História Por que você me fez te amar?(Incesto) - Capítulo 7


Escrita por: ~ e ~PoisonGirl_

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Hindeen, Hot, Incesto, Romance
Exibições 304
Palavras 712
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oiii sei que demorei, mas só me liberaram do castigo agora ^^" kkkk pra quem quiser saber do castigo vou deixar na notas finais pra vocês <3 alguns avisos estaram nos comentários

Bjs = Sorry o cap curto 0_0

Capítulo 7 - Beijo no pescoço? ͡° ͜ʖ ͡°


Fanfic / Fanfiction Por que você me fez te amar?(Incesto) - Capítulo 7 - Beijo no pescoço? ͡° ͜ʖ ͡°

– Será que da pra você abaixar isso? -passou a mão pelos cabelos
– Não. -revirei os olhos
– Ah,Becca,por favor -suspirou -Eu quero dormir
– E eu com isso,Tom? - arqueei a sobrancelha
– Sua música, está me atrapalhando. -bufou
– Argh. Eu não vou tirar a música.
– Não,disse que precisava tirar -revirou os olhos
– Okay. Agora larga daqui -empurrei a porta,no intuito de fecha-la mas, Tom colocou o pé,entre ela impedindo meu ato. -O que você quer?
– Você ainda não abaixou. -cruzou os braços,fazendo seus músculos descobertos chamarem minha atenção
– Eu já vou abaixar, Tom não precisa ficar aqui – cruzo os braços o imitando
– Preciso,sim -adentrou o quarto
– Por que?
– Quero estar aqui,quando abaixar o volume. -sentou na cama
Fiquei parada, na porta o olhando,se acomodar em meu quarto. Folgado. É o que ele é, ele acha que vai ficar aqui? Está muito enganado. Fui até ele e dei um tapa em seu braço
– Ai -me olhou assustado - Por que fez isso garota?
– Sai do meu quarto idiota!
– Vai abaixar a música?
– Uhuum...-sorrio falsa
– Então, tá. Abaixa agora. -cruzou os braços
Bufei e fui até o computador, me debrucei sobre a mesinha, abaixando o volume na caixinha de som que ficava ao lado da tela. Virei para encara-lo, vendo Tom com os olhos fixsados em mim
– Que foi? -arqueei a sobrancelha
– Nada não -sorrio de canto e se levantou vindo até mim -Boa noite gatinha -disse ele inclinando-se para me dar um beijo na bochecha acredito eu
Senti seus lábios contra a pele de meu pescoço, depositando um beijo, o que me fez sorrir e morder o lábio sentindo um leve frio na barriga, o que logo se desfez quando o mesmo voltou a olhar em meus olhos
– Boa noite -sorri timidamente
...
Já eram 11hs e Thomas ainda não havia descido, não sei porque eu queria que ele estivesse sentado ao meu lado na mesa, mas eu queria... E muito!
Não sei o que aconteceu comigo ontem, meu irmão só me deu um beijo no pescoço, nada demais.  Ele é meu irmão, meu irmão. É normal, irmãos beijam os pescoços uns dos outros o tempo todo, não tem nada demais.
– Filha?
– Oi?!
– Tudo bem? -perguntou minha mãe – você tá bem? Nem vi você tocar na comida – disse ela analisando-me
– Eu tô bem – fiz uma pausa – só, tô pensando em algumas – dei de ombros
– Que coisas? – Sorriu – É algum garoto?
– Que!? – me exaltei – Não! De onde "cê" tiro isso?
– Tudo bem – fez sinal de rendição – No que tava pesando?
– Na nova escola – menti.
– Hmm – estreitou os olhos – Vai ser legal – sorrio – Tenho certeza de que vai encontrar amigos novos rapidinho – piscou
– Não acho – suspiro – Sabe, não tenho vontade de chegar nas pessoas
– Então faça elas chegarem até você.
– Como assim?
– Depois a gente fala sobre isso – alisou meus cabelos – vai colocar uma roupa daqui a pouco temos que sair e seu irmão desce e te vê desse jeito – disse ela rindo
Eu não via motivos para trocar de roupa, ainda estava com meu pijama – Uma camiseta masculina preta que ia até a metade da coxa e meias brancas com duas listras pretas em cima, que iam até abaixo do joelho – não era a primeira vez que Tom me via de pijama mas o problema é que minha mãe diz que cresci e que a partir de agora,não posso ter o mesmo conforto com meu irmão que tinha antigamente, besteira óbvio.
Subi as escadas indo para meu quarto, peguei minha roupa,e a vesti rapidamente, peguei meus tênis e os coloquei, escutei minha mãe chamar Thomas e peguei meu livro – Fallen – meu celular,e fone. Desci as escadas correndo pulando ao chegar no último degrau,dando de cara com meu irmão sorrindo para mim. Ai aquele sorriso – sorri boba com meus pensamentos – Pera! Que,que eu tô pensando? Eu hein. Que nojo.

– Vamos? – escutei minha mãe vindo da cozinha assentimos e saímos de casa

              Continua...


Notas Finais


Motivo do castigo = Terça feira dia 30.09 um amigo meu pediu pra ficar comigo, eu disse que não ia ficar e o garoto tentou me beijar. Na sexta feira eu solteira cedo e o mesmo amigo me acompanhou até a casa da minha avó e no caminho me deu um selinho. Tudo bem de boa, mas como eu não consigo ficar sem falar as coisas pros meus pais, eu fui e contei pra minha mãe, no sábado a noite. Ela ficou uma fera e tirou meu celular, e disse que ia contar para o meu pai. Meu pai teve um chilique, e tirou tudo de mim. ( Obs: Eles disseram que eu não tenho idade, e eu também acho,mas foi um selinho e nada mais). Deixem seus comentários ^^ bjs <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...