História Por acaso. . . - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Black Pink
Personagens Jennie, Lisa
Exibições 57
Palavras 1.869
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Violência, Yuri
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Não me matem.
Hihihi
Boa leitura ♡

Capítulo 9 - O Cômodo


Fanfic / Fanfiction Por acaso. . . - Capítulo 9 - O Cômodo

~Jennie

Tão bom, eu a queria. O meu corpo inteiro queimava por dentro, clamava por Lisa. Eu a beijava com urgência. Até que..

- Talvez a gente deva esperar um pouco. - Lisa diz  se levantando e sentando no sofá . 

- O..O quê? Por que ? - Eu a olhava com cara de "????? cê não vê que eu tô te querendo?". Ela apenas me olha e sorri. 

- Não acho que esteja preparada. Acho que você devia tentar me conhecer mais. - ela diz, sorrindo. 

- Você tá de castigo ! Vai ficar sem mim até parar com isso. Fica me deixando excitada e depois me deixa  suspirando !  CÊ TEM PROBLEMA ? - Digo indignada.

- Hmmm.. Me conquiste. Vamos ver do que você é capaz.. - Ela se vira no sofá e fica de costas pra mim.- Ah... E vamos ver quem aguenta mais tempo, já que você me deixou de castigo... Também está de castigo a partir de agora. 

Ouço sua risadinha sapeca e me levanto. Pego uma almofada e taco nela. 

- Você vai ver ! Vai voltar correndo pra mim pedindo pra me ter e eu vou dizer que não na sua..

Quando percebo, Lisa já está de pé na minha frente me segurando pela cintura. Sua respiração colidindo com a minha, fecho os olhos esperando pelo seu beijo...

- É , acho que eu sou bem mais forte em questão de resistência. - Ela me dá um beijo no rosto e sai da sala rindo. 

- Sua filhote de cruz credo mau parida , piranha safada, você vai se ajoelhar pedindo pra me ter. Me aguarde ! - Grito para ela.

(QUEBRA DE TEMPO)

Tomo um banho e troco de roupa , desço as escadas e vou até a cozinha em busca de comida. Lisa está apoiada na bancada tomando suco. Assim que me vê, dá um sorrisinho malicioso . 

- Me pergunto... Quantos minutos eu levaria pra fazer você gemer meu nome pedindo por mais... - ela diz baixinho, mordedo os lábios. 

- Q..QUÊ?

- NAAAAADAAAAA. - ela diz e sai correndo.

- LALISA, VOLTE JÁ AQUI! 

-MINHA CASA, MINHAS REGRAS. VOLTO SE EU QUISER. BAAAKA. - ela mostra a língua e sobe as escadas correndo.

- Ah, essa garota vai ver... Preciso pensar em alguma coisa.. Ela vai vir correndo  até mim. Eu vou... - Uma ideia marota passa pela minha cabeça.. - Hahan , me aguarde, Lalisa...

(Quebra de tempo)

Lisa está no quarto dela lendo um livro da escola. Abro a porta devagar e coloco apenas metade do meu corpo para dentro. Estou com um roupão preto quase transparente , e só de lingerrie por baixo. (Sim, eu já estava planejando isso quando decidi dormir aqui . Me equipe muito bem e estou pronta para usar todas as minhas armas.)

Me encosto na porta de maneira manhosa e mordo os lábios olhando para ela. Lisa me olha na porta e por um momento ela fica paralisada, olhando para meu corpo. Mas logo ela se recompõe e volta a olhar para o livro.

- Está perdida por acaso, filhote de esquilo?! - Ela diz sem me olhar. 

- Estou com fome, mommy . Pode me ajudar ? - digo manhosa . 

- Geladeira tá cheia. Pode pegar o que quiser . - Ela diz virando a página do livro.

-  VOCÊ É IMPOSSÍVEL, SABIA ? - digo irritada . 

- Vai precisar de mais do que isso, querida. Só tinha essa carta na manga ? - ela pergunta , finalmente me olhando com um sorriso desafiador nos lábios . 

- Idiota. ME AGUARDE ! - digo batendo a porta e saindo dali . - Amanhã você vai ver só . - digo entrando em meu quarto e me jogando na cama, adormeço rapidamente.

(QUEBRA DE TEMPO)

Acordo e faço minha higiene matinal. coloco um shortinho de moleton branco e uma camisa branca de alcinha . Desço as escadas e encontro com Lisa na sala. 

- Escuta, o bag da escola é nessa sexta né? - Ela pergunta.

- Você estuda na mesma escola que eu. Devia saber. - digo irritada, lembrando de ontem. 

- Ê caraai. Acordou com o cu virado pra onde ? - Ela pergunta rindo e comendo uma maçã . 

- O cu eu não sei, mas a minha mão vai já virar na sua cara. Projeto de oferenda devolvida . - Me jogo no sofá atrás dela e ela começa a rir. Dou um peteleco em sua cabeça e ela vira pra mim. 

- Cê quer morrer ? - ela diz. 

- O que tem de errado comigo ? Um dia você me quer, no outro você não quer mais. O que é ?  Eu não sou boa o bastante ? - ela me olha, séria. - O que eu preciso  fazer pra você entender que eu quero você ? Eu sei que a gente começou tudo isso de um jeito estranho. Sei que eu  fui uma idiota no começo , mas eu gosto de você .  E eu quero você de um jeito que nunca quis outra pessoa. - ela apoia a cabeça na mão do braço que está apoiado no joelho e me encara com um sorrisinho irritante. -  Você tá me punindo ? É isso ? Olha, se ...

- Por quê ?  Você quer ser punida ? - Ela me interrompe e me olha séria . 

- Han ? 

- Você disse que eu estou te punindo. Mas na verdade, eu não curto muito punir as pessoas psicologicamente. Se você quiser ser punida, me fale.

- Do que você tá falan...

- Vem comigo. - Ela se levanta estou me puxa pelo braço com força . 

- Ei, isso dói . 

Nós caminhamos até uma estante na sala e ela puxa um livro azul. A estante começa a girar e logo nós estamos em outro cômodo . Perco o fôlego por alguns segundos.

- Mas o que... Lisa ? - Olho para o lado, e ela me encara. Esta me analisando. Posso ver em seus olhos que ela está observando cada movimento meu. Cada pequeno detalhe em meu rosto.

- Eu não venho aqui já tem um tempo... - Ela diz, ainda me olhando. 

O cômodo é grande. Uma cama enorme fica bem no meio e ao redor tem todo tipo de material de tortura . Chicotes , bastões , cadeados , algemas , cordas, correntes e outras coisas que não sei o nome. O quarto é branco, completamente branco e se parece um pouco com o meu quarto. A diferença é que a cama é vermelha e muitos objetos estão pendurados nas paredes ou em araras. Quando eu paro para analisar o verdadeiro sentido daquele local estar ali, aqueles objetos todos... Olho para Lisa, que me observa sem expressão . 

Aquilo tudo me assusta um pouco. Me aproximo da cama e passo a mão em alguns objetos , analisando cada detalhe. É um quarto que esconde muitos gritos e gemidos com certeza..

- Quantas pessoas você já trouxe aqui ? - Pergunto, ainda andando pelo quarto. Lisa continua parada no mesmo local desde que entramos. - Homens e mulheres... Quantos ?

- Um cara... 

- Seu namorado ?

- Não.. Mas ele foi o cara que me fez gostar de... foi o cara que me apresentou esse mundo.

- Esse quarto... 

- Foi construído muito depois.. Ele foi o único cara que veio aqui.. Depois que eu  já tinha tomado o gosto pela coisa, eu mandei fazer esse quarto. Ele veio aqui apenas uma vez. 

- E onde está esse cara agora ? 

- Não faço ideia. 

- Você gostava dele ? 

- Não do jeito que gosto de você . 

- Por que está me mostrando isso ? 

- Acredito que você deva me conhecer antes de se envolver comigo em outro tipo de relação ...

- Acha que vou me submeter a isso ? - ela se mantém calada.

Aquilo me assusta um pouco.. Mas... De alguma forma, me deixa curiosa. Me faz pensar no quanto eu e Lisa... Não . Não vou me submeter a isso. 

- Não estou te forçando a nada.. Apenas te apresentando um lado meu que uma hora ou outra você iria conhecer.... - Ela diz , um pouco incomodada. - Vamos...

Ela puxa uma maçaneta ao lado da estante e é u me aproximo . Logo já estamos na sala novamente. 

Saio dali e corro até o meu quarto me trancando. 

"Lisa não faria nada comigo, faria ? Ela... Gosta desse tipo de coisa ? Por que eu fiquei mexida com isso ? O que está acontecendo ? "

Minha respiração está um pouco pesada , me encolho nada a cama e acabo dormindo.

SONHO ON.

-Aaah... Jen. AAaah,  isso. Vai...

Sinto as mãos de Lisa agarrando meu cabelo enquanto eu beijo sua barriga, descendo cada vez mais. Logo ela troca as posições e eu fico por baixo.

- Agora... Eu vou te ensinar como se faz . . . 

Ela me prende na cama com algemas. Meu corpo totalmente exposto para ela, quando de repente....

-Aaah.. Lisa... Ahhh. 

Ela começa a beijar meu corpo e segura minha coxa com força . Dói um pouco mas logo ela chupa minha intimidade , me fazendo soltar gemidos altos . 

- AAAH, LALISA.. EU QUERO MAIS. NA..NÃO PARE. AAAH. 

Ela arranha meu corpo e logo interrompe o que estava fazendo para morder meu corpo. Gemo incontrolávelmente enquanto ela distribui mordidas por todo o meu corpo . Lisa chupa meus seios e esfrega sua intimidade com a minha, me fazendo gemer.  Logo ela me vira de quatro e fala em meu ouvido . 

- Isso vai doer um pouco , meu amor. Me mostre o quanto você aguenta. 

Sinto em lá dar tapas em minha bunda e  de alguma forma, aquilo me excita. Eu quero mais. Muito mais.

SONHO OFF.

Abro os olhos e passo uma das mãos na testa. Estou suada. Ofegante. Sinto algo molhado em minha intimidade. Quando percebo, minha mão já estava lá , trabalhando para que eu tivesse um pouco mais de prazer.. Eu quero mais. 

Começo a fazer movimentos leves em meu clitóris . Depois aumentando um pouco mas a velocidade. Penso no quão bom seria, se Lalisa estivesse fazendo isso por mim.

Devagar, penetro minha intimidade com apenas um dedo. Dói, arde um pouco mas eu não paro com os movimentos. Quero mais..  Quando me dou conta , já estou gemendo seu nome. 

Ouço a porta abrir e olho para a sombra que entra em meu quarto. O prazer é tanto, que não me importo. Fecho os olhos e logo sinto os lábios de Lalisa nos meus, sinto seu corpo por cima do meu. Minhas mãos são colocadas para cima. Abro os olhos novamente e Lalisa me encara.. 

- E..Eu que.. quero mais. Por favor , Lisa. Eu quero você.. - Falo gaguejando e tento beijá-la . 

Ela sorri e segura meus braços com uma mão só . Sua outra mão segura meu queixo, me fazendo olhar somente para ela.

- O seu pedido foi ouvido em alto e bom som , meu amor.. 

Nossos lábios se chocam em um beijo urgente. Não me importo se eu sairei machucada algumes vezes. Não me importo se ela vai me algemar ou me bater. Eu quero senti-la . 

"Eu sou sua, Lisa. Completamente sua. Faça de mim a sua garota." 


Notas Finais


Espero que tenham gostado :3
Desculpem a demora, vou tentar não demorar muito. Eu juro.
Desculpem qualquer erro :3
Comentem o que acharam pra eu saber de tudinho ♡ Me dêem ideias também. Um dia desses tive um puta bloqueio. Mas já estoy aqui . Até logo
~Xoxo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...