História Por Amor - SwanQueen - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Emma Swan, Regina Mills (Rainha Malvada)
Tags Ouat, Swanqueen, Swens
Visualizações 265
Palavras 1.676
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oie amores .meus


Boa.leitura ...esse é o penúltimo de hoje....

Capítulo 14 - Capítulo 14 - Irmã


Fanfic / Fanfiction Por Amor - SwanQueen - Capítulo 14 - Capítulo 14 - Irmã

X

Elsa

Eu não podia acreditar que aquela sem sal era irmã da rainha, e que ela me humilhou como ela se atrevia, que ódio eu estava por ter que ficar ali ajoelhado o tempo todo por que ela quis assim, isso me dava vontade de mata-la mais eu tinha que ser inteligente eu não podia enfrenta-la pelo menos por enquanto, ela e uma princesa e tem mais poder do que eu, mas quando eu me tornar a rainha ela vai me pagar. Levantei-me e fui ate Emm que estava toda sorridente com a visita da amiga, que agora era membro da família real.

–Você acha que terá vantagens só porque sua amiguinha esta na posição que esta?

–Claro que não.

–Aposto que ela lhe concedera vantagens.

–Nem todos são como você – levantei a mão para dar na cara dela e ela segurou minha mão e deu na minha.

–Nunca você vai encostar a mão em mim, eu sou muito boazinha mais não sou boba – ela largou-me e seguiu para perto de Malevola que ficou escovando os cabelos dela.

X

Regina

Mal podia acreditar que depois de tantos anos minha irmã Amélia tinha voltado pra gente pena que meus pais não estão mais aqui pra vê-la, mas eu estava e no que dependesse de mim minha irmã seria muito feliz aqui, apesar dela ter se mostrado arredia a principio, mas também agora ela não era mais uma criança e sim uma mulher.

Os preparativos para o jantar já estavam sendo preparados e eu pretendia contar tudo para os meus irmãos antes do jantar, chamei alguns empregados e mandei avisa-los para que fosse junto comigo, mandei também um avisar Malevola que queria ver outra das minha mulheres, fazia tempo que não tinha nenhuma e já estava agoniada ate pensei em trazerem uma especial a Emma acho que era esse o nome dela, minha irmã havia falado tanto dela que eu estava curiosa, mas achei melhor não Fazer isso agora ela parecia especial.

X

Bella

Sai da casa das mulheres e voltei para o palácio e pedi para que o eunuco me deixasse sozinha, e eu estava andando quando eu vi Killian se aproximando com um outro rapaz e me escondi atrás de uma pilastra.

–A tal Ruby não me causara problemas, ela vai morrer e certo. - Ele foi em diante e eu sai já chorando, eu não podia a deixar morrer, mesmo que fosse para nunca ser minha ela tinha que viver, eu segui andando e não reparei em uma moça que vinha e dei um esbarram nela.

–Me desculpe – ela falou e eu só mexi a cabeça, ela logo me olhou e levantou meu rosto, ela era uma garota pequena e muito bonita, tinha um ar diferente e alegre. – você esta bem? Ai que pergunta a minha e logico que você não esta bem, você esta chorando, vem comigo – ela me puxou pela mão para o jardim e se sentou comigo em um banco de mármore branco, ela segurava minha mão. – Pronto agora o que você tem?

–Alguns problemas só isso.

–Quer se abrir comigo, sou uma ótima ouvinte – ela me sorriu toda linda e eu dei risada – a pronto um sorriso isso e bom.

–Ai e que eu sou apaixonada por uma pessoa que nunca será minha e agora ela corre risco de morte e eu não sei o que fazer.

–Você esta com sérios problemas não?

–Sim e não sei o que fazer eu havia pensando em tentar interceder por ela com a tainha. – ela sorriu.

–Olha isso não e uma má ideia mesmo todos dizendo que a rainha é chata, brava e coisas do gênero e mentira ela é um coração mole – ela deu risada.

–E como você sabe tanto dela r?– ela me estendeu a mão.

–Sou Tinker e sou da realeza. – ela ia falar mais so que um criado veio ate nos e fez uma reverencia.

–Princesa Tinker a rainha requer sua presença na sala do trono – ela assentiu o homem se levantou.

–Como é seu nome?

–Bella.

–Bom depois eu te procuro Bella e nos continuamos esta conversa cheguei a pouco e vou adorar ter uma amiga.

A garota saiu toda feliz atendendo aos pedidos de minha irmã e eu fiquei ali sentada pensado em Tinker ela conhecia muito bem a rainha e era da realeza, meu Deus como eu sou lerda o criado a chamou de princesa, ela deve ser minha irmã se ela for mesmo pelo menos eu já gosto de dois dos meus familiares Regina e Tinker, pois Killian eu tinha nojo e princesa Selena eu nem conhecia alguns minutos se passaram e vieram me chamar dizendo que Regina me chamava.

Fui ha sala do trono, e quando entrei eu era alvo de todos os olhares, Regina me estendeu a mão e eu a segurei e fiquei ao seu lado.

X

Tinker

Acordei cedo e depois dos meus rituais de beleza tomei o café no quarto mesmo, fiquei um tempo sozinha e resolvi ir atrás de Zelena pra quem sabe ela me dar um pouco de atenção ou ate mesmo ir ver Diana.

Bati na porta do quarto de Zelena e ela mandou entrar.

– Bom dia minha querida. – disse o abraçando por trás ela estava terminando de vestir sua farda.

– Ola irmãzinha. – ela disse se virando e dando um beijo no topo da minha cabeça.

– Como você está hoje? – disse colocando as mãos nos seu rosto, ela ainda estava péssima com o casamento da Diana e Killia. e me contou toda a história meu irmão Killian era um mostro e nunca prestou e disso eu sempre soube.

– Estou levando , mas minha irmã podemos continuar nossa conversa em outro momento tenho algumas coisas pra resolver com a tropa, coisa importante.

– Tudo bem pode ir, eu vou ficar aqui abandonada e triste. – disse fazendo carinha de dó sem sucesso.

– Depois eu te dou atenção sua mimada. – ela disse rindo e saiu e eu fui logo atrás dela resolvi ir ate o quarto de Diana talvez Killian já estivesse de pé e não se importasse, apesar de eu já ter feito outras visitas pra ela e ele ter ficado extremamente nervoso com a situação, mas eu ia e ele não podia fazer nada contra mim. Cheguei na porta do quarto que ficava do lado leste do palácio e escutei.

– Eu tenho nojo de você Killian! Me largue!

– Você é uma inútil Diana não presta pra ser minha mulher, agora quem não quer mais sou eu.

Resolvi não ir até lá, pois Killian podia ficar mais nervoso com ela, Killian era um monstro não sei como conseguia tratar Diana assim ela era tão linda e doce, o pior é que não podia fazer nada e principalmente não podia contar pPra Zelena pois Isso a deixaria pior.

Estava caminhando pelo castelo quando avistei uma linda moça morena, alta e muito bonita ela chorava e estava muito distraída, me aproximei e ela nem me viu e trombou em mim, resolvi alegra-la um pouco e comecei a puxar assunto. Nos conversamos durante alguns minutos e eu já sabia que seriamos amigas parecia que eu a conhecia e ela me lembrava muito alguém, ela era mais uma mulher que sofria por amor e quando iriamos conversar mais um dos guardas chegou e eu tive que ir falar com Regina, mas agora já sabia o nome da minha mais nova amiga e era Bella.

X

Regina

Meus irmãos já estavam todos presentes e eu iria contar a historia da nossa irmã.

– Vocês devem estar se perguntando porque chamei todos vocês aqui então vou direto ao ponto. – disse de uma vez.

– Ai Regina não precisa de tanta formalidade, nos somos seus irmãos. – Tinker disse toda bonitinha essa minha caçula era fogo e me derretia só com um sorriso, dei risada do seu comentário e ela veio me abraçar e ficou aninhada em meu peito enquanto eu prossegui.

– Não sei se vocês se lembram da nossa irmã Amélia que numa noite desapareceu e nunca mais sabemos o que aconteceu com ela. – disse e eles me olharam confusos.

– Eu me lembro dela, nos tínhamos diferença de pouca idade. – Zeleba falou.

– Agente sabe que com certeza ela está morta Regina. – Killia . disse. – E se você me chamou aqui pra falar de mortos eu estou de saída tenho muito o que fazer.

– Onde quero chegar – disse cortando Killia esse meu irmão me dava nos nervos as vezes – depois de todo esse tempo eu a encontrei Amelia esta viva e se tornou uma linda mulher. – quando disse isso Zelena sorriu e Killian me olhou com espanto.

– Pelos deuses Carlisle onde ela esta? Como você a encontrou? – Tinker disse me soltando e me olhando ansiosa.

– A Amélia tinha a mesma marca que eu nas costas e ontem quando fui me deitar com uma das moças do arem ela tinha a mesma marca e foi assim, depois disso tive certeza que era Amelia. – meus irmãos começaram a me encher de perguntas e eu mandei buscarem Bella e ate Killian se mostrou interessado em saber da nossa irmã.

Alguns minutos depois Amelia que agora era Bella entrou e eu lhe estendi a mão e ela veio na minha direção parecia um pouco assustada e eu dei uma leve apertada na sua mão para encoraja-la e ela sorriu tímida.

– Aqui esta nossa irmã Amélia que prefere agora ser chamada de Bella que foi o nome que as pessoas que a encontraram lhe deu e essa noite teremos uma grande festa pra comemorar a sua volta pra casa. – eu disse alegre e nisso Tinker já veio feliz pra cima dela e todos menos Killiam falaram com ela, ele parecia assustado e saiu sem ao menos lhe dirigir a palavra e eu estranhei isso.

...

A festa estava a mil maravilhas tudo perfeito, não foi nada muito grande apenas para a corte real e empregados do castelo e depois dos anúncios sobre Bella a festa seguiu animada, tinha um grupo de dançarinas do reino pra animar e eu estava encantado louco pra ter qualquer mulher na minha cama resolvi beber pra esquecer certas coisas do passado.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...