História Por onde o amor se esconde? ❤ - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~Manuelle

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber
Tags Drama, Romance
Exibições 1
Palavras 683
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olha elaaa 💋❤

Capítulo 3 - Novo lar 🏠


~ Narrador~
Justin- vamos Jaxon, já está quase anoitecendo-

Jaxon- já vou jus, deixa eu ir no escorrega- disse subindo no mesmo

Justin- Ok,mais rapidamente -ajudando o mesmo

Depois dele ir ao escorregador, jus levou o irmão ao MC e depois foram para a casa, já era 19:34 já estava anoitecendo no Canadá, Manuelle chegou a um pouco tempo está em sua nova casa descansando (as cidades são perto)

~Manuelle~

Acordei com o meu cel tocando e vi que era a minha mãe, atendi a mesmo e fiquei um bom tempo conversando com ela, desliguei e pensei, pensei, já sei, vou conhecer alguns locais, me levanto e vou indo logo para o banheiro, me despi e tomei um banho de banheira calmo, fiquei um bom tempo me relaxando e acariciando a minha pele, sai e coloquei o roupão.

Eu- aí que fome- falei sozinha e comecei a me vesti, como estava um friozinho agradável coloquei uma calça jeans, um casaco de frio grosso e uma bota de salto, deixei meu cabelo solto e passei rímel e um Baton rosa qualquer, como eles deixaram um carro aqui para eu poder me deslocar sai de casa trancando a mesma e indo em direção ao carro, entro, travo e ligo o mesmo, acelero e vou indo em direção a não sei onde.

~Justin~

Eu- chegamos -entrando em casa
Jaxon- mamãe, mamãe -correndo pela a casa a procura de sua mãe.

Ouço meu celular tocar e atendo o mesmo.

Eu- fala cara de pau
Chaz - eai cuzão, bora galpão hoje?
Eu- claro pô, aproveitando esses meus dias de folga- disse subindo as escadas e indo em direção ao meu quarto .
Chaz- blz, 00:23 eu e o meninos vamos até aí e saindo juntos
Eu- blz cara, até mais.- me deito na cama e acabo pegando no sono.

~munuelle~

Estava dentro de um super mercado comprando quase 500 reais só de comida, preciso me garantir por que não vou ter mais tempo de ficar indo para o mercado quando eu entrar de todo o jeito na vida dele, caminho distraída e acabo batendo em alguém derrubando algo dele(a) no chão.

X- olha pra frente krl
Eu- desculpa - levantei meu olhar e vi uma menina morena de cachos linda em minha frente
X- desculpa, eu também estava distraída.
Eu- tudo bem, estamos desculpadas- rimos.
X- desculpa, mais qual o seu nome?-
Eu- Manuelle mais pode me chamar de manu, e o seu?
X- Kiara - sorrindo - bom vou indo, até mais manu.
Eu- até ki - disse saindo e indo em direção ao caixa, fiquei um bom tempo no mesmo e passando as minhas coisas que deu um valor alto, peguei tudo e coloquei dentro do carrinho empurrando para o estacionamento, destravo o carro e coloco tudo no poeta mala, fexo o mesmo e entro no carro e dou a partida indo em direção ao meu AP.

~Justin narrando~

Acordei com a cabeça doendo e suando frio, tive um sonho bem estranho, era uns cara todos de pretos com luvas, casacos pretos e tocas na cara deixando só os olhos de fora, estava amarrado em um cativeiro com uma menina ao meu lado mais não conseguir ver o rosto da mesma, e sim ouvia ela gritando por está te torturando, ela falava que eles vão nos achar, mais quem são eles? Quem é ela? O que querem comigo? E depois tudo fica calmo, não sei como mais ela conseguiu se desamarrar e pegar uma metralhadora e atirar em todos os caras que estavão naquele lugar, ela veio até a mim e me dessamarou me abraçando forte e me dando beijos na boca no rosto, e eu? Eu reagia e abraçava com força, ela dizia, "acabou meu Amor, eu disse que iria te proteger e não deixar ninguém te matar"eu chorava feito bebê abraçado com ela e ela também, que tranquilidade naquele abraço calmo que parece que já senti e já beijei ela pelo o gosto da boca dela ficar na minha, Calma Justin, foi só um sonho idiota, vou tomar uma ducha que Jajá tem.



Notas Finais


Oi lindas, quer que eu posto mais? Cometem e me ajudem, vem coisas novas por aí ❤ looove you
Xoxo 💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...