História Pokémon Mystery Dungeon: Team Pokéheroes - Capítulo 35


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pokémon
Tags Mystery Dungeon
Exibições 11
Palavras 809
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ia postar o cap. ontem, mas eu tive que ir dormir ;-;(só não é assim na escola :v)
Boa leitura

Capítulo 35 - Cidade tensa e armadilha


Paulo, Luke e Yui já estavam na cidade, ela aparentava ser quase do mesmo tamanho que a cidade anterior, os três estavam procurando por um lugar para ficar, Paulo foi falar com um dos pokémons dali

Paulo: Oi, com licença

Mas o pokémon ignora ele e vai embora

Paulo: Hm? Foi algo que eu disse?

Luke: Não que eu saiba

Yui(vai falar com outro pokémon): Com licença

O pokémon também ignora ela e vai embora

Luke: Eu hein, os pokémons daqui são muito frios

Yui: Isso é estranho, ouvi falar que esse lugar era habitado por pokémons bem amigáveis

Paulo: E agora?

Yui: Sei lá... Acampamos em algum lugar talvez?

Paulo(suspira): É, já que ninguém vai nos ajudar, acho que não temos escolha

Luke: Mas isso é estranho, uma cidade que tinha pokémons amigáveis se tornarem frios desse jeito

Paulo: Tem razão... Melhor pensarmos melhor amanhã

Os três vão para um local um pouco afastado da cidade e montam uma barraca, ela não era grande, mas tinha espaço suficiente para os três

Paulo: Luke, pode me ajudar a encontrar algumas berrys?

Luke: Claro

Yui: Deixa que eu arrumo o resto

Paulo e Luke: Ok

Os dois vão para a floresta e começam a colher algumas berrys

Paulo(colhe uma Oran berry): Ei Luke

Luke(pega uma Sitrus berry): Sim?

Paulo: Como você tá?

Luke: A situação é muito difícil, mas, eu acredito que vai dar tudo certo

Paulo: Isso é ótimo de se ouvir

Luke: É, mas e você?

Paulo: Eu? Eu não sei o que eu sinto, só sei que tem um grande vazio dentro de mim

Luke: ... Paulo, eu entendo o que você sente, mas... Não deixe isso te abalar tanto, sei que a situação é complicada, mas, nunca deixe de sorrir, enfrente tudo na vida com um sorriso, mesmo que tudo estiver perdido, sorria, não devemos levar tudo na brincadeira, mas, não significa que precisamos ficar sério o tempo todo

Paulo: ... Você tem razão, sábias palavras

Luke: Eu sei, foram as únicas palavras que eu lembro da minha mãe

Paulo: ... Sua mãe e seu pai com certeza estão com orgulho de você

Luke: Espero que sim

Os dois terminam de colher as berrys e voltam para a barraca, quando chegam vêem que Yui estava nocauteada e com alguns ferimentos

Paulo(larga as berrys e vai até ela): YUI!!! Acorda, ei

Yui(abre os olhos fracamente): P-Paulo

Paulo: Ei, tá tudo bem, você vai ficar melhor

Luke(dá uma Sitrus berry para ela): Pegue, isso vai te ajudar

Yui come a Sitrus berry e se recupera, mas continua fraca

Paulo: O que aconteceu?

Yui: Um Pokémon veio aqui e me atacou, ele perguntou por vocês e foi embora

Paulo: Um pokémon? Você conseguiu reconhecer ele?

Yui(balança a cabeça negativamente): Infelizmente não, estava escuro demais para eu poder ver ele, só sei que, a julgar pelo ataque dele, era um pokémon do tipo lutador

Luke: Lutador... Será que...

Paulo: É, acho que deve ter sido ele

Yui: Chris?

Paulo: Acho que sim

Yui: Mas Chris não é um Riolu?

Luke: Sim, por quê?

Yui: Duvido muito que tenha sido ele, era um pokémon alto

Paulo: Então estamos de volta a estaca zero

Luke: É melhor nós descansarmos um pouco, pensamos nisso amanhã

Paulo: Tem razão

Os três comem as berrys e vão dormir

No dia seguinte

Paulo(acorda): Hmm, já amanheceu?

Ele olha ao redor e vê que Luke e Yui tinham sumido

Paulo: Luke? Yui?

Ele vê uma carta no chão e pega ela
Carta: Saudações humano, se você estiver lendo isso significa que nós capturamos seus amigos, Hahaha, ei deixa eu te falar uma coisa... Ignore essa parte, nos encontre daqui a meia hora no centro da cidade
Venha logo, a não ser que queira ver o enterro dos seus amigos

Paulo rasga a carta e em um segundo chega ao centro da cidade com sua velocidade

Paulo(olha ao redor): Isso é um... estádio?

???: Ora, ora, temos um xeroque homes aqui

Paulo olha pra cima e vê que tinha um Houndoom e um Wobbuffet nas arquibancadas

Paulo: VOCÊ!!!

Houndoom: Ei, fique quieto ou seus amigos vão pagar

Wobbuffet: É, fique quieto

Houndoom: Não se intrometa Tommy

Tommy: Tudo bem, tudo bem

Houndoom: Olhe para cima

Paulo olha pra cima e vê que Luke e Yui estavam amarrados em uma corda e desmaiados

Paulo: S-seu...

Houndoom: Ah, Ah, Ah, nem uma palavra, primeiro vai ter que ser o treinamento para o nosso mais novo membro

Paulo: Do que está falando?

Houndoom: Tsc, tsc, tsc, olhe para o topo daquela torre

Paulo olha e fica chocado com o que vê, tinha um pokémon lá, ele estava sentado com as pernas cruzadas e de olhos fechados, parecia estar meditando, ele abre os olhos e encara Paulo, seus olhos eram frios e ele parecia não se importar com nada

Paulo: C-Chris

Continua...


Notas Finais


Quanta treta
Se preparem para a batalha contra Chris
Até o próximo cap.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...