História Pontes Indestrutíveis - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bottom Taehyung Squad, Bottom!taehyung, Kookv, Menção De Jihope, Mpreg, Vkook, Vkook Mpreg
Visualizações 844
Palavras 1.209
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Primeiro de tudo, tenho explicações ótimas para não ter postado na sexta
°Semana passada foi uma semana extremamente corrida para mim, semana de provas e entrega de trabalhos na escola.
°Eu não tinha conseguido terminar de digitar o cap, só fui fazer isso no sábado
°Não consegui postar no sábado pq fui ver minha amiga dançar -Oq não fazemos pelos nossos melhores amigos? hshuauhua-
°Domingo também não tive tempo, pq meus pais me trouxeram outro gatinho *u* - estava perdido na rua e quase foi atropelado ;-; - e como é muito filhote não pode deixar de ficar cuidando dela

Agora quero agradecer, por cada favorito >< 133 favoritos e 14 coments *-------------* eu amo muito vocês e não posso deixar de falar da primeira temporada q essa semana completou 400 favoritos *------------* eu não tenho nem palavras para dizer o quanto sou grata a todos vocês, serio, muito obrigadaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa *u*

Então vamos ao cap de hoje ><

*Não revisado
*Leiam as notas finais

ENJOY IT

Capítulo 2 - Capítulo II - Segundo


Pontes Indestrutíveis

Capítulo II - Segundo

Taehyung estava bastante assustado após todos terem ido embora de sua casa, as palavras do Byun rodavam sua cabeça e não o deixava sossegado, como nunca havia pensando nisso? Jeon se casou novo e teve filhos novos e bom, Taehyung não era mais o garotinho de 16, aquele que orgulhava ter coxas firmes e a tez completamente dourada, ainda era bonito, muito na verdade, mas havia se descuidado um pouco nesses anos e largado de mal um pouco as vontades de seu marido. Era claro que vivia completamente cansado, o trabalho e as crianças não lhe davam um minuto de paz, o que resultava em preferir se virar e esperar que seu Jeongguk o abrace por trás.

Bufou irritado. Estava fazendo errado, não queria perder quem amava por algum garoto mais novo que si, Jeongguk poderia ser mais velho que si, mas dançar o fazia parecer que havia parado no tempo, Taehyung adorava admirar o quanto seu esposo é maravilhoso, em todos os sentidos. Mordeu o lábio antes de pensar em algo, pela falta de som pela casa, podia constatar que o moreno havia feito as crianças dormirem, em tempo recorde na verdade, sorriu já imaginando o que poderia fazer.

"Nenhum adolescente vai roubar o meu marido."- Disse baixo. Começou a retirar a roupa que vestia, ficando apenas com a box vermelha, sentou na cama e esperou que Jeongguk viesse.

O mais novo gostaria de dizer que em poucos minutos seu marido havia aparecido no quarto, que havia o encontrado semi nu e o feito seu na cama do casal, mas nada acontecera, Jeongguk havia demorado tanto que Taehy precisou conferir o que tanto o moreno demorava.

Riu da cena que encontrou. Seu marido com seus filhos sobre o peito, ambos dormindo profundamente. Sacudiu a cabeça tentando esquecer aqueles loucos pensamentos, tinha total certeza que Jeon não era capaz de lhe abandonar.

"Eu amo vocês."- Sussurrou antes de subir as escadas para deitar em sua cama. Tinham o costume de deitarem com os pequenos de vez em quando, e não atrapalharia o sono que compartilhavam.

Taehyung apenas se deitou na cama espaçosa, puxou sua colcha e pôs se a tentar dormir, uma noite de sono o faria esquecer aquelas loucuras.

●●●

Taehyung acordou no susto. SunHee e Sunkyu pulavam sobre a cama, eram crianças bastante enérgicas, não paravam quietas nem um pouco.

"Omma, levanta! Papa não sabe fazer panquecas."- SunHee dizia sacudindo o braço do loiro. Taehyung apenas riu e concordou. O Jeon adorava fazer o café da manhã para suas crianças, isso incluía Jeongguk.

Taehyung descia as escadas lentamente, enquanto sua filha tentava o puxar para ir mais rápido e seu filho corria em disparada na sua frente. O loiro avistou seu marido e seu filho mais velho sentados na mesa, encarando um prato de panquecas queimadas.

"Parece que algo deu errado aqui."- Taehyung riu baixinho. Observou Jeon fazendo bico e não tardou em beijar o mesmo, ouvindo um coro de seus filhos em desaprovação.

"Ya! Deixe eu beijar a omma de vocês."- Jeongguk sorria abraçando a cintura do mais novo. Taehyung apenas ria enquanto Taeguk e Sunkyu brigavam com o pai.

"A ommazinha é nossa!"- O mais novo fazia bico, enquanto se agarrava na perda de Taehy e empurrava Jeongguk com as mãozinhas gordinhas. O moreno apenas ria e continuava a provocar seu caçula.

“Vocês não têm jeito."- Taehyung disse divertido. Pegou o pequeno no colo e o pós sentado ao lado dos irmãos. "Pare de provocar Jeon Jeongguk."- Bagunçou o cabelo do mais velho e se virou em direção ao fogão para começar a fazer o café de todos.

Taehyung gostava daquelas manhãs em família. O final de semana era todo dedicado aos seus maiores tesouros, onde saiam para fazerem algo ou simplesmente ficavam assistindo desenhos na televisão.

Momentos como aquele, Taehyung adorava guardar na memória ou em suas fotografias, paixão que não abandonou depois de adulto.

"O tio Baek disse que viria aqui hoje."- O mais velho dos irmãos disse enquanto enchia uma das panquecas, que sua omma havia feito para eles, de calda de chocolate.

"Porque exatamente?"- Jeongguk perguntou. Não estava nem um pouco feliz com aquela situação, não bastava a semana inteira estar ao lado de Taehy, tinha que atrapalhar o final de semana em família?

"Ele disse que queria brincar com a gente."- O pequeno deu de ombros. Não estava a par dos olhares de raiva que seu progenitor lançava para os cantos. O moreno puxou seus fios de cabelo para trás e encarou seu marido, até o momento Taehyung nada dizia, o loiro continuava mexendo na frigideira.

"Sabe que precisamos conversar sobre isso, não é? "- Jeongguk se pronunciou cortando o silêncio que se instalou no cómodo. Taehyung apenas confirmou com a cabeça, terminando apenas de secar a pia e se virar para o mais velho. Deixou um beijo na testa dos filhos e seguiu em direção ao primeiro andar, tendo Jeon logo atrás de si.

Taehyung havia sentado na cama que dividia com o Jeon mais velho, enquanto seu marido andava de um lado para o outro, foram poucas as vezes que tinha visto Jeongguk com raiva, mas com toda a certeza o moreno se transformava em alguém rude e completamente assustador.

"Até quando vamos viver assim, Taehyung?"- O moreno perguntou parando de frente para o conjugue, Taehyung brincava com seus dedos em uma forma de colocar tudo para fora também. "Não sei você, mas todos, quando eu digo todos pode por uma lista bem grande de pessoas, já perceberam as intenções do Byun. Menos você!"- Jeongguk tinha o rosto vermelho pela raiva, seus dedos apertavam com força a palma de sua mão, mostrando o quanto estava irritado.

"E você, quando vai me mostrar que pensa em outra pessoa?"- Taehyung disse de uma vez, sem pensar nas consequências que aquela frase podia trazer para o seu casamento.

Jeongguk olhava indignado para Taehyung, não acreditava o que o loiro havia acabado de falar. Não acreditava que mesmo depois de anos, o seu Taehyung não confiava em si.

"Mesmo depois de tudo você ainda não confia em mim."- O moreno soltou um riso sem humor. Havia voltado a andar pelo quarto, mas dessa vez a procura de sua jaqueta, enquanto Taehyung o olhava sem entender.

"Onde você vai?"- O loiro levantou rápido da cama, quando viu o marido pôr a carteira e o celular no bolso da calça. "Me desculpe, eu não queria falar isso. Eu confio em você, Kook..."- Taehyung tinha os olhos marejados vendo o moreno saindo do quarto, não tardou em seguir o mesmo, vendo seus filhos olharem sem entender para a cena.

"Eu vou esfriar a cabeça, antes que eu perca o controle."- Responde por fim. Pegou as chaves do carro e abriu a porta, não demorou a sentir os braços finos do mais novo rodarem sua cintura e lágrimas molharem sua camisa. Também queria chorar, mas no momento dirigir por aí o ajudaria mais. "Não vou lhe trair, não se preocupe."- Se soltou dos braços do mais novo e caminhou em direção ao seu carro.

Taehyung soluçava olhando o carro do mais velho sumir pelas ruas, sentia seu coração apertado e a vontade de ir atrás do mesmo lhe consumir.

CONTINUA 


Notas Finais


Gostaram?
Só quero dizer q o próximo cap tá cheio de tretas
Taehy fica vacilando agora ;-;

Sobre todos os coments q ainda não respondi: prometo q vou arranjar tempo para responder todos >< - eu li eles, e amei cada um <3
Próxima atulização, segunda q vem - ou antes se eu conseguir terminar de digitar cedo hsuhahuauhuah -
Obrigado novamente, amo vocês tudooooooooooo

VAMOS PLANFLETAR AGORA ><
https://spiritfanfics.com/historia/criminal-minds-6682512 - essa é minha nova fic, com a minha unnie linda *u* ela é vmin, maaaaaaaaaaas temos um pouco de cada shipp espero q vocês gostem :3

CHUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU~~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...