Pietro– Espero que aceitem um presentinho meu!

Pietro entregou-lhes uma saca cheia de poções e comida para pokemon. Agradecidos, Jack e Megan recomeçaram sua caminhada para a cidade de Pewter.

 


Notas Finais


NO PRÓXIMO CAPÍTULO - UMA NOITE NO MUSEU
Enfim, na cidade de Pewter, Jack e Megan veem-se em meio à uma louca aventura no museu graças aos lunaticos, que acidentalmente trazem de volta a vida, pokemons fossilizados.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...