História Por Você - G!P - Capítulo 51


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camreng!p
Visualizações 342
Palavras 914
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá meus amores, me perdoem pela demora.
Mas eu tô uma merda ultimamente, e provavelmente o capítulo não vai agradar muita gente.
Maaaaas....
Eu amo vocês. ❤🌹
Boa leitura.

Capítulo 51 - Decisão.


CAMILA POV

Acordei sentindo beijos molhados em meu pescoço, abri meus olhos devagar e sorrir, minha esposa já vestida para ir trabalhar e minha filha agarrada no meu corpo, ela é a cópia da Lauren. 

Lauren: bom dia meu amor.

Camila: bom dia Lo.

Ela me beijou e eu agarrei na gola da sua farda, mordi seus lábios e ela gemeu.

Lauren: não provoca, Ale tá me esperando lá em  baixo, preciso ir amor.

Camila: tudo bem, eu te amo.

Lauren: eu amo mais, tchau meus amores.

Um último beijo e ela se foi.

Hoje é meu dia de folga, vou aproveitar para fazer umas ligações, preciso resolver algo que está tirando meu sono, Lauren não vai gostar nada, mas eu preciso. 

Vic: bo dia mama.

Camila: bom dia meu anjo.

Ela me abraço mais apertado e beijou meu nariz, dei vários beijos em seu rosto e ela gargalhou.

Vic: papa já saiu mama? 

Camila: já meu amor,  mas ela volta cedo hoje.

Minutos depois já estávamos na cozinha fazendo a maior bagunça, essa garota adora panquecas, se não tiver ela nem quer.

Vic: mama, meu irmão já está na sua barriga?

Camila: o que?

Como assim??

Vic: mama, eu mandei a papa fazer um irmão na senhora, minha madrinha me disse como faz.

Camila: o que Dinah disse Maria?

Eu estava com medo da resposta. 

Vic: quando a papa come no banheiro sempre vem um irmão. 

Eu não sei se Mato a dinah ou se rolo no chão de tanto rir.

Camila: não de ouvidos a louca da sua madrinha,  ela é uma sem noção filha. 

Vic: eu ainda quero um irmão. 

Oh Deus! 

Vic sentou no sofá com sua tigela de pipoca para ver desenhos, aproveitei a distração dela para fazer o que eu quero a algum tempo.

LIGAÇÃO ON - SANATÓRIO. 

Atendente: Bom dia, sanatório Miami. Qual o motivo da ligação? 

Camila: Sinue Cabello Estrabão. 

Atendente: só um minuto.

Eu estava nervosa,  primeira vez que procuro por noticias depois que ela foi internada.

Atendente: qual a sua ligação com a paciente? 

Camila: eu sou Camila Cabello-Jauregui, filha dela.

Atendente: certo, sua mãe não apresentou melhoras, ela continua agressiva e fala que o marido está vindo buscá-la, o seu pai se chama Lauren? 

O que? Lauren? Meu Deus! 

Camila: Lauren Michelle Cabello-Jauregui, é a minha esposa. O que mais devo saber sobre ela?

Minha voz não passava de um sussurro.

Atendente: senhora, marque um horário e venha visitar sua mãe, mais informações somente se vier e preencher a ficha.

Camila: quinta feira, as 09:00 da manhã. 

Atendente: tenha um bom dia.

Camila: igualmente. 

LIGAÇÃO OFF.

Preciso respirar, minha mãe enlouqueceu de verdade, eu não queria aceitar, minha mãe, louca!

Voltei para sala e minha filha cantava uma música, sussurrava na verdade. 

Camila: você que desde a primeira vez, me fez esquecer de me perguntar, o que eu faria nessa chuva, domingo de chuva.

Vic: mama! Eu não te vi aí. 

Camila: vic, vem aqui com a mamãe. 

Vic: não foi eu mamãe, papa que jogou fora!

Camila: do que você está falando? 

Vic: opx... achei que a senhora tinha discobrido o peixe doradu na privada. 

Camila: depois me acerto com sua papa.

Sofia: cheguei kaki, hoje não teve ed. Física!

Sofia entrou já tirando a mochila e jogando no chão. 

Camila: volta e pega.

Sofia: desculpa. - sorriu sapeca. 

Camila: sentem as duas aqui.

As duas sentaram de frente pra mim.

Camila: Sofia, eu preciso de um favor, e preciso de você também filha.

Sofia: fala logo kaki.

Camila: eu vou pagar o tratamento da mamãe Sofia, vou fazer o que eu puder para fazer nossa mãe voltar ao normal.

Sofia: não é uma boa idéia kaki, mamãe tentou te machucar e quer me tirar de vocês, eu não quero kaki.

Camila: ela não pode tirar você da gente soso, papai tem a sua guarda e futuramente eu e Lauren teremos.

Sofia: eu não quero que a mamãe saia de lá kaki, ela é má.

Vic: aquela bruxa é malvada mama, ela tem inveja da senhora, madrinha disse que ela é biruta da cabeça mamãe.

Camila: eu preciso fazer algo, não posso deixar minha mãe jogada naquele lugar, eu não consigo nem dormir direito. 

Sofia e vic: eu tenho medo.

Minhas princesas estão com medo mas eu preciso fazer algo, eu não consigo pensar em outra coisa, minha mãe está sozinha e com problemas, preciso ajudar.

* NO OUTRO DIA*

Dinah: qual o seu problema? Ficou maluca ? Tá tomando chá de bosta? Andou fumando os pentelhos da Gaspar? Aquela mulher ameaçou te a matar Camila!

Camila: ela é minha mãe Jane.

Dinah: o que a Lauren falou sobre isso?

Camila: ela não sabe, nem meu pai. Só as meninas.

Dinah: chancho, minha queria bunda de nós todos, você deve odiar a calmaria né? Depois de anos de aflição pra não saber o que aquela mulher planejava agora você quer tirar ela, agora que ela tá presa numa gaiola branca ? Deixa de ser burra camila.

Camila: não adianta,  eu vou ajudar a minha mãe Dinah.

Deixei Dinah sozinha na cafeteira e fui pra casa, assim que cheguei meu pai estava na sala brincando com as meninas e Lauren provavelmente na cozinha.

Camila: boa noite meus amores.

Vic: mamaaaaa!!!!

Sofia: kaki!!!

Alejandro: boa noite meu bebê.

Camila: onde está minha esposa?

Vic: na cozia mamãe. 

Andei até a cozinha e minha esposa estava sexy, um avental branco, uma camisa regata do exército e uma bermuda da Nike. 

A abracei por trás e beijei sua nuca.

Camila: toc toc. 

Lauren: quem é? 

Camila: Banana!

Lauren: já posso comer? 

Camila: idiota. 

Rimos e nos beijamos.

Respirei fundo para acalmar meu coração e poder iniciar o assunto.

Camila: Lauren...

Lauren: camila...

Droga, espero que o bom humor continue.

Camila: eu quero ajudar minha mãe a sair daquele lugar.

Lauren: O QUE???


Notas Finais


Alguém aí quer ajudar camzz ?
Alguém precisa dar um chá de " vai tomar no cu" pra camila, o que vocês acham?
O capítulo tá meio bosta, já já camila vem fazer chá.
Beijos amores!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...