História Populars & Liars - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Audrey Jensen, Brooke Maddox, Emma Duval, Kieran Wilcox, Nina Patterson, Noah Foster, Personagens Originais
Tags Amores, Aventuras, Colegial, Drama, Grupo De Amigos, Mortes, Traição
Exibições 10
Palavras 1.679
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Festa, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá pessoal! Esse o último capítulo da primeira temporada mas não se assustem, outras temporadas estão por vir. Boa leitura! ♡

Capítulo 16 - Parque de diversões macabro. 1.15


Fanfic / Fanfiction Populars & Liars - Capítulo 16 - Parque de diversões macabro. 1.15

Audrey ~ 

Ficamos de boca aberta ao saber que  menina do gif era Eva. A TV reproduziu o mesmo gif que está no celular de Lud. Quem será que fez essa porra ?

-Lud! Só me diga que não foi você que fez essa merda!

-Não foi ela! Eu fiquei de olho nela a noite! Diz Emma. 

-Hum, já me sinto um pouco mais aliviada mas não tanto. Se essa pessoa conhece seu número e sabe o que aconteceu no parque, provavelmente ele virá atrás de nós!

-Ai credo Audrey! Vira essa boca pra lá! Diz Brooke 

-Mas é uma possibilidade amor!

-Bom, euestou bem. Vocês querem comer alguma coisa ? Pergunta Lud. 

-Não, já almoçamos. Eu respondo apontando para Brooke. 

-E você Emma ?

-Eu aceito! 

Lud vai pegando a panela no armário mas Emma sai atrás dela, tira a panela de sua mão e diz:

-Nada disso mocinha! Você está de repouso! Não pode fazer muito esforço com a mão. 

-Afff Emma!! Diz Lud "batendo o pé" com a cara emburrada. 

Eli ~ 

Acabo de chegar na escola mas só eu tinha chegado, então, sento no banco da frente do portão e fico esperando os meninos e as meninas chegarem. Olho o céu, observo as nuvens passando, os passaros voando, as pessoas entrando e o sinal toca. Os meninos ainda não tinham chegado, me levanto e entro antes que o portão feche. 

Minutos depois, no pátio, sinto uma mão e quando olho era o braço de Kieran, que estava junto com Shawn e Gabriel. 

-Oi, finalmente chegaram! 

-Ah, Shawn ficou fazendo hora no banheiro e Gabriel ficou com moleza pra vir. 

-Tá explicado! As meninas estão com vocês ? 

-Não. Pensávamos que elas podiam estar com você!

-Não... Estranho elas não terem chegado até agora m.. 

-Bom, vamos logo para a aula antes que não nos deixem entrar. 

Damos de ombro e vamos até a sala de matemática. A porta já estava fechada, então batemos na porta, provavelmente o professor ainda não tinha chegado. Uma mulher estranha, adulta, morena abre a porta para nós e nos deixa entrar. Isso é raro pois nenhum professor faria isso por nós. Entramos um por um e quando Kieran entra, ele olha fundo nos olhos da professora e logo á reconhece. 

-MAGGIE. QUE SAUDADE! Diz Kieran abraçando a tal mulher. 

-Kieran ? É você ??? QUE SAUDADEEES. Ela retruca. - Como você e a Emma estão ? Ai que saudade da minha irmãzinha ..

-Nós demos um tempo .. mas por enquanto estamos bem, eu acho. 

-Ah que pena .. Ela veio hoje ?

-Não. Estranho por que ela sempre vem. Deve ter acontecido alguma coisa no caminho, o trânsito tá bem pesado hoje, nada demais.

-Ah, espero. Bom vamos lá que eu tenho que começar. 

Kieran vem até seu lugar e senta. 

-Cara quem é ela ? Pergunto

-É a irmã da Emma, ela morava lá na Espanha. Que bom que ela voltou para o Brasil!

Professora Maggie ~ 

-Bom. Olá pessoal, eu sou a Maggie, a nova professora de Matemática de vocês. A antiga professora foi transferida então eu que assumirei o lugar dela por todo o ano. Vamos começar com medidas. Coisa bem fácil, vou passar alguns exercícios para vocês e espero que vocês façam bem rápido. 

Vou passando alguns exemplos e exercícios na lousa enquanto fico pensando na Emma e no Kieran. Eles eram um bom casal mas agora quero muito saber o porque deles terem dado um tempo. Estranho ela não ter me avisado .. na verdade não, faz tanto tempo que não temos alguma notícia uma da outra. Termino os exercícios e digo para toda a sala que vou para a sala dos professores porque esqueci de um caderno. 

Nos corredores a caminho da sala dos professores, tudo estava quieto, menos algumas meninas que estavam conversando no bebedouro sobre alguma coisa assustadora pelo visto pois, uma delas colocou a mão sobre a boca com um rosto assustado. Não ligo muito só vou passando mesmo. Entrando já na sala dos professores, escuto um cochinho entre o professor de História e o Diretor que contém o nome da minha irmã. Chego mais perto, pego meu caderno e sento próximo a eles, para conseguir ouvir. 

-Emma é de boa, uma ótima aluna, não acredito que possa ter feito uma coisa dessas. 

-Concordo ... Bom vou para minha aula! 

O professor de História sai dali e eu ainda estou me mordendo de curiosidade então segundos depois de ele ter saído da sala, saio atrás caso ele fale/faça alguma coisa. Ele ficou quieto o caminho inteiro então decido que quando eu chegar na sala, eu ligaria para Emma. Entro na sala:

-Terminaram ? 

Recebo um belo não em alto tom e claro. 

-Ok então, quem terminar pode vir aqui na minha mesa para ganhar o visto. 

Emma ~ 

Fiz miojo para mim e para Lud. Não tivaramos os olhos da TV enquanto comiamos. Depois daquela notícia, precisavamos nos manter informada sobre o assunto. Os celulares de todas estavam desligado, não receberiamos uma mensagem ou ligação qualquer, apenas o de Lud estava ligado, caso o número desconhecido mandasse mensagem ou ligasse. 

A noite ... 

Ficamos a tarde inteirinha de olhos nos jornais, nenhuma notícia a mais de Eva. Nem mensagem do número desconhecido nem ligação. Até que o celular de Lud começa a tocar. 

-Olá Lud. Gostou do que eu fiz com a sua amiguinha ? 

-Você é louco ? A polícia vai te pegar! Você não vai ficar solto por muito tempo! Cadê Eva ? Onde ela tá ?

-SOCORROOOOO!!!! (Diz uma voz no fundo). Ela está viva, a não ser que você vá até o parque para que possamos negociar. 

-Ok! Que horas ? 

-Daqui 1 hora esteja lá!

Ele desliga. A ligação estava no viva voz então todas nós já sabiamos o que fazer. Brooke pega o telefone e pede que dentro de 1 hora a polícia esteja no parque de diversões atrás do shopping, enquanto Audrey procurava por dinheiro na casa, por que geralmente é isso que sequestradores querem em troca da vida de alguém. 

Passa-se uma hora ... 

A caminho do parque, esperamos com todas as rezas que fizemos, que a polícia já tenha rodeado a area e que já tenha salvo Eva. Mas chegando lá, não tinha nem poeira nem cheiro de polícia por perto. 

Lud ~

Saio do carro e peço para que as meninas fiquem no carro pois quem tinha que resolver tudo isso era eu. Pego a bolsa que Audrey preparou e vou até a abertura que fizemos. 

-Pode aparecer! Estou aqui!

Nem sinal de resposta. Ando um pouco mais para observar o parque e do nada uma luz branca ilumina uma cadeira na frente do carrossel. Fico assustada e quando reparo na cadeira, vejo que Eva está lá amarrada. 

Brooke ~ 

Não aguento toda aquela pressão de ficar no carro enquanto minha amiga esta no parque junto a um sequestradornde uma figa. Pego o celular e começo a discar para a polícia:

-Polícia Federal de São Paulo, em que podemos ajudar ? 

-Estou na frente do parque de diversões abandonado atrás do shopping e minha amiga está lá dentro e eu tô ouvindo tiros! Por favor vem rápido!

Desligo com um ar de sucesso. "Esse cara vai ter o que merece!" 

Lud ~

-Espero que não tenha chamado a polícia Lud. Sua "amiguinha" está com uma arma apontada atras de sua cabeça e se eu ver sinal de polícia num raio de 5km ela morre! 

-Vai aparece! Tá com medinho ? Ah para vai. Aparece para que nós possamos negociar.

-Não é medinho não Lud. É só para você entender que de hoje em diante você não se esquecerá de mim. Sou eu quem estará em qualquer lugar que você esteja, eu estarei lá. Deixe essa bolsa na frente da casa dos horrores e vai se distanciando que eu já solto Eva. 

Vou andando em direção á casa dos horrores observando cada lado, cada detalhe. Deixo minha bolsa na frente e vou me distanciando, quando de repente escuto um barulho de sirene se aproximando. 

-Lud! Você vai se arrepender por ter feito isso. Diga adeus a sua amiguinha!

-NÃÃÃÃÃO! 

Um tiro faz um eco enorme em toda a redondeza do parque, olho para a cadeira e a cabeça de Eva estava despedaçada, aquele tiro tinha acabado com ela. Saio correndo até ela, não me importo com o sangue e me ajoelho na sua frente. A policia chega com toda sua preparação, armação e lanternas mas o cara não estava mais lá. Eles me levantam e me levam até o carro da polícia para que eu dê depoimento sobre o que eu vi, as meninas já estavam devolta ao meu carro pois já tinham dado depoimento. Eles pegam a arma que estava atrás de Eva e pegam também seu corpo e o levam para a ambulância, para que eles façam uma avaliação geral de seu corpo. Dou meu depoimento e eles pegam meu celular, para ver se conseguem rastrear o número e a localização dele. 

-Você está liberada. Pode ir para casa. dirija com cuidado! 

Me levanto e começo a chorar. Não queria que Eva morresse. Entro no carro e Emma se oferece para dirigir. Queria estar levando Eva junto conosco, livrá-la dessa situação toda, ela era uma garota legal .. 

Na casa de Lud ..

Voltamos para minha casa, ligamos a TV e eu deito no sofá e começo a chorar. Elas colocam no jornal novamente. A notícia já tinha se espalhado por toda a cidade e a repórter avisa:

-Foi encontrado nessa noite de Terça - Feira o corpo da Aluna Eva Montgomery no parque de diversões abandonado. Os polícias dizem que o sequestrador estava tentando negociar com uma outra aluna, que eles não quiseram revelar o nome mas ele se assustou com a polícia e apertou o gatilho. Sabemos que a outra aluna está bem e se ela estiver vendo isso, queremos uma entrevista com você. Obrigada e Boa Noite. 

Elas olham para mim:

-Não gente. Eu não vou dar entrevista para eles. Digo limpando as lágrimas do meu rosto. -De agora em diante, eu só quero descobrir quem é esse filho da puta!






Notas Finais


Vou ficar um tempo (ou não) sem postar pois vou ficar pensando um pouco sobre a história da segunda temporada. Espero que tenham gostado da primeira temporada. E aí, já tem suas apostas em quem é o sequestrador ?
Até a próxima temporada. Um beijo! ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...