História Ponto Fraco... - Capítulo 34


Escrita por: ~

Visualizações 106
Palavras 1.393
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boaaa Leitura!!!

Capítulo 34 - Eu nunca consegui te esquecer!


Fanfic / Fanfiction Ponto Fraco... - Capítulo 34 - Eu nunca consegui te esquecer!

Madri Espanha, 22 de Outubro de 2017, 16:00.

- Rafa sabe que eu tô aqui? - fiz careta.

- Não. Pensei em dizer que você sentiu saudades e veio visita-la! - Marcelo disse concentrando no trânsito.

- É. Pode ser! - respondi preocupada.

- Já tenho um plano para por o verme do Lorenzo em seu devido lugar! - Marcelo disse.

- Qual? Olha lá Marcelo! Ele me ameaçou ontem! Disse se tentarmos alguma gracinha ele vai se vingar na Rafaella! - avisei receosa.

- Ele não seria nem louco de tocar na Rafaella. Ele é medroso e está somente a procura do teu dinheiro! Eu pensei em simularmos um assalto.

- Um assalto? - perguntei assustada.

- Eu vou levar vocês para jantar! Aí você liga para aquele infeliz e marca um encontro no mesmo restaurante! - Marcelo explicou.

- E depois?

- Você sabe que a polícia aqui está em todos os lados. Quando estivermos saindo, você da um jeito de atrai-lo para a saída do restaurante e lá começamos a acusa-lo de roubo e outras coisas a mais!

- E se ele fizer algo contra a Rafa? Ele vai ficar furioso! - falei receosa.

- Contra a Rafaella ele não poderá fazer nada... Ela vai está conosco!

- Hum... Ainda estou achando arriscado... Quem nos garante que ele nos deixará em paz? - questionei.

- Lena, tá na cara que esse tal Lorenzo não passa de um amador! Ele só quer grana e resolveu fazer terror porque sabe que ce é Mãe e acabaria aceitando esse joguinho de poder dele! - Celo segurou em minha mão. - Confia em mim?

- Muito!

- Então tudo vai se ajeitar nessa noite. Eu prometo! - falou após estacionar o carro em sua garagem.

- Helena? - Rafaella veio ao nosso encontro muito surpresa.

- Senti saudades e vim te ver! - fui abraça-la.

- Cadê o Thiago? - Rafa perguntou estranhando a ausência do meu bebê.

- Eu até quis trazer ele, mas o mesmo fez beicinho e disse que queria ficar com o Leo! - expliquei.

- E esse bebezinho aí? - acariciou minha minúscula barriga.

- Esse não deixa a mamãe dele! - acariciei meu ventre também.

- Você quase não tem barriga... - Kátia, a senhora que ajudava minha irmã a organizar a casa comentou.

- Sim! Mas ainda estou no primeiro

mês. - sorri. - Já a Rafa, tá com um pouco mais que eu, né Mana?

- Tô com um mês e duas semanas! Meu baby chegará primeiro! - sorriu muito feliz.

- Exatamente!

(...)

- Você vai amar esse restaurante! - Rafa falou assim que adentramos no carro. Já estávamos indo para o tal jantar.

- Sim. - falei preocupada.

Marcelo deu partida e em mais ou menos 30 minutos chegamos.

- Já conseguiu falar com ele? - Marcelo sussurrou para mim.

- Sim. Ele está numa mesa lá no fundo!

- O que ceis tão fofocando aí? - Rafa riu e nos puxou para dentro.

- Uma mesa por favor! - Marcelo pediu ao rapaz.

- Boa noite. Por aqui senhores! - nos guiou até uma mesa.

- Obrigada. - agradecemos.

- Quero um pudim de morango para sobremesa! Senti vontade! - Rafa comentou analisando o cardápio.

- Nem tô tendo tantos desejos assim... - comentei.

- Ah mais você já está acostumada! Segunda gravidez né! - Rafa gargalhou.

O jantar passou rápido. Marcelo já havia pedindo a conta.

- Vamos indo para o carro? - sugeri para Rafa.

- Vamos! - saímos do restaurante e Marcelo já havia piscado para mim, dando o sinal que aquele era o momento.

- Droga! - esbravejei após eu derrubar minha bolsa de propósito.

- Eita desastrada! - Rafa foi até o carro deixar sua bolsa e senti alguém se aproximando, só podia ser o Lorenzo.

- O que ela faz aqui? - Lorenzo sussurrou.

- Quem é você? - me fiz de desentendida e comecei a falar mais alto.

- Sua cachorra!!! - ele tentou fugir e comecei a gritar. - Socorro!!! Ladrão!!!! - gritei mais forte e os seguranças vinheram me ajudar.

- O que houve senhora? - um dos homens perguntaram.

- Esse rapaz aí tentou me assaltar! - respondi.

- Sua desgraçada! Você me paga! - Lorenzo começou a me xingar e logo a polícia chegou.

- O que houve aqui? - Marcelo chegou, fingindo não saber de nada.

- Meu amor, esse cara aí tentou nos assaltar! - Rafa disse em pânico.

- Vocês não conhecem esse homem mesmo? - o investigador perguntou.

- Não senhor! - afirmamos.

- Mas ele não me é desconhecido... - Rafa sussurrou para mim.

- Você deve está confundindo. - abracei a mesma e eles levaram Lorenzo para o carro.

P.O.V.S Marcelo

Eu nem acredito que aquele míseravel caiu nessa amardilha.

Agora estávamos livres daquele ser.

Depois do ocorrido, fomos para casa.

- Que noite hein! - Rafa suspirou cansada.

- Nem me fale! - Lena sentou sobre o sofá.

- O pior é que já estão rolando vídeos na internet sobre o ocorrido! - falei mostrando meu Iphone.

- Esse povo não perde tempo! - Rafa revirou os olhos.

P.O.V.S Helena

- É o Ney! - mostrei meu celular tocando.

Ligação ON》

Maninho: Que história é essa de assalto envolvendo você e a Rafaella? - Ney perguntou preocupadíssimo.

Eu: Maninho foi horrível! Mas já tá tudo bem! - tentei acalma-lo.

Maninho: Ufa! Fiquei morto de preocupação quando li aqui em um site que vocês tinham sido assaltadas!

Eu: Sim. Iai? Como anda as coisas? Cadê minha cunhada e o meu loirinho? - perguntei por Carol e Davi.

Maninho: Estão aqui! Carol por sinal ficou muito preocupada com essa história de assalto. Mas de resto estamos bem! Ah Thiago e Isabelle são nossos vizinhos! Comprei um AP ao lado do deles!

Eu: Ai que tudo! - sorri.

Maninho: Rafa e Marcelo estão bem?

Eu: Ótimos. Pretendo voltar amanhã para Barcelona!

Maninho: Ata. Vou já ligar pro Argentino! Tô pensando em umas resenhas aqui!

Eu: Festa?

Maninho: Sim! Quero fazer uma social aqui no meu AP novo!

Eu: Gostei!

Maninho: Vou ver aqui, aí depois compartilho a idéia com geral!

Eu: Tá bom então!

Maninho: Agora preciso desligar minha baixinha... Davi quer durmi e essa missão é minha hoje! - gargalhou e se despediu.

Eu: Vai lá Maninho! Beijos.

Ligação OFF》

- Ney ficou todo preocupado! - falei e logo meu celular tocou novamente. - Agora é o Leo!

Ligação ON》

Eu: Amor?

Leo ❤: Custava ter me ligado? Você sofre um assalto e eu sou o último a saber! - Leo estava bem zangado.

Eu: Ei! Calma tá! Não foi um assalto! Apenas uma tentativa e agora está tudo bem!

Leo ❤: Era por isso que eu não queria que você fosse para aí! - protestou.

Eu: Amanhã tô voltando meu bem... Cadê meu Filho? Ceis estão bem? - perguntei curiosa.

Leo ❤: Estamos bem! Margot precisou se ausentar.

Eu: Por causa da Tia?

Leo ❤: Segundo ela, sim!

Eu: Hum! Mas como ceis tão se virando?

Leo ❤: Ah estamos indo nos alimentar na casa de Súarez! Eles fizeram questão.

Eu: Ah sim! Precisamos providenciar uma cozinheira!

Leo ❤: Amanhã você ver isso! Mas você tá bem mesmo né? E nosso bebê? Tá sentindo nada? - perguntou preocupado.

Eu: Estamos ótimos! - sorri e acariciei minha barriga.

Leo ❤: Thiago tá me chamando, vou lá, te ligo amanhã para combinar sua chegada aqui! Fica bem... Descansa! Ah e cuidado pelo amor de Deus! Eu te amo!

Eu: Eu te amo muito! Dá um beijo no nosso filho! Tchau.

Ligação OFF》

- Cadê a Rafa? - sentei ao lado de Marcelo no sofá.

- Foi se deitar! Ela estava cansada... - respondeu e me puxou para um abraço.

- A Rafa tá tão diferente né... - comentei.

- Como?

- Ela tá emotiva... Sensível! - sorri.

- Sim... A gravidez faz isso! - falou sem animação.

- Você parece distante de tudo... Está acontecendo algo? - perguntei curiosa.

- É... São tantas coisas Lena... Tantas! Dói precisar agir com a razão... - abaixou a vista.

- Celo, não fica assim... - lhe abracei forte.

- Eu não quero fazer ninguém sofre... - ele deixou uma lágrima cair.

- Mar, posso te fazer uma pergunta?

- Sim.

- Você ama a minha irmã?

- Não sei...

- Você não ama! - suspirei cansada. - Porque você deixou essa história chega a esse nível? Cara, ela está completamente apaixonada por você. E agora tem uma outra vida nesse meio!

- Eu não queria que as coisas tivessem chegado a esse ponto... Eu respeito muito a Rafaella! - defendeu-se.

- E o que você pretende fazer?

- Aceitar tudo.

- Sem amor? - retruquei.

- Talvez eu tenha que me sacrificar! - deu de ombros.

- Você não precisa...

- Helena eu ainda sou completamente apaixonado por você! Eu nunca consegui te esquecer! - segurou em meu rosto e me beijou de surpresa.


Notas Finais


Iaiii minha gente!!! Será que esse foi o fim do Lorenzo??? E o que ceis acharam desse papo do Marcelo hein... Tô loucaa por opiniões!!! 😌😌😂😂. Beijos e até o próximo 😘😘.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...