História Por que eu te amo? - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7
Personagens BamBam, Jackson, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, JR, Jungkook, Lisa, Mark, Rap Monster, Rosé, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Exibições 76
Palavras 1.477
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Hentai, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Colega de quarto


Fanfic / Fanfiction Por que eu te amo? - Capítulo 4 - Colega de quarto

*alarme tocando*ooo

- Mas já ? Affs. Falei

Me levantei para ir a faculdade. Desci e minha mãe estava lá, na cozinha.

-Você trate de se comportar bem! Porque eu não vou mais te ver. Até que eu vou sentir sua falta... Minha mãe disse.

- Nossa, como assim você não vai sentir minha falta? Eu falei num tom brincalhão.

- Não me acostumo com essa sua mudança. Ela disse.

- Entendo. Falei. - Pode ficar tranquila.

Abracei ela. Por um momento todas as palavras de Jisoo ecoaram pela minha cabeça. Eu deveria contar que fiz um convite para a avó dela morar aqui sem permissão dos meus pais. Mas foi instantâneo. Eu não sabia o que falar.

- Mãe. Falei ainda abraçados.

- O quê? Ela perguntou.

- Sabe a Jisoo? Perguntei.

- Sei. O que tem ela? Ela perguntou.

- Ela descobriu quem matou a mãe dela de verdade. Falei

- Quem matou a mãe dela??! Ela perguntou afobada.

- O pai dela mãe, o pai dela. Falei

- O pai dela?!! Ela falou.

-Sim e ela está com medo que ele a machuque e a a avó dela. Por isso falei a ela que ela podia deixar sua avó morando no meu quarto e ela vai pra faculdade comigo, já que eu vou morar lá mesmo.

Ela olhou para mim. Eu senti um olhar de repreensão. Ela pensou um pouco e disse:

- T-tudo bem quanto a isso. Só porque ela é muito sua amiga e eu gosto dela e da avó dela. E porque elas estão em situação de risco... Ela disse.

Nunca tinha visto a minha mãe tão calma. Era até estranho.

-Obrigado, mãe!!! Falei entusiasmado

- É melhor você parar de agradecer e se trocar pra não se atrasar pra faculdade. Ela disse.

- Ta bom. Falei

Quando eu estava subindo as escadas ela disse:

- Por nada, filho.

Sorri de volta.

Corri as escadas para me trocar. Aquela escola tinha mais ou menos um "uniforme". Camisa de manga comprida Branca, gravata azul escuro e uma calça... Acho que podia escolher. Peguei minha mochila e desci correndo, porque meu pai que iria me levar.

Entrei no carro, minha mãe estava na porta.

-Tchau filho! Ela disse acenando.

- Tchau mãe, vou sentir saudade! Falei.

Eu não pide ver sua reação, meu pai começou a dirigir e passou a minha casa. Enquanto ele dirigia ele falava um monte de coisas sobre não fazer bagunça, acordar atrasado, não estudar. Eu só concordava.

- Chegamos na sua nova casa! Meu pai falou brincando.

- É. Falei.

Rimos.

Desci do carro e meu pai disse:

- Tchau filho, saudades.

- Tchau pai. Falei

Dei um sorriso e fui para as portas da faculdade. Eu achava que era mais pra uma universidade, mas tudo bem.

-Olá. Uma garota de cabelos alaranjados me cumprimentou.

-Oi! Falei

-Como você se chama? Ela me perguntou

-Jimin, e você? Perguntei a ela.

-Rosé. Ela me respondeu. - Você vai estudar na minha sala. Nossa professora mandou eu chamar algum aluno novo de cabelo preto. Vejo que é você.

- Sim, deve ser eu. Sou novo aqui! Falei alegremente.

-Sim, você pode me acompanhar? Ela perguntou.

- Sim, para onde? Perguntei.

- Para a sala de aula, daqui a pouco já toca o sinal. Ela disse

- Tudo bem, vamos. Falei.

Ela sorriu. Comecei a segui-la.

Fomos até o terceiro andar, em um fundo de corredor havia uma sala.

- Sala 3... Sussurrei.

Ela abriu a porta.

- Bom dia professora! Ela disse entusiasmada.

Fiz a mesma coisa que ela.

- Bom dia professora! Falei também

- Bom dia alunos! Ela respondeu.- Você é o aluno novo certo?

- Sim, sou eu. Falei.

- Seja bem vindo. Na parte da tarde Rosé de mostrará a escola e o seu quarto, tudo bem? Ela disse.

- Sim, obrigado. Falei.

- Seu colega de quarto... Ela falou revirando papéis. - Seu colega de quarto vai ser o Min Yoongi

- Tudo bem. Falei.

- Já podem se sentar. A professora falou.

Percebi que no fundo da sala lá estava Rosé acenando para eu sentar ao lado dela. Fui até lá e sentei. O sinal tocou. Os alunos começaram a entrar. Um garoto alto, loiro e bem malhado entrou na sala e sentou um pouco a frente do que nós.

- Ei. Rosé sussurrou.

- Sim? Perguntei falando baixo.

- Não mexa com esse cara, ele e sua sua turma são chatos e violentos demais. Rosé falou baixo.

- Tudo bem, obrigado. Como se chamam? Perguntei baixo.

- O cara loiro é o Jackson, o de cabelo meio bagunçado é o Mark, aquele que tá sentado do lado do Jackson é o JB e o que tá atrás do Jackson é o JR.

- Ata, entendi. Falei

Na verdade eu tinha decorado o nome de ninguém da sala e a aula já tinha começado.

- Alunos! Falou a professora. - Quero apresentar a vocês o novo aluno.

Ah, não. O pessoal ia ficar me zoando depois.

-Jimin! Se levante por favor! A professora disse.

Me levantei, dei um tchauzinho pra sala inteira e sentei. Vi Jackson cochichando alguma coisa para os seus amiguinhos ali.

Já havia se passado uma aula e eu não sabia quem era Min Yoongi.

De repente a porta abre com força.

- Professora! Posso entrar? Um garoto perguntou.

- Atrasado de novo Min Yoongi? Eu vou ter que ligar pra sua mãe! A professora falou brigando.

- Não professora, por favor. Me desculpe. Disse Mim Yoongi.

- Já não basta a bagunça que você faz nessa escola e chega atrasado? A professora disse. - Hoje mesmo, eu irei ligar pra sua mãe e perguntar pra ela porque você chega atrasado.

A sala estava em um profundo silêncio.

- Ta bom. Min Yoongi disse.

Ele entrou na sala e sentou na fileira ao meu lado. Olhei pra ele. Ele sorriu, e eu sorri de volta. Ele parecia ser uma pessoa legal. Eu ia ter que gostar dele, seria meu colega de quarto.

A aula correu bem.

- Graças a Deus que acabou. Alguns alunos diziam.

Era hora de ir para os quartos.

- Ei, Jimin! Rosé falou.

- O quê? Perguntei.

- Pega a chave do seu quarto. Ela disse.

Rosé colocou a chave na minha mão.

- Eaí Rosé? Disse Min Yoongi.

- Yoongi, eu não tô de papo hoje! Rosé falou.

- Quem é esse cara, aí? Min Yoongi perguntou.

- É o Jimin, mas nós já estávamos de saída. Rosé falou.

- Relaxa Rosé os colegas de quarto que mostram a escola para os novatos, esqueceu? Min Yoongi falou.

- Argh! Esqueci! Rosé disse num tom agressivo.

Eu só estava ouvindo a conversa e olhando para eles.

- E você, não fala nada? Min Yoongi falou apontando para mim.

- E-r, Oi? Falei.

- A gente vai se dar bem cara, relaxa. Min Yoongi falou se apoiando no meu ombro.

- Jimin! Rosé disse.

- Se você precisar de alguma coisa... Ela disse me entregando um papel. - É só seguir essas coordenadas que do seu quarto você chega no meu, ta?

- Ta bom, obrigado por tudo Rosé. Falei

Ela deu um sorriso e saiu com seu fichário na mão.

-Vem! Min Yoongi disse.

- Pra onde a gente vai? Perguntei.

- Pro quarto. Yoongi falou.

Concordei com a cabeça e o segui. Subimos muitos andares de escada. Os quartos eram no alto.

- Chegamos. Yoongi falou. - A sua cama é a perto da janela. Coloquei minhas coisas em cima da cama. Deitei. Fechei os olhos. Quando abri Yoongi estava muito perto do meu rosto.

- Você é bonito. Yoongi disse.

- Anm... Obrigado? Falei.

Ele começou a rir.

- Engraçado. Falou.

Dei de ombros. Yoongi pegou o Mangá de Diabolik Lovers que estava na parte da frente da mochila.

- O que é isso? Ele perguntou.

- Um Mangá de Vampiros. Falei.

- Você gosta disso? Ele perguntou.

- Gosto, por quê? Perguntei.

- Eu prefiro Zumbis. Ele disse.

Concordei com a cabeça. Mas uma vez ele chegou perto do meu rosto. Eu podia sentir sua respiração. O meu coração começou a acelerar. A minha mão suava. Quando mais eu olhava aquele rosto, mais eu ficava com vontade de chegar mais perto. Eu não sabia o que estava acontecendo. Era a mesma coisa com a Jisoo. Será que eu estava me apaixonando por aquele "Bad Boy" escolar? Aquele jeito. O cheiro. Tudo me deixava louco. Eu sentia vontade de beija-lo. Por quê? Aquilo tudo, eu não sei dizer.

- Você ta bem aí, mano? Yoongi perguntou ainda perto do meu rosto.

- E-u, eu? É eu to bem sim. Falei me afastando do rosto dele.

- Quer ver a escola ? A Rosé não mostra, mas eu mostro, haha. Yoongi falou.

- Pode ser. Falei


Notas Finais


Obrigada por ler ! ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...