História Por ele... (Long imagine-Chen EXO) - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, Tao, V, Xiumin
Exibições 175
Palavras 2.343
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie
LEIAM AS NOTAS FINAIS

Capítulo 6 - Brigas de familia...


Fanfic / Fanfiction Por ele... (Long imagine-Chen EXO) - Capítulo 6 - Brigas de familia...

  Pov S/n
"Claro, qualquer coisa"

"Posso ficar na sua casa?"

  Jongdae ficou sem responder por um tempo, ele devia estar pensando.

   "Porquê?"

   "Brigas de família!"

  "Claro amor, quanto tempo precisar, passo pra te buscar aí que horas?"

  "As duas da manhã"

  "Mas por que esse horário?"

  "Depois eu te explico, tchau"

  "Tchau"

  Aproveito para responder as de Jungkook.

  "S/n eu preciso falar sério com você!"

  "Pode fala"

  Não demorou muito e ele respondeu.

  "Mas é algo sério tenho que falar pessoalmente"

  "Então tá, mais tarde eu passo aí na sua casa"

  "OK"

  Ouço alguem bater na porta e murmuro um entra, era Jin, me chamando para descer pra jantar, percebo uma certa desaminação em sua voz, mas ignoro e desço. Durante o jantar não se foi falado do incidente de hoje a tarde, na verdade todos estavam meio tristes, quando fui subir para o meu quarto após o jantar, omma ficou um cinco minutos me abraçando e dizendo que me amava mais que tudo nesse mundo, esse dia está ficando cada vez mais estranho.

   Subo para meu quarto, pego uma bolsa e começo a colocar umas roupas, outras coisas que eu iria precisar e todas as minhas economias da minha vida, deito na minha cama e vejo o horário já eram 11:55 da noite, quando terminei de arrumar tudo, vou para o banheiro e tomo um banho, um bem longo para ver se eu conseguia colocar todas as emoções no lugar, saio do banho faço minha higiene e coloco uma calça skinny preta, uma blusa cinza, um moletom também preto e meu all star preto, o objetivo da noite era me camuflar, olho o horário novamente e são 1:10 da manhã.

  O sono já quase tomava conta de mim, mas não deixo ele vencer, vou até a cozinha e pego a carteira de appa, que ele deixava em cima do balcão, pego todo o dinheiro que eu encontro que deveria ser pouco, devia ter uns 100 wons, volto para o meu quarto e fico o observando, como eu iria sentir saudades desse lugar, passo a mão sobre as marcas de altura minhas e de Jin, que tem na porta do meu armário, lembro dessa época sempre fazia de tudo para ser mais alta que Jin, mas ele sempre ganhava, também né ele era mais velho e tals, lembro da primeira vez que Jin dormiu aqui comigo, por eu estar com medo da chuva, appa e omma não estavam em casa, Jin disse que ouviu meu choro e decidiu vim ver se eu estava bem, aconteceu que ele passo o resto da noite no meu quarto me confortando.

   Lembro quando Jungkook veio aqui a primeira vez, eu "sem querer" empurrei ele da cama, o fazendo quase quebrar o braço, mas ele revidou e me puxou junto, fazendo eu também quase quebrar o braço, sorrio com essas lembranças, lembro também a primeira vez que appa e omma, brigaram feio, eu tinha dez anos e Jin treze , ele ficou o tempo todo do meu lado, como um verdadeiro irmão e melhor amigo, naquele dia appa saiu batendo a porta com força, coisa que ele nunca fazia.

  Como sempre tem coisas boas e tem as más, mas eu nunca vou me esquecer desses momentos, a partir do momento que eles ocorreram viraram parte da minha história e eu jamais os esqueceria. Sinto meu celular vibrar dentro do bolso da calça, o pego e é uma mensagem de Chen.

  "Já cheguei, estou te esperando aqui fora bjs"

  Saio pela janela do quarto novamente, desça vez mais calma, com medo de acordar alguém e tudo dar errado, vejo o carro de Chen parado um pouco mais a frente, vou até lá e entro.
 
  Pov Narrador
  Havia uma pessoa observando um pouco mais de longe, observando com um grande sorriso no rosto, tudo estava dando certo, só faltava colocar em prática a fase 2!

  Pov S/n
  "Vai me explicar oque houve?"-disse depois de me dar um beijo-

  "Nossa nem fala oi"-digo fingindo indignação-

   "Oi amor da minha vida, será que você poderia me explicar oque houve?"-perguntou sarcástico-

  "Depois, primeiro precisamos passar em um lugar"-digo-

  Passo para ele o endereço que eu tanto conheço, que eu fui tantas vezes, quando chegamos disse para Jongdae esperar no carro, que eu teria que ir sozinha, subo pela escada de incêndio do prédio, dando leves batidas na janela do apartamento.

  "S/n entra!"-disse kook-

  "Obrigado"-digo entrando no quarto-"Oque você precisa me contar?Mas primeiro eu tenho que te contar uma coisa"

  "Fala"

  "Eu estou fugindo de casa!"

  "Oque?Porque?Com quem?Aonde você vai ficar?"-ele começa a e metralhar de perguntas-

  "Eu vou pra casa do Jongdae meu namorado"

  Pov Jungkook
  Quando ela disse que ía para casa dele, quase ouvi meu coração se quebrar, todas as esperanças que eu tinha irem embora, demorei de mais ela já tinha alguém!

  "Oque você queria me dizer?-perguntou-
 
  "Nada"-menti-

  "Jungkook por favor"-disse chegando mais perto de mim-"Não conte isso pra ninguém! Posso confiar em você?"-assinto-"Você vai ser sempre meu melhor amigo"-disse me abraçando-

  É, sempre apenas amigos!

  "S/n espera!"-disse quando ela estava quase saindo pela janela-

  "Oque foi?"
 
  "É...Seja feliz com o Jongdae"-invento uma desculpa-

  "Obrigado, eu vou ser kookie"-disse sorrindo e saindo-

  Pelo menos uma ultima vez vi o sorriso que tanto amo, adeus S/n nunca vou me esquecer de você!

  Pov S/n
  Entrego no carro e Jongdae me encarava curioso.

  "Com quem você foi falar?"-perguntou ele-

  "Com um irmão"-sorrio ao lembrar minhas aventuras com kook-

  Fomos para a casa de Chen, chegando lá estava tudo apagado, só tinha de novo aqueles seguranças no portão.

  "Pra que tanto proteção? Você é o presidente?"-pergunto-

  "Digamos que eu tenho muitos inimigos"-me explicou-

  Jongdae pegou as minhas coisas e entramos na casa, tudo estava apagado, seus amigos deveriam estar dormindo a esse horário da noite, Chen foi me guiando pelos corredores escuros e longos de sua casa, até chegarmos no seu quarto.

  "Pode ficar o tempo que precisar"-disse colocando minhas coisas em uma cômoda que tinha ali-

  "Acho que posse me acostumar"-digo olhando em volta-

  Chen sentou na cama e deu dois tapinhas do seu lado, fui até lá e deitei de costas para ele, Chen pegou a coberta e nos cobriu, logo depois chegando mais perto de mim e dormimos de conchinha.

É realmente posso me acostumar com isso!

  Pov Jin
  Hoje acordei mal, a S/n seria levada para o internato, ela é a minha irmãzinha, a pessoa que mais me apóia nessa casa e na nossa família, como posso ficar sem ela, ando até a cozinha, appa e omma já estavam lá, mas S/n ainda não tinha acordado, pelo menos ela poderia ter uma última noite de sono digna.

  "Bom dia"-falou omma meio desanimada-

  "Ainda não concordo com a decisão de vocês"-reafirmo a minha opinião-

  "Esse é o melhor para ela agora"-disse appa bebericando seu café-

  "Talvez se o senhor não tivesse nos escondido a verdade, ela não precisa-se ir!"-rebati-

  "Foi para a proteção de vocês"-falou appa sem tirar os olhos de seu querido jornal da manhã-

  "E para a proteção dela você vai manda lá, para estudar em um internato de freiras em outro estado?"-perguntei indignado-

   "Você não entende!"-falou appa-

  "Será que o senhor poderia me olhar nos olhos e dizer que está mandando sua filha caçula para estudar em um internato em outro estado por que mentiu para toda a sua família!?"-disse exaltado-

  "Você não sabe oque é melhor para ela, eu sou o pai dela, não você!"-disse gritando-

  "Então comece a agir como tal"-grito de volta e me levantando-

  "Olha aqui..."-disse appa se levantando também e se aproximando de mim-

  "Parem vocês dois"-falou omma-"Vou atender a porta"-disse enquanto a campainha tocava insistentemente-

Sentei novamente na minha cadeira, começando a tomar café da manhã, não quero ver a cara de decepção e raiva da S/n, quando ela passar por aqui.

  "Podem ficar aqui, eu vou acorda-la"-disse omma-

  Com ela estavam uma freira e dois seguranças, ou sei lá, vestidos inteiramente de branco, como se fossem de um hospital.

  "Olha eu sou Song Joong-ki" -disse appa fazendo uma pequena reverência a eles- gostariam de comer alguma coisa?"-todos negaram-

  "Não se preocupe, senhor Song, sua filha vai voltar totalmente nova"-disse a freira-

  "Eu espero que sim!"-respondeu appa-

  Ouvimos um grito do andar de cima, omma desceu as escadas correndo e quase caindo, quando chegou em baixo estava ofegante e não conseguia falar.

  "Hye-Kyo respira e depois fala"-ordenou appa-

  "S/n...ela fugiu!"-quase gritou omma-

   "Droga"

  Appa foi até o balcão e olhou sua carteira, pegou seu celular e discou algo.

  "Jin Goo, aqui é o Joong-ki, a S/n fugiu, vamos nos encontrar, leve o Jeon, vai que ela saiba de algo... Ta até"-disse desligando-

  "Eu vou com você"-disse-

  "Não"

  "Eu sei tudo sobre a S/n, posso ajudar"-com o olhar de desistência ele concordou e fomos para o carro-

  Pov Jungkook
  Estava dormindo tão gostoso e quentinho, mas appa veio até mim, me chacoalhando e consequentemente me acordando.

  "Oque foi"-digo ainda meio sonolento-

  "Jeon levanta a S/n fugiu, você vai nos ajudar a acha-la"-disse appa-

  Não pensei que ela realmente iria pensei que estava só blefando. Levanto em um piscar de olhos e já começo a me trocar, faço minha higiene matinal, vou até a cozinha pego uma maçã para ir comendo no caminho e ando até o carro.

  "Espero que você não esteja metido nessa Jeon Jungkook"-dizia appa durante o caminho-"Eu disse que essa garota era mal caminho"-repetiu literalmente durante todo o caminho-

  Chegamos em um lugar, que eu não reconheço qual era, não era a delegacia e também tinha pessoas diferentes, mais ao mesmo tempo que eu sentia que já tinha visto, Yoongi, Jimim e Jin, também estavam lá. Eles fizeram a gente sentar no chão como se fossemos crianças de castigo e ainda tinha pessoas nos olhando.

  "Algum de vocês sabe aonde a S/n foi?"-perguntou Joong-ki-

  "Não"-falaram os outros em uníssono-

  "Jeon"-falou appa-"Aonde ela está?"

  Acho que vou me aproveitar dessa situação...

  "Em um lugar não tão longe, mas nem tão perto"

  Não sei da onde tirei essa coragem, só sei que estou gostando.

  "Aonde ela está?"-gritou Joong-ki-

  "Com um conhecido recente para nós"-rebati calmo-

  "Ela está com aquele garoto não está?"-perguntou appa-

  "Quem sabe!"-impliquei-

  "Jeon ela pode estar em perigo!"-disse appa-

  "Mas não está!"-digo-

  "Como você sabe que não?"-perguntou Joong-ki agora mais calmo-

  "Não sei...Mas sei que a S/n sempre sabe oque esta fazendo, já parou para pensar nisso?"-falei-

  "Ela só tem 17 anos"-tentou me convencer Joong-ki-

  "18, nem sabe a idade da própria filha, que errado"-falei fingindo indignação-

"Jeon Jungkook"-gritou appa-"Pare com essa petulância e diga logo aonde a menina está!"

  "Eu também não sei"-menti-

  "Perdemos todos esse tempo, com os joguinhos de um garoto de quinze anos!"-gritou um homem que estava lá-

  "Dezoito, eu tenho dezoito"-falei-

  "Jeon, olha como você trata os mais velhos"-falou appa-

  "Você já viu como tratam seu filho de verdade?Que ele não tem nenhum amigo na escola e a única que ele tem está desaparecida em algum lugar por aí"-gritei-

  "Eu...eu não sabia"-falou appa-

  "Deixa pra lá, eu não me importo mais...Só digo uma palavra pra vocês... Jongdae!"-disse-

  "Pesquisem no banco de dados do país, sobre ele"-disse Joong-ki-

  "Mas pra que tanto desespero pra achar a S/n?"-perguntou Jimim-

  "Meu appa disse que ela se meteu em uma enrascada enorme"-disse Yoongi-

  "Talvez ela saiba de informações que precisamos muito"-disse appa-

  Pov S/n
  Acordo com o sol batendo no meu rosto, por causa da cortina aberta, pego meu celular e vejo que já são 10:30, começo a me remexer, para achar uma boa posição pra voltar a dormir.

  "Se você continuar se mexendo assim vamos ter um problema daqui a pouco"-disse Jongdae ainda de olhos fechados-

  "Desculpa"-digo parando de mexer e fecho os olhos-

  Estava quase dormindo, quando entra alguém no quarto.

  "Jongdae você não vai levantar nunca!"-gritou após ver eu ali-

  Em menos de segundos já tinha muitas pessoas dentro daquele quarto, reconheço ser os amigos do Chen.

"Chen seu safado já dormiu com ela"-falou Luhan me fazendo ficar corada-

  Chen e eu sentamos na cama.

  "Não"-gritou Chen-

  "Sério oque é isso então?"-perguntou Yixing, apontando para o meio das pernas de Chen-

  Fico ainda mais corada, ao ver que ele estava muito excitado.

  "Parece que você está com um problema"-disse Kyungsoo, fazendo Chen tampar sua ereção com o travesseiro-

  "Saiam daqui"-disse Jongdae quando todos os seus amigos começaram a rir-"Andem logo"-apressava eles para saírem logo do quarto-

  "Desculpa"-disse depois que todos saíram do quarto-

  "Eu disse para você parar de se mexer"-falou Chen me fazendo rir-"Quer me ajudar com o meu problema?"-perguntou com um sorriso malicioso-

  "Claro"

  Disse subindo em cima dele e grudando bem o nosso rosto, passo a mão por toda a extensão de seu membro, ainda cobrido pela roupa, paro na glande.

  "Sabe uma coisa?"-ele murmura um Huum..-"Você tem mão pra que!?"-disse saindo de cima dele e correndo para fora do quarto-

  "Você me paga S/n"-gritou ele-

  Chego na cozinha não notando que todos estavam lá.

  "Deixou ele na mão, né?"-perguntou Zitao, me assustando -

  "Deixei"-respondi simplista-

  "Boa garota"-disse Baekhyum-

  "Oque você está fazendo aqui?"-perguntou Suho-

  "Junmyeon"-repreendeu Minseok-

  "Eu só queria saber Hyung"-falou Suho-

  "Tudo bem, eu tive uns problemas de familia e não tinha aonde ficar, perguntei pra Chen se eu podia ficar aqui e ele deixou"-resumi a situação-

  "Hoje se o Jongdae estiver de mal humor, já sabemos de quem é a culpa!"-disse Sehun apontando pra mim e me fazendo rir-

  Pov Joong-ki
  Ainda encaravamos Yoongi, Jin, Jungkook e Jimim, quando um soldado veio até mim e disse que o Jongdae que eu pedi pra ele procurar nos registros, não existia, isso me faz pensar que a S/n está metida em algo muito maior que ela não sabe.

   "Jungkook por favor, eu te peço, não eu te imploro"-digo me ajoelhando na frente dele-"Me diz aonde a minha menininha está?!"

   "Desculpa ahjussi, ela me fez prometer que eu não contaria e eu sou um homem de palavra"-disse Jungkook quebrando todas as minhas esperanças-

  "Admiro sua atitude Jeon"-disse me levantando-"Vocês já sabem oque fazer, todas em suas posições"-digo vendo todos me obedecerem-


Notas Finais


O Jungkook e a S/n já são formados, eles estão naquela fase de escolher uma profissão, no Brasil seria tipo quando vão fazer o enem.
Só isso mesmo.
Tchau <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...