História Pontes Indestrutíveis - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bottom!taehyung, Kookv, Menção De Jihope, Mpreg, Vkook
Exibições 602
Palavras 1.387
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OINZAO
DESCULPA A DEMORA E NAO DESISTE DE MIM ❤

*leiam as notas finais
*Não revisado

ENJOY IT

Capítulo 7 - Capítulo VII - Sétimo


 Pontes Indestrutíveis 

Capítulo VII - Sétimo 

 Já haviam se passado exatos três meses, três meses que Jeon se recuperava, indo em seu fisioterapeuta, o que rendeu uma ótima melhora para o moreno. Já não precisava usar a cadeira de rodas, agora as muletas eram o que o acompanhava. O que rendia Taehyung brigando consigo, já que Jeongguk não respeitava as restrições, e queria fazer de tudo, parecia até uma criança.

 Taeguk sempre estava ao lado seu pai, o primogênito dos Jeon's era totalmente apegado ao moreno. Não podiam negar, o mais velho de seus filhos era uma cópia exata de Jeongguk, até nas implicâncias era igual. O que rendia uma enorme dor se cabeça para Taehyung. Os gêmeos com toda a certeza deixavam Taehyung louco, extremamente bagunceiros, não paravam um minuto quieto e parecia que Jeongguk nao se importava muito com toda a bagunça feita, já que sempre estava metido no meio. Com toda a certeza seu marido era tão criança quanto seus filhós.

 Havia se passado três meses sem algum sinal de Baekhyun. Depois da conversa que Jeon tivera com o mesmo, o Byun voltará apenas mais uma vez na residência alegando que iria para sua cidade natal, deixando o consultório nas mãos de Taehyung, o que Jeongguk adorou, não precisaria se irritar com tão pouco, era um grande alívio. Taehyung havia ficado um tanto quanto triste, por mais que Baekhyun tentasse separar ele e seu marido, não podia negar que sentia falta do amigo e suas incontáveis piadas sem graça. E não era como se Jeongguk não percebesse a mudança de humor de seu marido, mas tentava a todo custo ignorar o sentimento de ciúmes e ignorar tal situação, briga naquele momento não era o que queria. Jeongguk se sentia frustrado com isso, mesmo de longe, Baekhyun ainda causava problemas em sua vida, que voltava aos eixos calmamente.

 "O que pensa tanto, amor?"- Taehyung perguntava ao moreno, tirando o mesmo de seus pensamentos. O mais novo encontrava-se com a cabeça no colo de seu marido, sorrindo para o mesmo, o sorriso encantador que o Jeon mais velho tanto amava. "Tá' com uma carinha preocupada."- Completou fazendo um bico, adorável na visão do moreno, que soltou um riso e levou as mãos aos cabelos bagunçados do amado. 

Com os ano de casados que tinham, Jeongguk podia perceber que Taehyung era lindo de todas as formas, até mesmo na bagunça que era pela manhã, com toda a certeza era a visão mais feliz que Jeongguk tinha o prazer de ver. 

 "Apenas penso em tudo que está acontecendo."- Responde levando as mãos aos cabelos do loiro. Fazia tempo que Taehyung nnão pintava suas mechas, Jeongguk conseguia lembrar muito bem como o mais novo vivia mudado a cor do cabelo na adolescência, o mesmo era um arco-iris como Jeongguk gostava de chama-lo. "Já faz tempo que você não pinta o cabelo. Sinto saudades das cores exóticas que você colocava."- Sorriu enrolando os fios da franja loira em seu dedo. Taehyung soltou um riso e se sentou no sofá, voltando o olhar para o marido logo em seguida.

 "Acha que devo pintar de novo?"- Perguntou alegre, Jeongguk apenas acenou em concordância. Taehyung nutria uma enorme paixão por seus cabelos, era uma relação completamente amorosa, onde o Jeon cuidava dos mesmo como se fosse uma criança. "Faz tempo mesmo, desde que Taeguk nasceu que não faço isso."- Completou pensativo. Jeongguk apenas observava a cena, gostaria de saber qual cor passava pela cabeça do amado. "Certo. Vou marcar para ir pintar ele."- Sorriu animado, levantou-se do sofá indo a procura do aparelho telefônico para marcar uma hora no salão. 

Quando era jovem fazia as loucuras em seu cabelo em casa, mas agora tinha medo do cheiro da tinta causar alergia em uma das crianças. 

"Qual cor vai ser?"- Jeon perguntou, se erguendo do sofá também, usando as muletas como auxílio, ia atrás do namorado quando o mesmo parou no meio do caminho e se virou, um sorriso sapeca preso nos lábios, a face de quem iria aprontar alguma.

 "É segredo."- Riu e saiu correndo em direção ao quarto. Jeongguk apenas bufou revirando os olhos, Taehyung podia falar de si, que era uma eterna criança, mas o mais novo era igualzinho. Se jogou novamente no sofá, enquanto ouvia seu marido marcando o horário. Era uma pena saber o que o mesmo havia escolhido apenas quando visse o loiro chegando em casa.

 •••

Taehyung sorria olhando para a tela do celular. Havia deixado os filhos com o pai naquela tarde de sábado, onde havia marcado o horário naquele salão, algumas quadras longe de sua casa. Ria para as mensagens que seu marido ficava mandando para si a cada momento, com o intuito de receber alguma foto do, agora antigo loiro. O mais novo bloqueou o celular antes de responder o marido, havia batido em alguém no meio da rua devido a sua falta de atenção.

 "Aigoo... Desculpe."- Taehyung falou pedindo desculpas. Ao levantar o olhar se deparou com quem não imaginava encontrar ali. "Baek hyung..."- O Mais novo sorriu largo ao ver o mais velho ali na sua frente, estava realmente com saudades do mesmo. 

"TaeTae."- Sorriu alegre. "Seu cabelo está lindo. Lilás combina contigo."- Completou. Levou sua mão, as madeixas coloridas do mais novo, acariciando o local e desfrutando do lilás ali presente. 

"Gostou? Jeonggukie disse que sentia falta dos meus coloridos."- Riu baixinho, sendo acompanhado do Byun. "Quando voltou? Porque não me ligou avisando que ia chegar?"- Atropelou suas palavras, fazendo o mais velho solta um riso. Taehyung sorriu envergonhado, esperando uma resposta de seu hyung. 

"Cheguei ontem. Estava com saudades, sua e das crianças. Vocês não me ligaram nem um dia que fosse."- O baixinho armou o maior bico em sua face. Taehyung as vezes pensava que Baekhyun era seu dongsaeng, não o contrário. "Seu marido que não deixou neh?"- O mais novo apenas abaixou a cabeça constrangido, não julgava o marido, ele só queria o proteger, mas tocar naquele assunto com o causador de tudo, trazia um clima estranho. "Esquece isso. Quer toma um café? O Hyung paga."- Completou sorrindo animado. Taehyung concordou e logo já caminhavam lado a lado em direção à uma cafeteria.

 O caminho não fora longo, tempo o suficiente para Baekhyun contar o que fizera nesses três meses afastado. Muitas risadas eram ouvidas vindas daqueles dois, com toda a certeza que passava ao lado de ambos achavam os completos loucos. Mas nem o Jeon e nem o Byun ligavam para aquele adjetivo, eram apenas verdades. Ao chegarem em uma cafeteria, não tardaram em sentar em um cantinho mais reservado e pedirem bebidas para acompanhar o tempo frio que fazia em Seul naquele final de sábado.

 Taehyung conferia o celular de minuto em minuto olhando as horas, não queria passar do horário que tinha previsto para voltar, Jeongguk poderia ficar preocupado e sairia do jeito que estivesse atrás do seu leãozinho. 

 "O que tanto vê no celular, Taehy?"- O baixinho perguntou enquanto bebericiava seu café. Taehyung sorriu e abaixou o celular para poder conversar melhor com seu hyung.

 "Deixei Jeonggukie com as crianças sozinho, então não quero demorar muito."-Respondeu levando a mão para a colher dentro do copo. Byun apenas revirou os olhos e pousou a xícara com certa violência na mesa, o mais novo havia se assustado com seu hyung, abrindo os olhos levemente. 

"Ashi! Tudo Jeonggukie!"- O mais velho afinou a voz, debochando do apelidado dado ao moreno que tanto odiava. "Não pode esquecer um pouco ele e focar na nossa conversa?"- Baekhyun perguntou se levantando, as mãos sobre a mesa e encarando Taehyung com certa firmeza. "Estou aqui pra você, Taehyung..."- Completou. E antes que o mais novo pudesse perceber, Baekhyun havia selado os lábios de ambos. Apenas um enconstar, o que logo fora repremido por Taehyung. 

"Você está louco? Eu não gosto de você assim, Baekhyun!"- Taehyung havia levantando de seu lugar enraivecido. "Eu sou casado! Respeite isso e desista de tentar algo comigo, eu nunca trairia meu marido."- Completou. Jogou o dinheiro de suas despesas na mesa e saiu do estabelecimento

O mais novo passava as mãos com força nos lábios, enquanto as lágrimas quentes desciam por seu rosto. Mesmo que tivesse sido forçado a um beijo, ainda dois o fato de que outro o beijara, principalmente quem o seu marido odiava tanto.

 CONTINUA

 

Notas Finais


GOSTARAM? PERDOA OS ERROS, TÔ PELO CELULAR
Enton gente, era pra mim posta esse capítulo na sexta, mas eu só havia escrito o início dele é ficado sem um pingo de idéia, aí eu só abria o word do celular e encarava o título do cap e nada da idéia surgir. Eu escrevi até uma one-shot dessa forma kkkkk -so preciso do meu PC de volta pra postar ela ;-;-
Por fim, ontem eu arrumei cada enredo para cada capítulo, até o final da fic -ja tenho o número de caps pra fic, dói o core kakahska- e hoje nessa linda madrugada consegui terminar de escrever, tô realidade, pq já tenho metade do próximo capítulo pronto -VAI TER LEMON- Talvez eu poste essa semana, pq eu ainda não sei se estou de férias, aí fica meio complicado kakkak
Outra coisa, no aviso, que eu apaguei, eu disse sobre o grupo o wpp, eu ainda não fiz pq só tive poucas pessoas mandando o número -Salvei todas nós meus contatos ❤- enton, ainda podem mandar pelas mensagens, que logo logo farei ><
Sobre os comentários, eu sempre leio e me emociono com vocês, então quando eu tive total certeza de que passei, vou responder todos os comentários com muito amor que vocês merecem 💙
Acho que é só...
CHUUUUU~~~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...