História Por ele, eu faço... - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Boruto Uzumaki, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Kakashi Hatake, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Personagens Originais, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara
Tags Artes Marciais, Naruto, Romance
Exibições 16
Palavras 809
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Famí­lia, Ficção, Luta, Magia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Leiam😍

Capítulo 5 - Capítulo IIII


Assim que cheguei em casa, Naruto E minha mãe tentavam acalmar meu pai.

-Naruto Hinata disse que está vindo pra cá.

-O...ok, olha Sasuke ela chegou sem nenhum arranhão nem marca.

-Mãe,  Boruto e Mitsuk, onde eles estão? 

-Acho que no terraço. 

Subi as escadas e só vi Mitsuk, me sentei no banco e ignorei o fato dele estar lá,  do nada ele me envolveu em seus braços e disse.

-Eu te amo.

Senti minhas bochechas corarem, olhei para o lado e vi que nossos rostos estavam a milímetros um do outro, eu podia sentir sua respiração, senti o rosto dele se aproximar, em poucos minutos nossos lábios já estavam se encostando.

-Saia de perto dela!

Quando me virei dei de cara com o meu pai, e Boruto.

-O que pensa que está fazendo com a minha filha?!Não encoste nela.

-Pai!

-Que tá. 

-Não! eu faço o que eu quero.-Após dizer isso puxei Mitsuk pra mim eo beijei, pelo canto do olho vi meu pai ferver de raiva e uma aura roxa se formar em volta de seu corpo, o mesmo acontecia com Boruto,  assim que me separei meu pai desmaiou, e minha mãe foi socorrê-lo . 

-Então, isso significa que...

-Mitsuk vou pensar amanhã eu te dou uma resposta.

-O que.? vai ficar com ele? 

-Boruto, se eu quiser eu fico.

-Aff, eu vou embora. 

-Boru...

Me deitei e fui dormir.

-Sakura.

-Sim, Sasuke? !

-Desculpe, por...

-Não tem por que se desculpar, mas me diga uma coisa o que deu em vc?

-É que Sarada e tão rebelde, tão imprudente.

-O que vc queria? ela puxou isso de vc, ela pode ser tudo isso, mas ela sabe se cuidar, ela já independente.

-Eu tá amo inrritante.

-Vai mesmo começar com isso?!se quizer dormir no sofá repita.

Sasuke se deitou em cima de Sakura e disse beijando seu pescoço. 

-Para, eu sei que quando eu durmo no sofá vc vai lá me ver.

-Não vou não. 

-É não vai, mas é por que hoje eu durmo só com vc.

-PAREM COM ESSA PEQUENA EU DURMO NO QUARTO DO LADO.

-Sasuke...

-Ah,ah,ah...DESCULPE QUERIDA.

Foi uma das primeiras vezes que Sasuke sorria, era algo raro, mas que cada vez que acontecia era insplendido, ele tinha um lindo sorriso.

Assim que o dia chegou sarada ficou na cama, resolveu não sair, nem ir para o treino, estava tudo indo como o planejado, mas tudo que é bom dura pouco.

(Ding,dim)

-Mitsuk?

-Eu vim saber se vc quer dar uma volta comigo?

Dei um sorriso e disse, o puxando para dentro.

-Claro, entre, eu vou me trocar.

Algo em mim estava estranho subi as escadas e fui para o meu quarto soltei os cabelos e coloquei a bandana um pouco para traz, vesti um vestido preto, com um short bem curto bebê por baixo.

-Vamos?

-Sim.

Andamos até uma barraca de sorvete, e nos sentamos em uma mesa que tinha do lado de fora.

-Sarada sobre ontem...

Eu me inclinou e dou um se linho,  isso foi surpreendente até para mim, mas respirei fundo e disse.

-Eu não tenho certeza, mas eu quero tentar.

-Certo, então estamos juntos?

-Isso responde sua pergunta.

O puxei com mais intensidade eo beijo foi quente, assim que nos separamos vi meu pai.ele negou coma cabeça mas mandou um sinal de positivo.Continuamos a andar por mais alguns metros, onde fomos interceptados por Inojin e Himawari, ela era uma garota nova na aldeia, mas que mexia com o Inojin no lugar certo.

-Olá sarada , fala pra Himawari...

-Aí,  eu não aguento mais vc Inojin. 

Ela puxou ele pela gola da camisa e o beijou, depois disso saiu andando.

-Himawari espera.

Chegamos a montanha dos grandes Hokages, nos sentamos na cabeça de pedra do Minato ele era o pai do Naruto que morreu ainda quando o Naruto era bebê.

-Sabe Sarada, vc acha que quando os outros souberem vai ser ruim?

-Sei que assim aquele príncipe me esquece.

-É o Boruto.

Levei um choque de realidade, desde de ontem ele não falou comigo, acho que ele realmente ficou magoado, e eu também deveria ter pensado, fiz aquilo sem ter pensado nele, mas agora não era hora para ficar pensando no que aconteceu e sim ver como vai ser daqui pra frente.

-Sarada, eu tenho que ir.

-Pode ir, vou ficar aqui um pouco mais.

-Até. 

Não demorou muito para que minha paz acabasse.

-Sarada.

-Ritsu?!

-VI que está de namorado.

-Sim, espero que agora me esqueça. 

-Não! vc é um anjo não vou desistir tão fácil,  mas pelo que posso ver Mitsuk não está botando fé no seu relacionamento.

-O que vc quer?!

-Quero que seja minha, o Hokage não te contou o real motivo para mim vir até aqui, a minha noiva será um tratado de paz com a aldeia da folha.

-E o que eu tenho a ver com isso!?

-Tudo. caso não aceite se casar comigo, eu mesmo vou encarregar o meu exército de destruir tudo, e quem sabe vc não veja mas o Boruto.

-Você não pode, eu já tenho alguém.

- Acabe com esse teatro, todos sabem que é ao filho do Hokage que vc ama, vc tem 15 dias até eu partir, até lá quero uma resposta.


Notas Finais


Desculpe o capítulo pequeno o próximo será maior.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...