História Por Ti - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Luna Valente, Matteo
Tags Luna, Lutteo, Matteo
Exibições 59
Palavras 630
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem dessa one!❤😘

Capítulo 1 - Capítulo Único


O telefone celular tocava insistentemente, o barulho já o estava irritando e suspirou ao ver no identificador de chamadas: Amor. Droga! O que ela queria afinal de contas?

— O que você quer? – perguntou curto e grosso ao atender.
— Droga. Quero falar contigo! – a voz melosa do outro lado da linha, denunciava que a poucos ela chorara.
— Você não disse o que queria mais cedo? – questionou, irritando-se. – Não me chamou de imaturo e muito mais?
— Matteo... Merda, as coisas não são assim! Eu estava nervosa e acabei descontando em você! – justificou.
— Como sempre, não é? – riu irônico. – Já me acostumei! 
— Pare de fazer com que eu me sinta ainda mais culpada, pelo amor de Deus! – pediu, sentindo a voz se embargar.
— Luna, melhor conversamos outro dia. Não estou com cabeça para aguentar suas crises. 
— Não são crises. – elevou a voz. – Eu não posso perder você, entende isso? 
— Você sempre faz a mesma coisa depois que brigamos. – suspirou. – Na boa, isso já esgotou toda a minha paciência. – confessou.
—Matteo... O que você está querendo insinuar? – arregalou os olhos, receosa.
— Você não cansou? Não cansou de me ter aos seus pés? Não cansou das nossas brigas sem fim? Não cansou de sempre ter algo para nos atrapalhar, quando o que mais queremos é paz? Pois se você não, eu sim! Cansei de você me fazer de gato e sapato, cansei de sempre brigarmos por seus medos idiotas e cansei porque o que mais quero é ser feliz contigo e você hesita muito.

— V-você e-está terminando comigo? 
— Estou perguntando-lhe se não cansou de toda a vida que estamos levando! 
— Você sabe dos meus medos e sempre disse que estaria comigo.
— Uma coisa é saber e outra totalmente diferente é você me tratar, na maioria das vezes, como um ser invisível.
— Amor, isso não é verdade. – seu tom de voz, agora, era calmo. – Você é tudo pra mim e sabe disso. Sei que as vezes te deixo de lado, mas... Poxa, você me conhece, sabe como sou. Eu te amo e amo muito, te peço desculpas por mais essa briga idiota, eu não suportaria viver sem ti,cielo.
— Luna, não quero voltar contigo, sabendo que daqui vinte e quatro horas estarei escutando você dizer que se arrepende disso! 
— Não me arrependo e sempre digo da boca pra fora. Por favor, você sabe que sempre corro atrás de ti, não adianta dizer que não quer isso também.
— A questão não é querer e... – meneou a cabeça, dando conta-se de que nunca poderia terminar com ela. – Vou para a Itália. – disse por fim.
— Hoje?
— Em algumas horas! 
— Volta quando?
— Não sei Luna. Hoje, amanhã talvez. Você sabe que eu fico mais lá do que aqui. – deu de ombros.
— Eu te amo, nos encontramos na Itália.

Antes que ele pudesse dizer algo, ela já havia desligado o telefone. E ele sabia que não adiantaria nada tentar impedi-lá. Luna iria atrás dele,onde quer que ele estivesse.

#Horas Depois

— Não sei o que ainda faço contigo, na boa!Matteo –  sussurrou e abraçou-a pela cintura, ao ver a mesma entrar no apartamento.
— Você me ama! – murmurou, subindo no colo dele e beijando-o na boca.
— Meu mal! – também murmurou, pressionando o corpo dela contra o seu.

Poderiam brigar, ao menos, quatro vezes na semana. Seja porque alguém a assediou, ou porque ela o ignorou em alguma situação. Luna podia ser mais experiente em relações, porém, conseguia ser a mais imatura da relação. O medo de que descobrissem seus sentimentos, fazia com que Matteo duvidasse do amor que ela sentia por ele, e sempre causava discussões sérias entre eles. Ele pensava muito no futuro. Ela queria viver o presente. Ambos muito diferentes, e com apenas uma coisa em comum: o amor que sentiam um pelo outro. 

Luna vivia por Matteo, e Matteo vivia por Luna. 
 

 


Notas Finais


Comenteeeem❤
Me digam se gostaram!❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...