História Pokémon World - Capítulo 4


Escrita por: ~ e ~Yuunosuke93

Postado
Categorias F(x), Girls' Generation, Pokémon
Personagens Hyoyeon, Jessica, Krystal Jung, Seohyun, Taeyeon, Tiffany, Victoria Song, Yoona
Tags Hyoseo, Krytoria, Pokémon, Taeny, Yoonsic
Visualizações 34
Palavras 2.872
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Fantasia, Ficção, Luta, Romance e Novela, Violência, Yuri
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Yuunosuke93: Feliz Dia das Crianças, povo! o/
Boa leitura e see ya~

Anagassen: HELLOOOOOOOOOOO LIROU FRENDIXXXX! <3333
Feliz dia das crianças! Espero que gostem do especial! <3

Capítulo 4 - Era Uma Vez, Um Pudim. (ESPECIAL DIA DAS CRIANÇAS)


Era Uma Vez, Um Pudim.


 

No Centro Pokémon de Santalune City...
 

– “Krystal, por que é que tu tá com a mão na bunda o tempo todo? O que é que você aprontou? ” — Jessica perguntou com seus olhos semicerrados, olhando em direção de sua irmã mais nova, desconfiada.
 

– "Ah... Caí de bunda no chão, sabe como é? Eu bem atrapalhada... " — A mais nova deu um sorriso amarelo para a irmã.
 

– “Caiu, é? ” — Jessica erguera a sobrancelha. — “Bem, isso não importa no momento! Não quebrou a bunda, então tudo bem. ” — A loira dera de ombros e retirou um embrulho da bolsa, colocando-o em cima da mesa e o empurrando na direção de Krystal. — “É dia das crianças! Então comprei algo para você. ” — Sorriu lindamente para a irmã, que tinha um olhar surpreso e um sorriso de criança.
 

– “Ai meu Deus, unnie! Eu mal posso acreditar! ” — Rapidamente fora abrindo o embrulho com muita animação. Eis que ao ver o conteúdo, deixou o sorriso morrer e fitou Jessica com um enorme biquinho emburrado. — “Isso é sério? ”
 

– “Claro que sim! ” — Jessica apontou para os dois pacotes de pó pra pudim e batera palminhas animada. — “Assim você faz e me convida pra comer! ”
 

– “Você me deu isso por estar com preguiça pra fazer? ”
 

– “Talvez... ”
 

– “Tudo bem, eu faço, mas você vai ter que me ajudar! ” — Exigiu a mais nova.
 

– “Isso não vai dar certo... ” — Jessica coçou sua nuca. — “Mas tudo bem! Vamos logo para casa então, fazer essa joça! ”
 

Assim, as irmãs seguiram a passos largos para a casa de ambas, e ao chegarem, mal cumprimentaram a mãe e já logo foram para a cozinha, pegando tudo que é tipo de forma e panela que você pode imaginar.
 

– “Jessie... Qual desses a gente usa? ” — Krystal mostrou uma forma de fazer bolo e então sorriu.
 

– “Não é esse, sua burra! Bem... Mas eu não sei qual é também... Será que forma pra bolo também serve pra pudim? ” — Ambas analisaram bem a situação. Era quase gritante o fato de que nunca tinham cozinhado um simples arroz na vida. — “Hum... A gente pode tentar a forma pra pizza, que tal? ” — Indagara naturalmente.
 

– “Mas forma pra pizza não é pra pizza? ”
 

– “Você tem alguma ideia melhor? ”
 

– “Peraí! ” – Naturalmente Krystal largou a forma e pegou o celular, mandando uma mensagem para Victoria. ‘Como se faz um pudim? ’.
 

– “Para quem você está mandando mensagem? ” — A loira questionou curiosa.
 

– “Ninguém! Joguei no Google! ” — Sorriu nervosa.
 

– “Tá, tanto faz. Vou mandar mensagem, calma aí. ” — Jessica retirou seu celular do bolso e digitou para sua melhor amiga. ‘TIFFANY HWANG, COMO É QUE SE FAZ A PORCARIA DE UM PUDIM EM PÓ? ’. Enviou e aguardou trinta segundos antes de mandar a próxima mensagem. ‘ME RESPONDE, DIABA, QUE EU TÔ VENDO O VISUALIZADO AÍ ’.
 

Nova notificação: ‘CARALHO, SE AQUIETA, QUE EU TÔ MUITO OCUPADA FAZENDO MINHAS UNHAS, MAIS TARDE EU TE RESPONDO, VIADA! ’.
 

‘OLHA O RESPEITO, HWANG, QUE A VIADA AQUI É VOCÊ. EU SOU COBRA! 2BJS. ’. Após poucos segundos depois de enviar, e Jessica viu o sinal de visualização. Aguardou poucos instantes, o que para ela, parecia ser uma eternidade. Não obtendo resposta, a loira enviou. ‘TÁ, QUEM PRECISA DE VOCÊ? POSSO MUITO BEM FAZER UM PUDIM SOZINHA. ’. E com isso, voltou seu celular para seu bolso.
 

– “Pela sua a cara, provavelmente a pessoa da mensagem cagou e andou pra você, né? ” — Krystal murmurou como quem nada quer. — “Parece que alguém foi abandonada em pleno dia das crianças… ”
 

– “NÃO FUI! ”
 

– “AHÁ! FOI SIM! ”
 

– “QUER VER QUE EU NÃO FUI? ”
 

– “QUERO! ”
 

E com isso, Jessica retirou o celular do bolso novamente e digitando afoita uma mensagem. Tinha que dar certo! ‘Oi, nenê! Tá ocupada hoje? :3 Estava eu aqui pensando com os meus botões... Não quer comer aquele pudim esperto comigo hoje? ’. Enviou esperançosa, mas suspirou em alívio ao ver a resposta vir em menos de dez segundos.
 

Nova notificação: ‘EU, VOCÊ E PUDIM? ’
 

‘Eu, você, pudim, um cobertor e um filminho da sessão da tarde... ’. Sorriu satisfeita. Era só se livrar de Krystal após o pudim pronto, e já tinha arrumado um pudim feito, um filminho e uns bons beijos…
 

Nova notificação: ‘JÁ SAÍ DE CASA, SÓ ESPERA EU COMPRAR A TUBAÍNA, GATA! ’.
 

– “Pra quem você mandou mensagem, unnie? ” — Franziu os cenhos.
 

– “Ah, logo mais você descobre. Se eu bem conheço ela, daqui a pouco ela- ” — A loira mal teve tempo de terminar sua frase e ouviu a campainha tocar. — “chega. ” — Completou sua frase, indo em direção à porta, com um sorriso estampado nos lábios. — “Chegou rápido. Pode entrar. Yoona, esta é minha irmã mais nova, Soojung. ” — Apresentou a irmã, fazendo gesto com uma de suas mãos. — “Soojung, esta é Yoona. ” — Sorriu. A esta altura, a mais nova suava frio, se tremendo toda, com medo de ser descoberta. A sorte dela, é que sua irmã felizmente a apresentou pelo nome coreano, e que agora ela usava óculos, já que não estava perto de Victoria e estava também sem a peruca ruiva. Mas gelou frio ao perceber Yoona a analisar mais atentamente e perguntar.
 

– “A gente se conhece de algum lugar? ” — Estreitou seus olhos, pensativa.
 

– “Não. ” — Krystal respondera com um sorriso estranho e tendo uma gota de suor a escorrer por sua testa. Estava definitivamente tensa com aquela situação. Se Jessica descobrisse que sua ‘doce’ irmã está metida com Equipe Rocket... Estava definitivamente ferrada!
 

– “Ah bom! ” — Yoona se virou para Jessica e somente se limitou a empurrar o refrigerante para Krystal. — “Siquinha, minha najinha, o amor da minha vida! Eu vim correndo que nem uma louca, tropecei umas três vezes no caminho, quase caí num buraco e ainda passei no mercadinho aqui do lado pra comprar o refri rapidão, pra não te fazer esperar! Pra não dar tempo de você desistir da ideia. ” — Completou a última parte com grande naturalidade.
 

– “Muito que bem, nenê! ” — Jessica sorriu satisfeita e então dera espaço para a mais nova. — “Entre, por favor! ” — Saiu puxando-a pela mão até a cozinha. — “Você sabe fazer pudim, né? Esqueci de perguntar, mas sei que és prestativa e que não me deixaria na mão! ”
 

– “É... Pudim? Cozinhar? ” — Yoona dera um sorriso nervoso e puxando um pouco a gola de sua blusa. — “Hum... Então… ”
 

– “Você não sabe fazer, né? ” — Krystal indagara como quem nada quer. — “Viu, Jessie? Eu sabia que você tinha sido deixada na mão em pleno dia das crianças… ”
 

– “MAIS PROFISSIONAL DO PUDIM DO QUE EU? ” — Yoona gritou rapidamente. Jamais deixaria sua Siquinha pensar que estava na pior. — “EU AQUI SOU FORMADA EM FAZER PUDIM! ”
 

– “Ah, é? ” — A Jung mais nova indagou irônica.
 

– “Saia da frente, Soojung! Deixe a Masterchef do pudim trabalhar! ” — Jessica erguera o queixo esnobemente.
 

As duas apenas observaram o tanto de vezes que a pobre Im tropeçou, derrubou travessas de inox, formas e talheres, mas talvez por algum milagre de Deus, Yoona teve a incrível sorte de pegar a forma certa para fazer o pudim. Um passo estava feito, agora faltava... a parte difícil. Acertar os ingredientes e o modo de preparo.
 

– “Unnie, você não acredita que ela saiba mesmo fazer um pudim, não é? ” — Sussurrou Krystal.
 

– “Mas é claro que não, Soojung, não seja boba. A única coisa que acredito em Im, é que ela é a mestra das cagadas. Vai que ela consegue fazer um milagre acontecer de novo e acaba dando certo? ” — Jessica também falava aos sussurros, e rindo baixinho. — “Olha lá, aquela forma se parece com um pudim. Vai dar certo, confie. ”
 

– “Mas se você sabia que ela não sabe fazer pudim... Por que a chamou? ” — Krystal parecia interessada naquela história, mesmo que estivesse digitando uma mensagem para Victoria. ‘A burra dos Pokémons tá na minha casa... E O PIOR! PARECE QUE É A CRUSH DA MINHA IRMÃ! S.O.S! ’.
 

– “Não é da sua conta, Soojung! ” — Jessica respondera friamente e então se aproximou da pobre Yoona. A mais alta das três já pensava em desistir e pedir socorro, mas ao sentir aqueles braços enlaçarem a sua cintura e a Jung encostar o rosto em suas costas, eis que Yoona voltou a tentar e colocou rapidamente o pó de pudim na panela com água.
 

– “Vai dar certo, vai dar certo, vai dar certo... ” — Sussurrava Yoona com muita confiança.
 

‘MEU DEUS! ELA É REALMENTE A CRUSH DA MINHA IRMÃ! A BURRA DAS SALSICHAS QUE ANDA COM A SEOHYUN É REALMENTE A CRUSH DA MINHA IRMÃ MAIS VELHA! ’. Krystal digitava tudo com os olhos arregalados e ficando desesperada, pois Victoria estava a demorar para visualizar a mensagem. O seu maior medo era ficar de vela...
 

– “O que tanto você está digitando aí no seu celular? ” — Perguntou curiosa a mais velha.
 

– “Nada não. ” — Rapidamente Krystal escondeu seu celular no bolso, ainda frustrada pelo fato de sua namorada estar demorando para lhe responder. Suspirou, e ficou a observar toda a ‘meleca’ que Yoona estava fazendo na cozinha. Suspirou novamente ao pensar que no final disso tudo, sobraria para ela e para a irmã limpar essa bagunça. Passados alguns minutos, a mais nova franziu o cenho, sentindo um cheiro estranho de onde supostamente era para ter um pudim quase pronto. — “Vocês estão sentindo esse cheiro...? Parece... cheiro de alguma coisa queimando... ” — Fez careta ao dizer a palavra ‘queimando’, relembrando de quando Seohyun havia queimado sua bunda. Ela ainda podia sentir a dor em seu traseiro até agora.
 

– “YOONA, VOCÊ DEIXOU O PUDIM QUEIMAR? ” — Jessica perguntou em meio a um grito.
 

– “É... É... TALVEZ! ” — A garota imediatamente desligou o fogão e coçou a nuca. — “É que... Eu não sei fazer esses pudins de caixinha! ”
 

– “Você não sabe fazer pudim algum, Yoona! ” — A loira dera um tapa na própria testa.
 

– “É... Realmente... Mas esses de caixinhas são muito piores! Porque eles fingem que são fáceis, quando na verdade são dificilmente difíceis! ” — Tentou se justificar e passar a colher pela panela, sentindo que tinha grudado tudo no fundo. — “Cancela o pudim, Siquinha... ” — E na mesma hora que a garota dissera, eis que Krystal sentira o celular em seu bolso vibrar. Retirou-o para ler a resposta de Victoria. ‘Sem a Seohyun??? É a oportunidade perfeita, Krystal! Eu estou a caminho! ’. A jovem arregalou os olhos de imediato. Aquela definitivamente era uma péssima ideia.
 

Não demorou muito tempo até a campainha tocar novamente. Jessica estranhou, já que não estava esperando por mais ninguém aparecer.
 

– “Soojung, você chamou alguém? ” — Franziu o cenho e observou sua irmã ir atender a porta.
 

– “É... pode se dizer que sim... ou talvez não, mas... é. ” — Krystal apenas queria entrar em um buraco e se enterrar lá, para não ter que encarar o que estava prestes a acontecer. Abriu a porta. — “Olá... Qian... ” — Propositalmente chamou a namorada pelo seu nome chinês, para não causar ainda mais desconfiança para Yoona. Sorriu amarelo para a namorada. Suspirou aliviada ao ver que esta também não usava seus disfarces e usava uma maquiagem que a deixava ainda mais linda (aos olhos de Krystal).
 

– “Então, estão fazendo pudim, é? Mas nossa, que cheiro de queimado é esse? ” — Cumprimentou a namorada e ao adentrar a casa, franziu o cenho, sentindo todo aquele cheiro desagradável de coisa queimada.
 

– “A gente se conhece de algum lugar? ” — Yoona franziu o cenho sem nada entender. Tinha certeza que já tinha visto Soojung e Qian em algum lugar...
 

– “Duvido. ” — Jessica rolou os olhos e então levou a boca para o ouvido da garota. — “Essa é a chinesa que a minha irmã namora... ”
 

– “Ohhhhhh! ” — Eis que os olhos de Yoona chegavam a brilhar e seu sorriso era resplandecente. — “Então esse é um encontro de casais, Siquinha? ”
 

– “Não era pra ser, mas agora virou, né? Vamos torcer pra nada dar errado e ela saber fazer um bendito pudim! ” — Jessica abraçou-a pela cintura e sentiu Yoona lhe abraçar de volta. — “Sua grandona bobona... ”
 

– “A sua grandona bobona! ” — Sorriu lindamente para a jovem, que em resposta lhe beijo a bochecha.
 

– “O pudim queimou, Qian! Você sabe fazer pudim, certo? ” — Krystal tinha um sorriso tão forçado em seus lábios, que os olhos chegavam a clamar por socorro e ajuda.
 

– “Claro que sim, Kry- ” — Victoria fora cortada pela mais nova.
 

– “Soojung. ” — A mais nova das quatro fitou-a mortalmente. — “Soojung! ” — Assentira para dar ênfase.
 

– “Enfim, claro que sei, Soojung. ” — Fora direto para a cozinha, dando de ombros para a fala da namorada. — “Minha nossa senhora! ” — Exclamou espantada. — “Como alguém consegue errar tanto assim em fazer um pudim em pó? ” — Analisou mais de perto o que deveria ser um pudim... — “Olhe isso aqui, isso ” — Apontou para um ingrediente diferente dentro do pudim. — “com toda certeza não era pra ter em um pudim. E que formato é esse? Ficou todo deformado, além de queimado! ” — Bufou indignada e começou a refazer o pudim. Em alguns minutos, o pudim que Yoona fizera não era nada se comparado ao que Victoria fizera, nem ao menos era possível chamar aquilo de pudim.
 

– “Qian, você é uma salvadora de vidas! ” — Exclamou Jessica, toda animada, que finalmente teria seu tão esperado pudim, para degustar no dia das crianças.
 

– “Que exagero, não sei nem como conseguiram errar um pudim em pó. ” — Victoria apenas deu de ombros.
 

– “Ah, vou pegar minha câmera, eu preciso tirar uma foto disso para ficar de recordação e a minha câmera de celular não está funcionando direito. Já volto. ” — Disse Jessica, já se dirigindo até seu quarto.
 

– “Hum... ” — Yoona rapidamente processou que, como Soojung era a namorada da tal Qian, fosse um bom momento para que ficassem juntas até Jessica voltar. A Im sabia bem como sua Siquinha podia ser... E por isso andou até o lado de fora e se encostou na parede. Tirou o fone de ouvido do bolso e o conectou com o celular. Havia recebido um áudio de Taeyeon no Whatsapp, então logo tratou de ouvi-lo. Sorriu largo ao ver que se tratavam de piadinhas sobre Pokémons.
 

– “É agora! ” — Victoria murmurou com um sorriso maldoso.
 

– “Então vamos sussurrando! Jessie não pode ouvir! ” — Krystal engolira em seco. — “Vic, por que você faz essas coisas comigo? A gente podia aproveitar e comer pudim juntas! Qual é o seu problema? ”
 

– “Nós podemos comer pudim juntas outra hora, ok? ” — Segurou no rosto da mais nova com as duas mãos. — “Mas a Im assim sozinha? Longe de Seohyun para lhe salvar? É uma oportunidade única! ” — Eis que Krystal somente bufou sem paciência e assentiu. Victoria retirou a pokébola do bolso e fizera Meowth aparecer. Os três foram para fora e as duas mulheres entraram em posição.
 

– “Preparem-se para a encrenca... ” — Krystal sussurrou de frente para a Yoona, que tinha os olhinhos fechados enquanto ria adoidada.
 

– “Encrenca em dobro... ”
 

– “Para proteger o mundo da devastação... ”
 

– “Para unir as pessoas de nossa nação... ”
 

– “Para denunciar os males da verdade e do amor... ”
 

– “Para estender o nosso poder às estrelas... ”
 

– “Krystal... ”
 

– “Victoria... ”
 

– “Meowth... É isso aí... ”
 

– “Equipe Rocket decolando na velocidade da luz... ”
 

– “Renda-se agora ou preparem-se para lutar... ”
 

Eis que Yoona ria tanto, ainda distraída, que chegava a dar pulinhos e quase cair. A piada realmente era muito boa! Ela nem mesmo percebeu um Rhyhorn correndo em sua direção, atropelando a Equipe Rocket, que acabara de terminar seu lema, fazendo com que elas decolassem, sem ao menos Yoona perceber.
 

– “EQUIPE ROCKET DECOLANDO NA VELOCIDADE DA LUZ! ” — Gritaram em uníssono, passando ainda despercebidos por Yoona, que não ouvira devido aos fones de ouvido. Esta foi só perceber o Pokémon que vinha em sua direção, quando este subiu em cima dela, fazendo-a cair no chão, recebendo as carícias deste. Levou um susto a primeiro momento, mas logo reconheceu a figura. Era o Rhyhorn da mãe de Taeyeon, no caso, da vizinha. Este veio correndo em direção à Yoona, assim que a ouviu rir. Eles haviam se tornado amigos, uma vez que Taeyeon decidiu levar Yoona e Seohyun para conhecerem sua família e para comemorar o dia das crianças, motivo esse para Yoona ter chego tão rápido à casa de Jessica. Esta levava muito jeito para amigar com os Pokémons, por isso facilmente o Rhyhorn da casa de Taeyeon se apegou a ela. Os dois brincaram um pouco, até que Jessica aparecera, finalmente com a câmera em mãos.
 

– “Ué, cadê Soojung e Qian? ” — Estranhou a loira, dando falta pelo casal de namoradas.
 

– “Não sei, ué, elas não estavam lá dentro? ” — Yoona franziu o cenho, ela podia jurar que as duas ainda estavam namorando dentro de casa. Entraram para procurar as duas, e ao ver que de fato não estavam em lugar algum, deram de ombros e foram para a sala assistir ao filme de sessão de tarde, enquanto se deliciavam do pudim que Victoria havia feito, até que pegaram no sono, uma abraçada à outra.


Notas Finais


Anagassen: QUASE QUE YOONINHA CONSEGUIU UM BEIJINHO! PASSOU PERTO!

Yuunosuke93: Não foi dessa vez, não é mesmo? qq
Ah, eu esqueci de dizer, mas o presente que eu prometi vai ficar pro próximo qq porque esse não seguiu história, então eu vou deixar pro próximo :' ) não me matem, foi ideia da Ana fazer especial qq eu tinha planejado pra esse ahuhueauhaehu
Enfim, espero que tenham gostado, bom feriado pra vocês e see ya~

ATÉ A PRÓXIMA, AMIGUINHOS! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...