História Pokemon Futebol- Quando os pokemons entram em campo - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pokémon
Personagens Personagens Originais
Tags Aventura, Comedia, Futebol Pokémon, Futebol!, Pokémon, Romance
Visualizações 23
Palavras 3.197
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Esporte, Romance e Novela
Avisos: Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 12 - Bernardo vs Lucas


Bernardo estava nervoso, mais do que ele achava que ia estar. Estava no vestiário dos atores do espetáculo, que virava o local de aquecimento quando havia futebol. Como já tinha jogado a ganhado uma insígnia, esperava estar mais calmo, mas estava acontecendo o contrário, e ele sabia o  porque. Na partida contra Claudia, ninguém estava lá para assisti-lo, mas agora tinha Vanessa para torcer. No entanto, ao olhar para o seu time, que se aquecia, se lembrou de todos os treinos que fizeram, inclusive a partida contra Hélio, e se sentiu mais confiante. Observou suas anotações sobre o esquema que tinha montado, e se sentiu mais tranquilo.

-Bernardo?

Era Lívia. Ela estava com o uniforme de árbitra

-Vamos? A partida já vai começar

-Estou indo – respondeu o treinador, determinado.

 

 

A piscina da partida era a mesma que foi usada para o espetáculo, mas ela estada diferente. Três grandes boias estavam do centro e nas traves, e outras menores se espalhavam pelo campo. Vanessa se sentou no mesmo local do show.

A coordenadora achou que ia assistir a partida sozinha, então se surpreendeu quando um grupo de sete garotas, todas com a idade parecida (entre 15 a 18 anos) e muito bem arrumadas apareceram. Elas falavam em voz alta

-Será que dessa vez ele nota a gente?

-Quem é o adversário dele?

-Não sei, só sei que o Lucas é muito gato.

-E também é fofo.

Vieram torcer pelo líder, Vanessa pensou.

Nesse momento, a mesma voz que anunciou o show agora falava na partida.

-Em instantes, começará a partida entre Lucas, líder do Ginásio de Santariana, e o desafiante Bernardo.

As garotas gritaram quando o nome de Lucas foi anunciado.

Lívia entrou no campo, com a bola da partida na mão. Seu irmão e Bernardo vieram um pouco atrás.

-O líder jogará com Golduck, Floatzel, Azumarill, Poliwhrl e Polioted. O desafiante vem com Aipom, Meditite, Eevee, Treecko e Froakie.

Os pokemons entraram ao campo e se posicionavam enquanto Lívia fazia o sorteio. Lucas ia dar a saída no primeiro tempo. Os dois voltaram para o banco de reservas.

-LUCAS LINDO, OLHA PARA MIM - Gritaram as garotas quando o líder passou.

-Vai Bernardo – gritou Vanessa. O treinador sentiu seu rosto corar, mas apenas fez um sinal de positivo.

Lívia foi à boia central e posicionou a bola. Poliwhrl e Polioted foram para o centro. Então ela apitou

-COMEÇOU!, anunciou o treinador.

Polioted recebeu a bola de Poliwhrl, que passou de volta para o companheiro, que chutou para o Floatzel, que passou a ser marcado pelo Eevee, enquanto o Treecko passou a marcar o sapo verde, Sem opção, a bola foi passada para o Azumarill, que tentou um chute longo, mas acabou bloqueado pelo Meditite, e a bola foi para fora.

A estratégia de Bernardo deu certo. Se Lucas pretendia um ataque surpresa logo no início, acabou decepcionado. O líder percebeu que seu adversário era esperto e entendia de futebol, então mandou que seus pokemons prendessem a bola no campo de defesa. Quando o relógio marcou um minuto de meio de partida, a bola estava com Azumarill, que via seus companheiros sendo fortemente marcados.

-Azumarill, use a Pistola da Água – ordenou Lucas

O pokemon soltou sua água em direção a bola, que passou direto pelo Floatzel e pelo Poliwhrl, e foi dominada pelo Polioted.

-Polioted, finalize com o  Quebra Telha

-Meditite, use Confusão.

O sapo aquático chutou a bola com o movimento falado, mas o defensor psíquico fez a bola desviar direto para as mãos de Aipom.

-É isso aí Meditite, mostra como se faz

Lucas olhou para o seu adversário, com um sorriso desafiador, mas Bernardo não percebeu, estava falando instruções para o Aipom, que rolou a bola para o Meditite.

Agora a dúvida sobre passar a bola estava com o pokemon psíquico. Eevee era marcado por Floatzel; e Treecko, por Poliwhrl. No entanto, bolhas na água chamaram a atenção, e o passe foi feito na direção delas. Froakie saiu da água com um grande salto

-Pulso da Água Froakie

O sapo mandou a bola para a frente de uma forma tão rápida que parecia ir direto para o gol.

-Treecko, Bola de Energia

-Marque ele Poliwhrl

O lagarto foi mais rápido e acertou a bola em direção ao gol, mas acabou na trave.

-Porcaria! - disse Bernardo

Golduck recuperou a bola e a chutou para a frente me direção ao Floatzel.

-VAI MEDITITE

E, por incrível que parecesse, o Meditite correu e dominou a bola antes do Floatzel, deixando até mesmo Lívia espantada. O pokemon passou rapidamente para o Eevee. Treecko e Froakie correram para a frente.

-Froakie, Pulso da Água.

-Detenha-o Azumarill

O sapo começou a novamente preparar o seu movimento, sendo marcado pelo rival. Entretanto, o Eevee passou a bola para o Treecko, que disparou Balas de Semente na bola, e novamente bateu na trave.

Na torcida, uma das meninas comentou

-Esse garoto não deve ser muito bom, ele ordenou uma coisa e aconteceu outra

Ela olhou para suas amigas. Elas estavam espantadas

-Gente, o que aconteceu?

-Não foi desobediência. Foi estratégia. Ele quis que o Lucas pensasse que a bola ia para o outro lado. Ele é perigoso, muito perigoso.

Um pouco longe, Vanessa escutava a conversa das meninas, com um sorriso no rosto. Bernardo, no entanto, estava começando a ficar nervoso. Já tinha esperdiçado duas oportunidades e tinha medo da máxima do futebol: quem não faz toma. Lucas percebeu que era hora de atacar.

O relógio marcava cinco minutos de jogo, e Bernardo tinha recuado um pouco o time, oredenando que Froakie e Treecko ficassem mais calmos. Lucas aproveitou e colocou mais força no ataque, especialmente com o Polioed. Mas a maior preocupação era o Poliwhrl, por isso o Meditite passou a grudar nele, dificultando mais o ataque. Contudo, um buraco se abriu, e o desafiante perceberia tarde demais

Seis minutos de jogo. Eevee tentava mais um ataque.

-BOLA DAS SOMBRAS

A raposa envolveu a bola em seu movimento e mandou, mas o Golduck segurou a bola facilmente. O pato demorou um pouco para recompor a bola, e Meditite logo foi para ao lado do Poliwhrl. Azumarill recebeu a bola.

-AGORA PESSOAL

Floatzel disparou e mergulhou na água. Azumarill chutou. Poliwhrl, por outro lado, ficou parado

-Áqua Míssil

A lontra gigante apareceu em frente ao gol, cegando o Meditite e o Aipom. Polioted ficou com a bola, chutou em direção ao gol. O macaco goleiro, com água nos olhos não pôde defender.

-GOOOOOOOOOOOOOLLLLLLLLLLLL. DO POLIOTED. UMA JOGADO DO FLOATZEL QUE PEGOU BERNARDO DE SUPREESA. 1 A 0 PARA O LÍDER LUCAS.

As meninas gritaram. Vanessa ficou quieta,

-Vamos lá pessoal, não vamos nos deixar abater - Incentivou Bernardo

Lívia recolocou a bola no centro do campo enquanto os pokemons voltavam as suas posições. Treecko recomeçou a partida passando para Froakie. Eevee disparou na frente.

-Pulso da Água.

O sapo mandou a bola de forma tão rápida que os adversários nem conseguiram reagir. Eevee assumiu a bola.

-Ataque Rápido

A raposa correu com toda a velocidade praticamente sozinha. Treecko correu para o perto do gol, chamado a atenção do Golduck.

-Balas de Semente – ordenou Bernardo

O pokemon de planta encheu a boca. Golduck não tirou os olhos dele. No entanto, o Eevee envolveu a bola numa Bola das Sombras e chutou para o gol totalmente vazio. Então, de repente, Floatzel surgiu e salvou em cima da linha

Bernardo levou a mão na cabeça, nervoso. Olhou para lontra gigante, que voltou a mergulhar na água. Achou que o Poliwhrl seria maior problema, mas tinha que admitir que o Floatzel lhe estava dando mais problemas.

-Froakie, venha cá – chamou o treinador.

O sapo se aproximou.

-Froakie, o Floatzel está mergulhando e surpreendendo a odos, Você é o único que pode acompanha-lo. Entnedido?

Froakie balançou a cabeça de forma afirmativa e voltou para o campo. Golduck já cobrava o tiro de meta, mandando para o meio do campo. Poliwhrl a dominou, sendo marcado pelo Meditite. Do lado, na água, bolas começaram a aparecer.

-Fique de olho Meditite – instruiu Bernardo

O pokemon chutou a bola para a direção das bolhas. Floatzel sai da água, mas dessa vez, acompanhado de Froakie, que foi mais rápido e dominou a bola.

-Isso mesmo Froakie, manda ver.

O sapo passou a bola para o companheiro psíquico. Eevee e Treecko dispararam, um em cada canto. O lagarto foi o que recebeu a bola, usando suas balas de semente em direção ao gol, forçando Golduck a espalmar para cima.

-Vamos lá pessoal, não desanime, vamos empatar ainda no primeiro tempo.

Contudo, o tempo foi passando, e o gol não saia, embora oportunidades boas não deixavam de aparecer. Froakie, Treecko e Eeevee tiveram boas oportunidades, mas acabavam parados pelo Azumarill ou pelo Golduck. No entanto, Lucas teve que parar de usar o ataque surpresa com o Floatzel devido à marcação ferrenha do sapo adversário, então os “Polis” passaram a comandar o ataque, forçando Aipom a trabalhar mais. O macaco estava disposto a compensar o gol que havia levado e fez duas grande defesas, uma delas com o rabo.

Na arquibancada, Vanessa olhava o relógio com apreensão. 17 minutos de jogo e o empate não havia saído. Ela aprendeu com o pai que, se o empate sai ainda no primeiro tempo, a motivação aumenta. Algo lhe chamou a atenção. O Pikachu estava se aquecendo, correndo de um lado para o outro ao lado do seu treinador. E a garota sabia da ideia de fazer a troca durante o intervalo, mas será que o amigo ia seguir tão rigorosamente sua tática?

Mais uma tentativa feita pelo Polioted, pela direita, forçou Aipom a saltar para pegar a bola e evitar o segundo gol. Bernardo respirou, aliviado. O macaco passou para o Meditite, que passou para o Eevee. A raposa viu movimentação na água à sua direita. Na sua esquerda, estava o Treecko, marcado pelo Azumarill

-Ataque Rápido – Ordenou Bernardo.

Eevee correu, Teecko fez o mesmo, e as movimentações na água aumentaram. Chegaram perto o gol. Azumarill fechou a visão do lagarto. Floatzel pulou, e Froakie logo atrás.

-Finalize com as Bolhas

O sapo encheu sua boca de bolhas e mandou a bola no cantinho, passando pro baixo da lontra e entrando no gol, sem chance para o Golduck, que se atrapalhou com o companheiro.

GOOOOOOOOOOOOOOLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL. DE FROAKIE, APROVEITANDO-SE DE UMA CONFUSÃO ENTRE OS ADVERSÁRIOS, EMPATANDO A PARTIDA PARA O DESAFIANTE.

Vanessa comemorou. As tietes de Lucas ficaram quietas enquanto Froakie ia ao encontro ao seu treinador. O líder olhou para o seu rival, pensando: que belo gol.

Poliwhrl recomeçou o jogo recuando a bola para os seus companheiros, apenas tocando a bola, sem atacar de forma efetiva. Pareciam querer o fim do primeiro tempo logo, e Bernardo até agradeceu, pois percebeu que seus pokemons estavam cansados.

Lívia apitou o fim do primeiro tempo. Os jogadores saíram do campo em direção aos seus treinadores. Eevee, particularmente, estava bastante cansado.

-Foi complicado para você, né Eevee? Mas fez um bom trabalho, aquela jogada do gol foi incrível, merece descansar.

O pokemon sorriu, aliviado.

-Pikachu, agora é a sua vez. Preparado

Faíscas saíram das bochechas.

Enquanto Bernardo dava instruções para o segundo tempo. Vanessa o olhava, com um sorriso

-Você é a namorada dele?

A pergunta foi feita por uma das fãs do Lucas. A menina ficou vermelha.

-Namorada? Não, sou uma amiga, nem viajamos juntos.

-Ah, que pena, senão pediríamos dicas,

-Dicas?

-De como conquistar o Lucas

 Corações surgiram nos olhos das meninas. Vanessa ficou uma gota na cabeça. Nesse momento, Bernardo e Lucas voltavam ao campo com seus times, que se posicionavam. Treecko e Froakie iam dar a saída para o segundo tempo. Lívia colocou a bola no centro do campo e em seguida apitou.

O primeiro minuto foi de estudo. O time de Bernardo manteve a posse da bola e trocando passes. Lucas mandou que seus pokemons adiantassem a marcação, resultando em todos os jogadores, exceto o Golduck, na mesma metade do campo. Meditite estava com a bola, com marcação do Poliwhrl.

-É agora. Meditite. Froakie, comecem aquela jogada – disse Bernardo.

O sapo se aproximou do companheiro psíquico, que lhe passou a bola. O Floatzel saltou, tentando cortar a jogada, mas Froakie soltou suas Bolhas.

-Agora Pikachu

O rato elétrico correu com toda a velocidade em direção ao gol, onde Treecko o estava esperando.

-Choque do Trovão

Com os raios, Pikachu passou a bola para o Treecko. Golduck correu para bloquea-lo. Contudo, o lagarto devolveu a bola, e com outro raio, o rato elétrico mandou para o gol vazio

-GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL. DE PIKACHU, NUMA JOGADA GENIAL. O DESAFIANTE BERNARDO VIRA O PLACAR

Bernardo pulava ,comemorando enquanto o Pikachu abraçou o Treecko, para depois receber felicidades de FroakIe e Meditite. Seu treinador pensou. Apenas um minuto de carreira e um gol, esse Pikachu é bom mesmo.

Na arquibancada, Vanessa teve um susto. Sua Pikachu de repente saiu da poke-bola e comorava o gol

-Pikachu, como você saiu?

Ela olhou para o campo, onde viU o Pikachu do amigo, e algo lhe veio a cabeça. Sua Pikachu é fêmea, e o de Bernardo é macho, então será que rolou algo entre os dois? Foi nesses pensamentos e dúvidas que ela nem percebeu que Lívia recomeçou o jogo.

-Vamos lá pessoal, força, ainda temos o tempo todo pela frente, o jogo não está ganho.

Poliwhrl recomeçou o jogo recuando a bola para Azumarill. Que recuou mais ainda, para o Golduck. O pato deu um chutão para a frente, e Floatzel a dominou, passando facilmente pela marcação do Pikachu e passando a bola para o Poliwhrl, que chutou completamente torto.

-Calma Poliwhrl, não vai adiantar nada ficar nervoso.

Então o time adversário estava nervoso, pensou Bernardo. Era a chance de aumentar a vantagem.

Contudo, isso não aconteceu. O time de Bernardo tentou marcar duas vezes, mas em ambas a bola foi para fora. Na primeira, Meditite deu um chute de longo alcance e Froakie a dominou, mas seu Pulso da Água não acertou a bola de forma correta. Na segunda tentativa. Pikachu mandou para Treecko finalizar, mas o lagarto colocou força demais e mandou longe.

Agora o placar marcava seis minutos de jogo e o rato elétrico fazia mais uma tentativa de ataque, correndo a toda velocidade, com Froakie e Treecko esperando para finalizar

-Cauda de Ferro - Ordenou Bernardo.

-Azumarill, Jato da Água - gritou Lucas

Para a surpresa de Bernardo, o pokemon adversário cortou o Froakie e mandou a bola para o Golduck, que chutou alto e para crente. Pikachu correu, acompanhando a bola, mas o Floatzel saltou e cabeceou para o Poliwhrl

-Finalize com Raio de Gelo

O pokemon congelou a bola e depois a chutou com toda a força, não dando chances para Aipom.

GOOOOOOOOOOOOOOOOOOLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL. DO POLIWHRL. NUM CONTRA ATAQUE ESPANTOSO, O LÍDER EMPATA A PARTIDA EM 2 A 2

Os pokemons de Lucas comemoraram. Aipom lamentou, Bernardo fez o mesmo. Na arquibancada, as tietes comemoraram enquanto Vanessa baixou a cabeça. Sua Pikachu fez o mesmo.

-Vamos lá pessoal, não desanime senão a gente leva a virada. Força – incentivou Bernardo.

O time de Bernardo recomeçou o jogo, que ficou bastante equilibrado. O Pikachu, devido a sua velocidade, tanto atacava como defendia, e o Floatzel não conseguia acompanhar, então o líder decidiu colocar a lontra gigante para marcar o Froakie, enquanto o Azumarill marcava o Treecko, e a estratégia deu certo. Toda vez que havia um ataque, a defesa de Lucas cortava. Entretanto, Bernardo também tinha uma boa defesa, com o Meditite e também o goleiro Aipom, que impediu três chutes (dois do Poliwhrl e um do Polioted) usando as Estrelas Cadentes.

Na arquibancada, Vanessa estava sentada olhando fixamente o jogo. Sua Pikachu também. As meninas fãs de Lucas também.  A tensão estava aumentando conforme o tempo passava. Curiosa, ela ligou sue Poke-Agenda e pesquisou sobre o que aconteceria se um jogo de ginásio terminasse empatado e descobriu que existia uma prorrogação e pênaltis, e se perguntou que Bernardo tinha treinado pênaltis.

E ele não tinha treinado. O garoto só percebeu a falha em seu treino quando o relógio atingiu 11 minutos de partida. Não tinha problemas quanto a prorrogação, já que tinha treinado resistência, mas não tinha treinado pênaltis, e prometeu a si mesmo que resolveria isso para os próximos jogos, mas para isso precisava ganhar a insígnia. E algo lhe veio a cabeça. Lembrou-se de seu pai, que uma vez lhe disse.

-Filho, um atacante completo é aquele que sai da área e ajuda o meio campo a receber a bola. Atacante que não sai da área não é completo.

No momento, o Polioted chutou ,mas foi barrado pelo Meditite e a bola chegou aos pés do Aipom. Bernardo aproveitou a breve pausa foi e falou:

-Froakie, recue um pouco e permita que o Pikachu possa lhe passar a bola antes da área.

O sapo mostrou-lhe o polegar e foi para o meio do campo enquanto o Aipom jogou a bola para o Meditite. Poliwhrl foi marca-lo, de forma forte, mas o psíquico mandou a bola para o Pikachu, que disparou controlando a bola. Froakie se adiantou pelo lado esquerdo e o rato passou. Floatzel acabou sendo mais rápido e cortou a bola, mandando-a para longe. Meditite recuperou e passou novamente para o colega elétrico, enquanto Froakie dessa vez foi para o lado esquerdo, e conseguindo receber a bola. Treecko disparou, Azumarill foi atrás.

-Bola de Energia

O sapo passou a bola para o lagarto, que usou seu movimento para atingir a bola, que dessa vez entrou no gol, sem chances para o Golduck

-GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL. DO TREECKO. O DESAFIANTE NOVAMENTE EM VANTAGEM GRAÇAS A UMA GRANDE JOGADA.

Vanessa gritou. Gritou como nunca tinha feito. Bernardo pulou e levantou a mão, comemorando. O lagarto foi em direção ao seu treinador, que o abraçou. Em seguida, os outros pokemons o abraçaram.

-Vamos lá pessoal. Temos oito minutos para o fim. Vamos segurar.

-Não desanimem, ainda podemos empatar – incentivou Lucas

Poliwhrl recomeçou o jogo, recuando a bola para o Floatzel, que por sua vez passou para o Azumarill. Treecko passou a marca-lo.

-Floatzel, Aqua Míssil

Azumarill passou a bola ao mesmo tempo em que a lontra disparou, conduzindo a bola de uma maneira que Bernardo não entendia. Polioted recebeu a bola e a chutou com toda a força, forçando Aipom a se jogar para defender.

Bernardo entendeu a situação. Ao contrário da primeira vez em que ficou a frente do placar, agora os pokemons de Lucas não estavam tão nervosos e ficariam mais perigosos. Então, ordenou que o Treecko marcasse mais o Azumarill, dificultando a saída de bola. Froakie passou a marcar Floatzel. Pikachu, por sua vez conseguia recuperar a bola e passa-la para o Meditite, impedindo um possível ataque do adversário. Contudo, a estratégia não impedia os ataques, especialmente do Floatzel, que tentava chutes de longo alcance. Mas o time de Bernardo conseguiu segurar a situação até o apito final.

-GANHAMOS! Gritou Bernardo, correndo para o centro do campo; os pokemons forma abraçar o seu treinador. Na arquibancada, as tietes de Lucas lamentavam; Vanessa e sua Pikachu comemoravam o resultado da partida. Já Lucas, enquanto foi consolar seus pokemons, observava a comemoração de seu desafiante.

Ele vai longe” pensou.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...