História Por trás das cameras - Capítulo 25


Escrita por: ~ e ~acarvalhal

Postado
Categorias Cameron Dallas, Matthew Espinosa
Personagens Cameron Dallas, Matthew Espinosa
Exibições 19
Palavras 3.847
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


representação do irmão da Alice

Capítulo 25 - Capítulo 24


Fanfic / Fanfiction Por trás das cameras - Capítulo 25 - Capítulo 24

P.O.V Alice

Eu sempre admirei muito a ligação que a Ceci tem com o Shawn, eles praticamente não são primos e sim irmãos e eu agradeço por um dia eles terem deixado eu fazer parte dessa família.

Ver a cena do Shawn e da Ceci me fez lembrar do meu irmão Alex, eu não falo muito dele agora porquê eu não sei já que ele é uma pessoa ótima que sempre correu atrás daquilo que quer, todos ao me conhecer acha que eu sou filha única e eu tenho duas respostas, sim e não, Alex é mais velho que eu uns 6 anos, ele é  meu irmão por parte de pai, a tia sabe , a Ceci e o Shawn também mas demorou pra eles se conhecerem já que era bem raro nós nos vermos.

Explicando um pouco essa historia.
Quando meus pais casaram meu pai já tinha um filho de 4 anos quase cinco e a minha mãe o "adotou" como filho dela pois  a mãe do Alex morreu no dia em que ele nasceu, bem historia de novela mas não, é a só a verdade. Um ano depois do casamento dos meus pais eu nasci e Alex estava com  6 anos e como todo mundo sabe quando eu tinha dois anos meus pais se separaram e Alex como era filho do André (meu pai) foi morar com ele e logo depois ele começou a namorar a Sandra ( atual mulher dele) o que meio que fez meu pai se afastar e tentar afastar Alex de mim mas não deu muito certo porque meu irmão também foi bem insistente em dizer que não se afastaria nem de mim nem da minha mãe  e então  o André colocou o Alex pra estudar em um colégio interno pra eu não poder falar nem conviver com ele , a Sandra tinha feito a cabeça do meu pai de uma forma que eu nunca entendi de onde essa mulher tirava tanto ódio de mim, mas sempre que Alex podia ligava escondido pra minha mãe e pedia pra falar com a gente mas tinha que ser rápido por causa das regras do colégio, quando Alex chegou ao ensino médio o André o tirou do colégio e Alex foi para um colégio com aulas meio que integrais eram aulas de manhã e o cursinho de tarde, e por vezes ele matavas as aulas da manhã pra ir me ver na saída da escola e me levar pra casa da tia Marta porque ele sabia que mamãe estava trabalhando o dia todo, as vezes tinhas algumas festas umas que ele ia e umas que Alex fingia pro papai que ia mas na verdade ele ia lá pra casa passar um tempo a mais comigo, e quando ele passou pra faculdade eu achei que era meu fim meu irmão foi meio que obrigado a ir pra fora do país porque papai mandou, mas ele prometeu e cumpriu falar comigo todos os dias por Skype...

~ de volta ao momento~

Eu me encontrava agora no meu quarto sentada na cama chorando com o celular na mão lingando pro meu irmão e nem sabia que tinha começado a chorar

~chamada on~

Alex : não eu não aceito a proposta e não irei discutir pai... alô?

Eu : lex? Ta podendo falar ? – fungo

Alex : puta que pariu , lice ? porra porque não me ligou antes quer me matar caralho quando mamãe disse que você tinha ido pra Los Angeles tinhas uns dois meses eu não acreditei- rio do subito escandalo feito

Eu: sim eu to em Los Angeles , eu vim realizar meu sonho lex

Alex: conseguiu? Se você conseguiu fica, mas se não deu certo volta pros braços do seu irmão porque eu não to aguentando ... com quem você ta falando alex?- ouço ao fundo – com ninguém pai...- "hmm então ta" ao ouvir que era meu pai eu mordi o lábio com medo de ele tentar fazer meu irmão desligar inventando algo pra eles fazerem como sempre era

Eu: lex eu to com saudade,espero que você esteja bem

Alex : to bem sim princesa mas me tira uma duvida quem ta em los angeles com você- rio da curiosidade dele e a porta se abre revelando um Shawn e uma Cecilia e atrás Cameron e Matt

Eu: respondedo sua pergunta príncipe – falo o apelido e matt fecha a cara e sai – a Ceci veio e como você sabe Shawn ta morando aqui e vive aqui em casa e a tia Marta veio passar um tempo com a gente

Alex: manda um beijo pra eles e diz que estou sentindo falta das palhaçadas – a gente ri e  eu ouço uma voz de fundo só que dessa vez de uma mulher "sr. Barcelos o senhor tem uma reunião agora" – sim Luciana já estou indo – meu irmão responde meio ríspido- princesa eu tenho que ir, te amo

Eu : tudo bem me liga se ainda tiver tempo hoje, também te amo margarida – rio e ele me xinga e eu desligo o telefone a tempo de ouvir a Cecilia rir e dizer " Alex"

~chamada off~

Eu coloco o celular na cama e suspiro olho pra porta que agora ta fechada mordo o lábio , pego o celular e desco 

~mensagem on

pequena margarida : te ligo quando eu sair da empresa papai ta me prendendo aqui até tarde  desde o meu primeiro dia de estagio , Luisa quer falar com você 

eu : kkk se fudeo kkk desculpa maninho kkkkk , também to com saudade dela NÃO ESQUECE DE ME LIGAR ARROMBADO te amo.

~mensagem off~~

- PUTA QUE PARIU - grito assim que bato a cara na parede que divide a sala e o corredor e vejo Cecilia rindo junto com Cameron e Shawn e Matt ainda se mantinha de cara fechada.

olho pra cecilia e depois pra ele e volto a olhar pra Cecilia que fala em um sussurro e em português "ciúmes " e eu rio, me aproximo dele e beijo o canto da boca e ele não expressa reação, me sento de frente pra ele e sorrio mas ele vira a cara, bufo e reviro os olhos 

- tudo bem matt faça joguinhos mesmo eu também sei jogar - levanto e vou pra perto da ceci , Shawn e Cam - então Shawn me diz sobre o rock in rio porque eu não ouvi foi mal eu precisava muito falar com  o meu príncipe- rio e Shawn e Cecilia me acompanham

- tu não vai perder essa mania né? - Ceci pergunta pondo as pernas em cima do cam

- não dá - rio - eu chamo o Alex de príncipe desde que eu me entendo por gente e ele me chama de princesa é costume - dou de ombros

- vamos assistir um filme pra sair desse tédio? - Cameron se manisfesta depois de um tempo em silencio.

- VAMOS - nós respondemos em coro até mesmo o matt 

- cadê a tia ? - pergunto , não a vi depois que desci e nem a vi sair depois das chamadas de videos que fizemos com a vó e as irmãs da Ceci

- subiu pra tomar um banho e descansar ela falou que não estava se sentindo bem 

- tudo bem, vou fazer brigadeiro vocês arrumem a sala por favor .

Entro na cozinha pego o leite condensado e o chocolate e procuro uma panela assim que acho coloco o leite condensado e as colheres do chocolate e levo pro fogo e fico mexendo pra poder chegar ao ponto que eu quero, vejo uma sombra entrar na cozinha e me viro pra ver quem era e vejo o Matt que para ao meu lado e pega dois pacotes de pipoca de microondas abre uma delas e coloca no mesmo e fica ali parado me olhando 

- o que foi Matthew?- pergunto sem olhar pra ele

- nada, é proibido olhar ? - ele me responde com uma pergunta e eu respiro fundo 

- olha proibido não é não mas pra quem estava me ignorando você tá olhando demais não tá não? - falo com a voz calma, bem diferente de como eu realmente estou já que o que eu quero no momento é quebrar a cara dele até a raiva passar e dar beijinhos pra melhorar depois

-eu não estava te ignorando - ele fala dando de ombros e eu desligo o fogo olhando pra ele.

- Nossa, claro que não. Pffff onde eu estava com a cabeça? Matthew me ignorando? Nunca aconteceu nessa vida - falo sarcástica mas sem levantar a voz 

- O que deu em você em? - ele fala nervoso

- eu que te pergunto, ontem tu me beija e fala que quer sair comigo, passa a tarde abraçado comigo aí do nada nem olha na minha cara, olha meu querido aqui não é circo pra eu aguentar palhaçada não ok? - falo e vou pegar a pipoca que tinha ficado pronta

- E você quer o que? Eu vou no seu quarto e você ta falando com sei lá quem e chamando ele de príncipe, AH vai tomar no cu né - ele fala meio alto

- mas eu não to acreditando que essa porra toda é ciúmes infantil, mas eu não tô mesmo - falo nervosa e rio seca 

- Não é ciúmes infantil, você tava toda melosa com ele, você acha que eu sou idiota pra você ficar comigo e com outra pessoa ao mesmo tempo? - ele pergunta muito puto

- ELE É MEU IRMÃO SEU IMBECIL - grito e jogo a pipoca toda na cabeça dele e saio pisando duro e quando passo pela sala sinto olhares curiosos pra cima de mim foda- se se eles escutaram também, entro no meu quarto e bato a porta com força.
Me sento na cama e respiro fundo pra recuperar a pouca calma que eu tenho e alguém entra no quarto

-lice? - não olho pra porta por já saber o dono da voz 
- achei que a Cecília viesse - solto um sorriso
- ela ia vim mas antes queria matar o Matt por desconfiar - ele sorri e se senta ao meu lado e limpa uma lágrima minha que escorreu - releva o que matt falou era só o ciúmes falando mais alto
- poxa Shawn como ele pode ? Como ele pode desconfiar 
- olha ele não sabia que você tinha um irmão ele chegou aqui com a gente e te viu no telefone e viu o quão melosa você tava e depois ainda veio o apelido que você usa com o Alex acho que não ajudou muito né - ele ri baixo 
- ele podia ter me perguntado ao invés de fazer esse teatro todo - Shawn concorda e Cecília entra 
- Eu vou matar o Matthew - ela fala com uma certa raiva - eu já tava puta com o que aconteceu com a minha irmã e ele ainda me faz uma merda dessa ? beleza que ele não sabia do seu irmão mas custava perguntar educadamente ? - eu e Shawn rimos e ela nos olha com cara de poucos amigos nos fazendo parar
- e você quebrou a cara dele ? - pergunto e mordo o lábio já com receio de ela soltar um "sim eu dei uma surra bem dada nele e só não arranquei as joias dele por pena" 
- Não mas concerteza se aquele viado, corno manso , filho de uma puta descofiar de você de novo eu quebro - ela respira fundo pra concerteza recuperar a calma que perdeu 
- a gente podia descer pra poder ver o filme e esquecer o que rolou e se você quiser  Ali continua ignorando o matt -  Shawn fala e eu suspiro
- beleza - falo e ele levanta me ajudando a levantar e a gente sai do quarto com a Ceci na frente
- em - Cecília vira pra trás parando do nada e depois vokta a andar - tu contou pra ele que vamos pro Brasil?
- não , não deu tempo parece que o André ta enchendo ele de trabalho e ele teve que desligar pra ir em uma reunião e eu pedi pra que se ele tivesse tempo me ligasse.
A gente chega na sala e encontra o Cameron colocando o filme e o Matthew com a cara de poucos amigos e cabelo molhado 
Ele tomou banho? Aquela blusa não é do Shawn? Isso quer dizer que eu fiquei um tempo razoável dentro do quarto, cada um se senta em um canto ficando Cecília e Cameron no sofá maior eu no colchão no chão e shawn ao meu lado e Matthew em uma das poltronas
Eu estava concentrada no filme só que as minhas costas estavam começando a doer, puxo uma das almofadas que estavam no colo do Shawn e deito no tapete, até que sinto alguém se aproximar e levantar minha cabeça a colocando no colo e começa a mexer no meu cabelo.
-lice? - matt fala baixinho 
- hm? - resmungo por ele ter tirado a minha atenção do filme e também pra me fazer de difícil
- me desculpa?- ele beija o topo da minha cabeça e eu não o respondo - é sério princesa me desculpa eu fui um idiota - ele suspira e me olha 
- a gente conversa depois por favor 
- depois do filme? 
- é Matthew depois do filme 

literalmente três minutos depois o filme acaba e eu me sento no tapete e olho a hora 21:25 vou poder dar a desculpa de que eu estou com sono e ir deitar e adiar o máximo possível dessa conversa, não me julguem eu só não quero mais brigas justo não?

- meus amores eu vou embora - Shawn se manifesta se levantando beija a testa da Ceci e me dá um beijo na bochecha - se cuidem amo vocês

- sério primo você precisa mesmo ir ? - Cecilia faz cara de cachorro que caiu da mudança 

- sim dessa vez eu preciso amanhã eu vou resolver tudo pra a viagem ou quase tudo - ele ri e vai a caminho da porta e eu me levanto com o intuito de já tranca - la 

- beijo Shawn dorme bem - digo assim que ele entra no elevador e ele manda um beijo no ar 

tranco a porta e volto pra perto do trio

- vocês vão dormir aqui ? - pergunto para Cam e Matt e recebo apenas a pergunta do Cameron

- eu posso? se tiver problema eu vou 

- olha isso não é comigo - levanto as mãos em forma de "defesa" - e você Matthew vai ficar ou vai embora ? - pergunto um pouco rudi demais não era minha intenção

- eu posso falar com você antes ? - afirmo e beijo a bochecha do Cam e logo depois a da Ceci

- se precisar de ajuda pra arrumar a cama me chama - falo olhando pra Cecilia que parece que está resolvendo um problema de matemática mas na verdade só está pensando se deixa ou não Cameron dormir aqui.

Caminho pro meu quarto percebendo os passos de Matt trás de mim respiro fundo e abro a porta e me sento na cama 

- fala o que você precisa falar comigo 

- eu só queria pedir desculpa , eu fui um babaca por ter desconfiado de você e eu sei disso , mas tenta ver meu lado, eu não sabia que você tinha um irmão e eu descobri isso de uma forma não muito legal, eu sou muito ciúmento e eu detesto isso em mim - solto um "percebi" baixo e ele sorri - eu gosto muito de você e só de pensar em você sendo carinhosa com outro cara sei lá me dá uma raiva muito grande - ele suspira e eu olho pra ele meio surpresa eu não imaginava que ele gostava de mim sei lá eu as vezes consigo ser bem devagar

- tá Matt tudo bem eu só... eu também gosto de você eu só peço que você não duvide disso pode ser ? ou eu não irei conseguir levar adiante seja lá o que estivermos tendo porquê sinceramente eu não sei - rio baixo e ele se aproxima e coloca a mão na minha bochecha

- eu não irei duvidar prometo - ele se senta ao meu lado e se aproxima devagar - você me desculpa ? - ele diz perto da minha boca e eu suspiro e solto um "uhun" e quando a gente ia se beijar a porta abre com força nos assustando

- puta que pariu - Cecilia ri - atrapalhei o momento pazes do OTP né? 

- atrapalho - Matt fala antes que eu podesse me pronunciar e eu reviro os olhos 

- não Cecilia não atrapalhou , Cam vai dormir aqui né? - ela afirma e sorri e vai em busca do colchão - espera só um minuto eu vou tirar as lentes e to descendo com os lenções e o travesseiro pra eles - digo indo em direção ao banheiro , ligo a luz retiro as lentes com facilidade e as coloco na caixinha jogo soro nos olhos e ponho o óculos, volto pro quarto e não tem mais ninguém lá pego os lenções e o travesseiro e levo pra sala - CHEGUEI - jogo tudo em cima do sofá e começo a ajudar a Ceci a forrar tudo com Cam e Matt me olhando - PELO AMOR  parem de me olhar

- você tá de óculos? - olho pra ele que tem uma careta engraçada na cara 

- é ué eu uso óculos eu sou uma verdadeira cega se eu fico sem não enxergo nem a parede 

- isso é verdade - Cecilia diz rindo - eu me lembro o dia em que você esqueceu aonde colocou os óculos e foi de cara na parede - ela começa a gargalhar 

- então esse tempo todo você tava de lente ? - Matt pergunta o óbvio e eu e Cacii olhamos pra cara dele como se dissessimos "você descobriu a America Sherlock" e Cameron ri 

- você fica com cara de nerd - Cameron fala

- por isso que eu não uso ta vendo - termino de arrumar tudo com a Ceci - boa noite porquê eu to cansada e com uma puta dor de cabeça , você vai ficar Matthew Lee Espinosa? 

- posso? - ele pergunta com medo da resposta 

-pode oxi - dou de ombros e vou pro quarto pego o pijama e vou pro banheiro tomo um banho rápido e volto já arrumada pra deitar encotrando Matt sentado na minha cama 

- Cecilia falou que...

- que era pra você dormi aqui e ainda fez uma cara de " hoje tem" né? - ele afirma rindo e eu rio revirando os olhos - tudo bem vai lá tomar um banho enquanto eu arrumo a cama tem toalha no armário embaixo da pia - ele assente e vai, assim que ele sai meu celular toca

~chamada on~

eu: alô?

Alex : princesa hey desculpa a demora eu acabei de chegar em casa 

eu: hey principe tudo bem você deve tá morto de cansaso

Alex: vou mentir não to mesmo mas tudo bem liguei pra te dar boa noite e pra Luisa falar com você mas ela decidiu ir pra casa dela desculpa- eu rio 

eu: tudo bem meu amor depois eu vou ter tempo de falar com ela eu tenho que te contar uma coisa 

Alex: conta sou todo ouvidos 

eu : principe antes me tira uma duvida - ele murmura um "uhum" e nessa hora o Matt entra no quarto e sorri - você ainda tá morando com o André ?

Alex; to sim princesa ele ta até aqui do meu lado me enchendo a porra do saco querendo saber quem é como se eu fosse uma criança que ainda precisa de supervisão dos pais 

eu: tudo bem - suspiro - principe eu to indo pro Brasil - falo um pouco baixo mas ele parece ter escutado porquê logo depois grita

Alex : VOCÊ TÁ VINDO PRO BRASIL ALICE? - ele parece bem surpreso e animado

eu: é maninho eu to indo o Shawn vai se apresentar ai e vai levar a galera - ouço uns barulhos ao fundo como se fosse uma pequena discussão que logo para

Alex : tudo bem espero que eu consiga te ver e lice eu preciso te falar uma coisa - múrmuro um ' o que?'e ele continua - papai quer te ver e vai comigo te buscar no aeroporto 

Eu congelei, meu pai ? quer me ver depois de quase 15 anos ? não não pode ser lex precisa tá de brincadeira comigo

eu : lex essa brincadeira não tem um pingo de graça - rio seco e deixo uma lágrima escorrer e Matt me olha me sussurrando um "Tá tudo bem meu amor?"

Alex : eu não to brincando ele acabou de avisar e ainda discutiu com a Sandra dizendo que a decisão dele já estava tomada e ela não iria se meter 

eu: olha principe eu te amo muito mas agora eu preciso dormir eu to cansada e já ta tarde pra você ai eu te amo dorme bem tchau - não dou tempo de ele responder e desligo o celular 

~chamada off~

Matt me olha e eu me mantenho olhando ao que parece ser o nada e tentando assimilar o que eu acabei de ouvir 

ele que me ver depois de 15 anos isso se não for mais eu nem me lembro da última vez que falei co emu pai a única coisa que eu sei é que faz muito tempo mas não foi porquê eu quis assim e sim porquê ele quis assim 

- Ali você ta bem? o que houve pra você ter ficado assim cara? o que seu irmão falou - Matt me enche de perguntas 

- ele que me ver matt depois de tanto tempo ele resolveu me ver e eu não sei o que fazer- deixo algumas lagrimas cairem

- ele quem ? Alice de quem você tá falando - ele me puxa pra um abraço e fica alisando meu cabelo

- meu pai Matt eu to falando do meu pai - soluço e abraço ele de volta.

Matt se deita na cama e me puxa pra deitar e me deita no peito dele  fica fazendo carinho na minha cabeça sussurrando que iria ficar tudo bem e que ele estaria comigo e ele não deixaria nada acontecer.

Matt apaga a luz do abajur e liga a tv e a mesma pergunta se passa pela minha cabeça até u pegar no sono deitada no peito do Matt com o mesmo mexendo no mu cabelo

O que eu vou falar com um cara que eu mal conheço e que mal convivi e que por mais incrível que pareça é meu pai.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...