História Pokemon Indigo League - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pokémon
Personagens Ash Ketchum, Bonnie, Brock, Clemont, James, Jessie, Meowth, Misty, Serena
Exibições 27
Palavras 2.765
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Alola pessoal! Espero que gostem do novo capítulo!

Boa leitura!

Capítulo 8 - Conspirações pós-festa!


- Ray, Ray. – o Pokemon cutucou a cabeça da treinadora.
- Luxray, eu estou cansada... – Angie tirou a pata de Luxray de cima do seu rosto e abriu os olhos – Foi um dia bem longo ontem não é? Você acha que o Ash ficou feliz?
- Luxray. – o Pokemon respondeu de forma animada.
  Angie se levantou e ajeitou seus longos cabelos. Algumas das outras garotas ainda dormiam mas a maioria já tinha se levantado e saído do quarto.
- A comida do Brock estava ótima, espero que não tenha acabado! – a garota disse tirando seu pijama e vestindo uma saia azul que ia até os joelhos e uma camiseta branca. Ela prendeu o cabelo com uma tiara e andou na direção da porta do quarto, ela parou lá e olhou para seu Pokemon que estava logo atrás – Eu já me decidi Luxray! O Ash vai adorar isso!

  Trip acordou sentindo algo semelhante a ressaca. Ele sabia que não era, ninguém tinha bebido na festa, mas sua cabeça doía e girava e ele teve muita dificuldade para se por de pé.
- A festa foi das boas não é? – Gary calçava seu sapato – Não demora muito para descer, o Brock e o Meyer colocaram uma mesa lá em baixo no laboratório para tomarmos o café da manhã.
  Gary se levantou e foi saindo do quarto na direção das escadas, então ele parou e olhou para trás.
- Quanto ao que nós todos conversamos durante a noite, eu acho melhor tomar sua decisão logo. Eu já tomei a minha. – Gary fez um movimento com a mão e saiu do quarto.
  Trip pegou a pokebola de Serperior e a olhou fixamente até que sua cabeça parasse de girar. Ele sentiu um ponto específico latejar e então o tocou.
- Foi isso que aconteceu então. – ele se lembrou o que causou aquilo – Aquele Torterra sem noção acertou uma pedra na minha cabeça!
  Ele continuou olhando para a pokebola.
- Tomar logo minha decisão... Eu vou fazer isso – ele apertou a pokebola com força – e não vou perder!

  A porta do laboratório se abriu e Ash, Clemont, Bonnie e Délia, mais seus Pokemon entraram.
- Bom dia! – o garoto acenou para todos os que já estavam na mesa se servindo do café da manhã.
  Em sua mão estava a luva presenteada por Serena.
- Você chegou! – Macey saiu de trás da porta e agarrou o pescoço dele.
- Tenta não matar ele Macey, precisamos dele vivo para a liga. – Misty falou rindo.
  Casey estava sentada do lado de Jackson na ponta da mesa o mais longe possível de Ash.
- Já sabe o que vai fazer? – ela perguntou.
- Eu já estou aqui... porque não tentar? – o garoto respondeu.
  Ash se sentou à mesa junto de todos os outros. Ela era grande, mas só podia acomodar metade dos amigos de Ash.
- Onde está o Brock e o Meyer? – Ash perguntou.
- Estamos aqui! – a cabeça de Brock apareceu na porta do laboratório – Se alguém puder nos ajudar seria bom!
  Conway se levantou e abriu as duas portas para que os dois pudessem entrar com uma segunda mesa. Alan, Cameron e Ash se levantaram para ajudar a colocá-la no lugar e as pessoas que a estavam esperando ajeitaram as cadeiras e se sentaram.
- Então Harrison, já decidiu? – May perguntou para o garoto que havia sentado ao lado dela na segunda mesa.
- Ainda não.
- Angie, que roupa é essa? – Ash gritou e então gritou de novo quando sua cadeira caiu para trás – Eu acho que nós passamos dos limites ontem... – ele murmuro sem se levantar do chão.
- Ninguém passou dos limites. Eu mudei, as pessoas mudam! – Angie, rindo, se curvou por cima de Ash e estendeu a mão para ele – Levanta e vem comer.
  Eles foram tomando o café, alguns conversavam animadamente com Ash e Bonnie, mas outros estavam pensando se iam realmente concordar com a ideia do Sawyer. A maioria deles queria.

  Bulbassaur deitou na grama do campo onde ficavam os Pokemon de Ash. A luz batia em seu bulbo e ele brilhava de forma curiosa. Bonnie achou aquilo divertido.
- Todo Bulbassaur faz isso? – ela perguntou para o amigo.
- Saur? – o Pokemon levantou a cabeça em modo de alerta.
- Todo Bulbassaur pode fazer isso? – a garota riu e perguntou de novo.
- Bulba, Bulbassaur! – ele balançou a cabeça negativamente.
  O professor Sycamore se aproximou da garota com um embrulho na mão.
- Bonnie, isso é um presente meu para você. Para te ajudar na jornada. Eu ia entregar ontem, mas a bagunça estava muito grande, eu tive medo que quebrasse.
- Obrigada professor! – a garota agradeceu se levantando do chão e pegou o embrulho.
  O conteúdo era duro. Ela desembrulhou o presente e viu na sua frente uma PokeDéx igual a que o professor tinha dado para Ash e Serena depois que ele enfrentou o sétimo ginásio.
- Esta é ainda mais atualizada que aquelas. Esta tem a NationalDéx junto, você pode ter informação muito avançada sobre qualquer Pokemon, de qualquer região usando ela!
  A garota abraçou o professor, repetindo mil vezes a palavra “obrigado”.
- Parece que agora sua aventura é oficial né? – Dawn chegou perto da garotinha e do professor – Posso pegar a Bonnie emprestada um pouquinho professor?
- Claro, eu já estava voltando para o laboratório. – o professor acenou com a cabeça para a garota e se virou para ir embora.
- Vocês vão mesmo fazer isso? – Bonnie perguntou – Essa ideia da May é um pouco estranha, mas eu vou tentar ajudar se vocês forem mesmo seguir isso.
- Era o que eu queria ouvir! O Sawyer deu uma ideia para os garotos, e algumas garotas também, se pelo menos metade deles concordarem nós vamos ganhar muito tempo a mais para conseguir fazer a Serena se dar por satisfeita dos Contests.
- Eu acho que vai ser mais fácil vocês perderem para ela do que ficar fazendo isso tudo.
- Mas não seria justo! Nós queremos que ela atinja o nível que ela acha que precisa para poder ficar com o Ash.
- Certo, vamos achar as outras então! – Bonnie falou, Dawn concordou e saiu correndo.
  Bonnie ia fazer o mesmo mas então ela parou e analisou o Bulbassaur com a PokeDéx. Além de toda a informação básica, ela pode ver também algo chamado “HA:CHLOROPHYLL” ela ignorou aquilo, iria perguntar para o Ash depois.

  Mais um dia se passou. Aqueles que ainda não tinham tomado suas decisões não tinham mais muito tempo. Harrison teve de voltar para casa, assim como Jackson e alguns outros, mas muitos iam ficar ali. Casey e Macey estavam conversando com Sawyer quando Ash se aproximou.
- Ei, Gary está chamando todo mundo lá para dentro. – ele falou – Parece que é importantes!
- Certo! – foi Angie que respondeu, ela estava se aproximando dos quatro, mas mudou sua rota ao ouvir Ash falando – Vamos logo!
“O que aconteceu com essa garota? ” – Ash pensou rindo e então foi entrando no laboratório com os outros atrás.

- Eu quero que todos que decidiram que sim, fiquem ao meu lado. – Gary falou quando todos ficaram quietos.
  Macey, Casey, Paul, Angie, Barry, Trip, Cameron, Sawyer e Alan se colocaram ao lado de Gary.
- Estas pessoas Ash, inclusive eu, serão os seus rivais na Liga Indigo! – Gary anunciou – Então eu acho bom que você não perca para ninguém antes de enfrentar ao menos um de nós!
  Ash se emocionou de novo. Eles não só tinham ido parar em Kanto para lhe desejar um feliz aniversário, mas também para lhe dar um dos melhores presentes que ele já tinha recebido.
- E aí Ash, o que achou? – Macey perguntou, todos estavam ansiosos para descobrir qual seria a reação do garoto.
- O que eu achei... – Ash fingiu pensar durante um tempo – O que eu acho é que essa vai ser a melhor liga de todas!
  Todos os dez respiraram aliviados, eles tinham certeza de que seria.

  Alan, dentro do laboratório que agora havia voltado a sua bagunça natural, estava monstrando para todos como funcionava a mega-evolução.
- Acreditem, se quiserem vencer do Ash vão precisar de pelo menos um Pokemon que mega-evolua!
- Eu já vi o Charizard do Ash lutando usando a mega-evolução e o Sceptile o Sawyer também. – Angie falou – Eu achei incrível, mas ao mesmo tempo um pouco assustador.
  Todos olharam para ela intrigados.
- Assustador? – Alan perguntou.
- É. Vocês não acham assustador o fato de um Pokemon comum ficar tão forte quanto um lendário?
  Cameron pensou naquilo.
- Quanto um lendário... Se for assim, eu quero que Lucario faça isso! – ele falou – O Ash vai usar todos os Pokemon dele nessa liga e eu tenho certeza que ele evoluiu muito desde nossa batalha em Unova. Eu quero poder vencê-lo da mesma maneira que foi lá!
- E como foi? – Gary perguntou.
- Meu Riolu evoluiu para Lucario durante a batalha. Os ataques dele se tornaram muito fortes e só assim eu pude derrotar o Ash.
- Blastoise pode mega evoluir não é? – Gary perguntou.
- Sim, Venossaur também. – Alan respondeu.
  Todos estavam muito animados com aquilo e passaram duas horas inteiras planejando o que fazer na liga. Eles não se importavam de não ganhá-la, eles só queriam fazer com que ela fosse o maior desafio do Ash. E eles conseguiriam!

  May estava com Misty, Dawn, Iris e Bonnie no quarto do laboratório onde elas haviam dormido. As cinco planejavam como trariam Serena para Kanto, uma vez que ela estava tão focada nos Contests.
- Eu acho que seria mais fácil levar o Ash para lá. – Bonnie falou.
- É isso! – May estalou os dedos – Bonnie, é isso!
  As garotas olharam para ela intrigadas.
- Vai ter um baile em Hoenn dentro de três meses. Até lá a Serena já vai ter avançado muito e então nós levamos o Ash para lá para ser o par dela! – May explicou.
- Isso seria perfeito! – Bonnie disse – Em Kalos, o Ash ficou devendo uma dança para a Serena, se conseguirmos fazer ele dançar com ela seria perfeito!
- Não sei não, o Ash dança muito mal... – Dawn falou.
  Bonnie riu.
- As pessoas mudam! – ela falou igual a Angie – O Ash aprendeu a dançar com a própria rainha de Kalos, Aria!
- Sério? – Dawn ficou surpresa – Quando?
- Durante o baile. As pessoas teriam de trocar de par e em uma das vezes foi com a Aria que o Ash ficou. Ela percebeu que ele estava tendo dificuldade e então o ajudou.
- Mas, se ele ficou devendo uma dança para a Serena, com quem ele foi? – Iris perguntou.
- Com a Miette. – Bonnie baixou a cabeça – Eu acho que isso foi um pouco minha culpa. Os Pokemon tinham que ir também e Serena quis levar a Eevee, só que ela era muito tímida e só se dava bem com o Bunnelby do Clemont, ela perguntou para ele se tinha algum problema dos dois irem com ela, ele disse que não e aí...
- Você perguntou se ela iria com seu irmão? – Dawn presumiu.
- É... – Bonnie disse.
  Todas riram.
- Eu vou voltar para Sinnoh amanhã. Na semana que vem não, mas na próxima eu vou para Hoenn. – Dawn falou.
- Certo. – May respondeu – Iris?
- Vou voltar para Unova no próximo barco, depois de ter visto o Ash lutando eu percebi que estou bem mais fraca que ele. Quero voltar a ter um motivo para irritar ele.
  As garotas riram.
- Misty? – May olhou para a outra.
- Eu vou acompanhar o Ash para garantir que ele não conheça nenhuma outra garota, como combinamos. Bonnie, você é seu irmão vão voltar para Kalos?
- Meu pai vai voltar, eu e o Clemont vamos com o Ash também. Eu prometi para ele que ia me tornar uma treinadora tão forte que poderia derrotar ele e o Pikachu!
- É um sonho bem ousado, espero que consiga alcançá-lo! – Dawn falou segurando o ombro da garota – E você May? Vai direto para Hoenn?
- Não, eu vou acompanhar o Ash também até Pewter, eu tenho medo que aquele Absol continue na floresta de Viridian.
- O Pokemon que pousou no telhado do laboratório? – Iris perguntou.
- Esse mesmo. Sempre que um Absol aparece, algo muito ruim acontece depois, por causa disso ele é conhecido com o Pokemon Premonição. Se apareceu um na floresta de Viridian, pode ser que algo vá acontecer lá perto, se eu conseguir acha-lo e captura-lo talvez eu descubra o que vai acontecer.
  Todas ficaram quietas. Elas falavam de algo animado e então o assunto mudou para uma possível catástrofe de modo muito rápido.
- Certo! – May deu um tapa na própria perna e se levantou – Vamos parar com esse assunto e ir ajudar a Iris a arrumar as coisas dela.

  No mesmo dia, Iris deu um abraço em cada um e embarcou no navio que a levaria para Unova.
- Até mais! – ela gritou acenando para eles.
  No dia seguinte foi a vez de Dawn se despedir.
- Boa sorte Ash! – ela deu um beijo na bochecha do garoto – Espero que ganhe a liga dessa vez!
- Eu irei! – ele a segurou em um abraço durante alguns segundos e então a soltou.
- Misty, May, Bonnie, nos veremos em breve né?
- Vamos sim! – May respondeu.
  Ash ficou se perguntando do que elas estavam falando.
  Dawn se virou e entrou no avião que logo partiria para Sinnoh.

  Mais um dia se passou. Ash acordou e se espreguiçou.
- Bom dia Pikachu!
- Pika pi!
  Ele trocou de roupa, colocando a calça e a camisa preta, a camisa de zíper vermelha e o boné que ele ganhou de Misty. Colocou também os sapatos e as luvas que usava em Kalos, a da mão direita era a que lhe foi entregue por Serena. Ele abriu o armário e pegou sua mochila.
- É hoje que vamos recomeçar nossa jornada Pikachu! – ele falou colocando a mochila nas costas.
- Pikaaaa – o Pokemon gritou animado.

  Ele se despediu da mãe e correu para o laboratório, onde Bonnie e Clemont haviam dormido no outro dia.
- Professor, pessoal, eu cheguei! – Ash entrou no laboratório correndo com Pikachu em seu ombro.
- Ash! – o professor estava colocando seu jaleco – Elas estão todas aqui, é só escolher.
- Muito obrigado! – ele se aproximou da mesa atrás do professor onde se encontravam todas as suas pokebolas.
- Já decidiu quem vai com você? – Clemont perguntou.
  Não só ele, mas todos os que iriam ficar em Kanto estavam observando o garoto, só esperando ele fazer sua escolha.
- Sim! Não quero ser pego de surpresa dessa vez! – ele respondeu.
  Ele esticou a mão para a mesa e pegou três pokebolas de uma vez, elas eram a de Charizard, Sceptile e Infernape.
- São os meus mais fortes! Falta um, mas ele logo vai entrar no time. – ele disse se referindo a Greninja.
  Então pegou outra, a de Quilava, Ash observou a mesa e então pegou outra.
- Talonflame vem também! Gible, Torterra, Bayleef, Oshawott e Noivern.
- Mas Ash, no total são doze Pokemon. – Misty falou.
- Eu sei, vou levar todos eles! Todos serão treinados e iram fazer algo por mim na liga, como eu disse, não quero ser pego de surpresa!
- É um ótimo time e poderá ser muito poderoso se todos estiverem em sua forma final. – Alan falou – Quero enfrentá-lo na liga, não me decepcione!
- Não vou, não vou decepcionar nenhum de vocês! Aliás, eu irei derrotar todos!
- Eu espero que sim! – Cameron esticou a mão para ele.
  Todos se cumprimentaram e foram deixando o laboratório até que só sobrasse Ash, Misty, Clemont, Bonnie, May e Brock.
- Eu vou ir direto para Pewter. Quero estar pronto para você! – Brock disse acenando para Ash e indo em direção a porta.
- Certo! Vamos galera, vamos ganhar essa liga!
  Ele e seus outros quatro amigos saíram correndo do laboratório em direção a Rota 1, o lugar onde sua aventura começou a longos quatro anos, quando ele só tinha um Pikachu chato que não gostava de ficar na pokebola e muito menos de obedecer ele. Agora em sua mão direita ele carregava uma Key Stone e em seu cinto doze pokebolas, das quais duas estavam vazias, uma era de Pikachu e a outra de Greninja.
“Vamos nos encontrar logo, eu sei que vamos!” – Ash só conseguia pensar naquilo. Só conseguia pensar que em breve estaria junto de seu Pokemon, ele não sabia como, só sabia que aconteceria!

  E a jornada continua...

 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado do capítulo e eu tenho que deixar avisado uma coisa para vocês.
Não vai ter capítulo novo no sábado porque eu vou ficar o dia todo fora de casa e como meu celular é uma "maravilha" vou ficar sem internet também. Se eu terminar até lá, o capítulo sairá sexta à noite (bem de noite mesmo) ou então no domingo no horário que eu costumo postar os capítulos novos. Mas é só dessa vez, semana que vem vai ser normal!

Até mais!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...