História Poltronas Vermelhas - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Doyoung, Taeil
Tags Doil, Nct 127, Nct U, One-shot
Visualizações 21
Palavras 270
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Fluffy, Slash, Universo Alternativo
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Capítulo Único


Uma pipoca grande e duas latas de coca-cola, as atendentes sabiam exatamente qual seria o pedido.

Aqueles dois garotos frequentavam tanto o cinema que era impossível esquecê-los. Não importava o gênero do filme, lá estavam eles, quase todas as semanas e em praticamente todos os lançamentos, às vezes assistindo até mais de uma vez ao mesmo filme.

Elas já haviam decorado seus nomes e as manias de casa um. Doyoung sempre chegava atrasado e com um sorriso de desculpas no rosto, enquanto Taeil já havia comprado sua pipoca e colocado bastante manteiga exatamente como o mais novo gostava.

Mas Taeil sempre lhe sorria de volta, pois além de ser impossível ficar zangado com Doyoung, ele sempre comprava os ingressos antecipadamente, assim os dois nunca perderiam nenhum filme.

E eles nunca perderam, estavam sempre juntos, elas sabiam, desde que haviam se conhecido por amigos em comum ali mesmo e descobriram a paixão mútua por qualquer tipo de filme.

As atendentes apenas observavam de segundo plano e teorizavam quando deixariam de serem apenas amigos. Elas sabiam também que eles se gostavam, estava tão implícito, desde o modo como funcionavam juntos até o jeito como sorriam e sentavam mais perto que o normal um do outro nas poltronas vermelhas. E, apesar da escuridão da sala, elas viam seus olhares brilhando e seus sorrisos contidos enquanto comentavam sussurrando alguma cena do filme que passava, tão próximos que pareciam que iam se beijar, e elas torciam tanto para isso.

Mas, no final, eles apenas iam embora fazendo planos para voltarem na semana seguinte para o próximo lançamento, andando de mãos dadas na rua longe dos olhares curiosos das atendentes do cinema.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...