História Por que mexe tanto comigo?! - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Got7, TWICE
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, D.O, Jackson, JB, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Mark, Mina, Personagens Originais, Rap Monster, Sana, Sehun, Suga, Suho, V, Xiumin
Visualizações 12
Palavras 1.092
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 20 - "Eu tô aqui agora"


Fanfic / Fanfiction Por que mexe tanto comigo?! - Capítulo 20 - "Eu tô aqui agora"

P.O.V Jin

 

 

-JIN HYUUUUUNG- Jimin grita vindo até a cozinha atrás da minha pessoa.

-Jimin, o que foi que eu já falei sobre entrar na cozinha?! Você sabe que não gostaria de te matar, mas se você derrubar alguma coisa eu serei obrigado a fazer isso!- falo me concentrando em fazer o jantar.

-é o Hobie... Ele disse que quer terminar comigo, só porque eu assisti um episódio de "Stranger things" sem ele!

-SE VOCÊ ME AMASSE TERIA ESPERADO EU ACORDAR... INVÉS DISSO ME TRAIU PELAS COSTAS!!!- ele grita do quarto com voz de choro.

-CARALHO, FOI SÓ UM EPISÓDIO- ele fala indo em direção ao quarto.

 

Eu realmente não sei o que acabou de acontecer...não demora muito para OS DOIS descerem e vir até mim novamente.

 

-Jin, por favor poderia avisar ao Hobie que eu não vou deixar de amar ele por causa de uma porra de uma série!- ele fala segurando o namorado que estava de braços cruzados e com um bico na cara.

-olha a boca!- o repreendo

-desculpa, por causa de um esperma de série... mas eu te amo mais do que tudo meu hopezinho!- ele fala olhando para o seu namorado

-você jura, mochie?- ele fala de cabeça baixa enquanto brinca com os dedos.

-juro juradinho- ele fala e abraça ele.

-meu deus, que viadagem- o Yoongi fala com a cara de Yoongi azedo dele.

-falou o hetéro- falo pra mim mesmo. -agora chame os seus irmãos, o jantar tá pronto

 

P.O.V Kwan

 

Como assim o Byun veio pra cá assim, gratuitamente? os únicos dias que ele PODE vir são nos eventos em família, só... NOS EVENTOS ESPECIAIS DE FAMÍLIA!!!

Não que eu esteja bravo, triste ou alguma coisa do tipo, é que sempre que ele aparece acontece alguma merda.

 

-Baaaaek, como é que tá primão?!- falo totalmente desanimado.

-ah Kwan, para de ser tão chato... Até parece que não gosta da minha presença.- ele dá um pulo do sofá e vem na minha direção me abraçar.

-não é isso Baek...- retribuo o abraço -...você sabe que você é sempre bem-vindo, o problema é quando essas visitas são inesperadas!

-eu vim para o seu aniversário...- ele fala e dá um sorriso quadrado e meio forçado.

-meu aniversário é daqui hà uma semana e meia- separo o abraço -fala logo a verdade... Agora, tipo agora mesmo.

-nem foi porque o Chanyol terminou comigo e disse que nunca mais queria ver minha cara! Foi por um motivo totalmente diferente!- ele fala com uma voz chorosa.

-poxa bacon, por que não me falou antes? Você pode sempre me falar quando tiver com suas dores de corno!- falo irônico

-seu idiota, não me chama de bacon e não foi ele que me traiu, eu que trai ele

-porra, Baek você fala isso na maior cara de pau... Na verdade eu nem sei porque eu tô surpreso!

-mas agora é sério, eu preciso ficar com você... Você é a única pessoa que eu tenho QUASE certeza de que vai me aceitar- ele dá ênfase no "quase"

-vem cá.- puxo ele pra um abraço apertado -pode ficar aqui o tempo que quiser

-até a vida toda?

-Hmmmmm... Talvez eu possa pensar no seu caso.- falo arrancando um sorriso fácil do menor

 

P.O.V Baekhyun

Flashback-ON

 

Acordo com uma uma aparente discussão, e novamente eram meus pais. Desço lentamente as escada e fico quieto observando eles.

 

-QUANTAS VEZES EU FALEI PRA VOCÊ NÃO SAIR DE CASA?!- ele fala encurralando a mamãe na parede. -EM? SUA VAGABUNDA!

 

Ele levanta ela pelo pescoço.

 

-eu só fui comprar comida para o Baek, O SEU FILHO estava com fome.

 

Agora eu percebi que era tudo minha culpa.

 

-NÃO USE ESSE TON DE VOZ NA MINHA PRESENÇA- ele lasca um tremendo de um tapa na cara dela.

 

Eu não aguentava mas ver aquilo

 

-PAI, SOLTA ELA... POR FAVOR- grito desesperado descendo as escadas.

 

Ele logo vira seu olhar pra mim, era insuportável o cheiro de álcool que ele exalava.

 

-filho volta pra cama, por favor- minha mãe sussurra ainda encostada na parede.

-cala a boca, mulher...- ele anda vagarosamente até minha direção, aquilo estava me dando muito medo, eu nunca vi o papai daquele jeito. -por que você não vai pra cama e deixa o papai e a mamãe conversarem?

 

-não, não encoste um dedo nela- falo e vou correndo em sua direção, começo a bater em sua perna... Mas é inútil, ele era diversas vezes mais alto do que eu.

-você chega a ser engraçada, criança.- ele ri e logo depois me dá um soco e depois disso eu não vi mais nada, quando recuperei a consciência só consegui ver vultos... Meu pai estava... Agredindo minha mãe, não só a agredindo... Mas sim a espancado.

Flashback-OFF

P.O.V  Kim Kwan

Acordo com gritos histéricos do Baek vindos da sala, era lá onde ele dorme... Fui correndo, eu me lembro quando éramos pequenos e ele tinha essas crises de sonambulismo 

 

-NÃO PAI, POR FAVOR NÃO !!!- ele gritava isso repetidas vezes enquanto chorava. Isso ainda dormindo

-Baek acorda, tá tudo bem- acordo ele e o abraço com força.

-por favor Kwan, não deixa ele me pegar!- ele fala aos prantos

-não se preocupa, eu tô aqui agora, eu tô aqui pra você Baek...- me sento no sofá junto a ele e começo a afagar seu cabelo e fazer carinho no mesmo, dessa vez a coisa tinha sido realmente tensa, ele ainda chorava muito e se apertava contra o meu peito...

 

Claro que eu sabia o que ele havia sofrido (o que não foi pouco), a final estamos falando do meu tio e eu não tenho um pingo de orgulho de falar isso em voz alta... Seria muita hipocrisia minha dizer que eu sei como ele se sente, mas o que o Baek passou é indescritível. Resolvo ficar ali na sala com ele dessa vez... Ele logo pega no sono e me sinto incapaz de sair dali e deixar ele sozinho e acabo dormindo junto a ele.

Quebra de tempo

 

Acordo com o Byun se remexendo em cima de mim... Estico meu braço e pego meu celular para ver o horário e era... MEIO DIA?!?! Não acredito que eu dormi tanto assim, saio debaixo do Baek sem acorda-lo. Vou correndo para o meu closet procurar uma roupa, daqui a pouco Jin e os meninos iriam passar aqui para um almoço e onde eu vou aquelas meninas não perdem a chance de ir pra encher meu saco, e agora que o Byun tá aqui em casa ele vai ser um convidado a mais.

 


Notas Finais


Idade do Baek no flashback:4
Idade atual:19 também


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...