História Por Você - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Big Bang, Monsta X
Personagens Hyung Won, I'M, Joo Heon, Ki Hyun, Min Hyuk, Personagens Originais, Show Nu, Taeyang, Won Ho
Exibições 6
Palavras 1.199
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Fluffy, Hentai, Lemon, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Mil desculpas por não ter DEMORA BASTANTE TEMPO pra ter postado os capítulos. Mas aqui está um capítulo feito

Capítulo 4 - O Reencontro Part-2


Fanfic / Fanfiction Por Você - Capítulo 4 - O Reencontro Part-2

Cheguei em casa e me deitei no sofá da sala fiquei olhando para os porta retratos que haviam na estante até cair em um sono,

P.O.V Mia

  Será que ele vai realmente vir? Ele prometeu... Mais será que ele cruzou os dedos e eu não vi? Será que ele está em outra festa? Será que ele está dormindo e esqueceu da hora? Essas eram as perguntas que eu me fazia mentalmente. Eu estava deitada na minja cama. Até que Taeyang bate na porta do meu quarto já invadindo ele.

Tae: Olha, eu tinha pensado que você estava mal sem mim. Mas com essa sua cara.... Parece que você está é na merda... E a muito tempo! disse ele fechando a porta do meu quarto e se deitando ao meu lado. 

Eu:Como você é chato, hein!? Eu não estou na merda. Só estou pensando...

Tae: Olha,  de você está pensando... Está pensando em alguém?

Eu: Sim, provável...

Tae: Em quem?

Eu: Em alguém,  conheci a pouco tempo. Sei que o nome dele é WonHo... 

Tae: A pouco tempo ou você já o conhecia?  

Eu: Eu... Eu não sei. 

Tae: Eu fico preocupado com você,  eu realmente me importo com você.  Desde que você perdeu sua memória aos 13 eu fico de olho em você.

Eu: Eu sei...  Mais não se preocupe de mais comigo. Ele talvez não tenha gostado quando disse para não se preocupar comigo. Nos conhecemos desde crianças, acho que foi um pouco rude da minha parte dizer aquilo. Fiquei olhando ele esperando ele dizer algo.  Até que ele me puxou e me abraçou. 

Tae: Não importa o que você diga, eu sempre vou estar do seu lado... 

Eu: Que brega! Tirou isso da onde? Novela mexicana? Doramas? Já sei! Esses cantores antigos? 

Tae: Não sei... Foi espontâneo.  Ele continuou me aabraçando por um longo tempo. Com ele por perto eu esquecia um pouco do WonHo.  Ficamos ali por um bom tempo conversando...

P.O.V WonHo

 Não sabia que horas eram... Mas sei que eu já estava atrasado. Me levantei o mais rápido possível e fui até o banheiro tomar banho, meu banho foi muito rápido; não sei como mais eu estava cheiroso.  Entrei no meu quarto com a toalha amarrada na cintura e abri meu armário, pela primeira vez na vida ele estava arrumado.  Eu consegui achar todas as roupas que eu tinha. Menos a roupa ideal para usar, eu podia simplesmente pegar qualquer roupa mas decidi escolher com calma então, separei algumas coisas e fui vestino aaté achar uma que eu ficasse "bonito".  Sai de casa às 21:17 estava  tão atrasado. Mas fui do mesmo jeito, eu podia simplesmente não ir... Mas eu prometi! Peguei o carro e dei a partida, em pouco tempo eu cheguei na casa dela, assim que cheguei dei de cara com a Sophia(uma das amigas de Mia) ; acenei para ela e a mesma veio em minha direção.  

Sophia: Pensei que não viria mais. Demorou tanto.

Eu: Bem, eu sei. Eu acabei dormindo um pouco.

Sophia: Um pouco? 

Eu: Tá, eu dormi muito! Onde ta a Mia? 

Sophia:Está la em cima. Você já sabe onde é, né? 

Eu: Sim... Então eu já vou indo lá... 

 Eu me virei e fui em direção ao quarto dela, fiquei em frente a porta do quarto dela pensando se eu batia na porta ou não... Até que quando eu decidi bater na porta ela abriu a mesma e sorriu. Ela pulou nos meus braços me fazendo segurar ela. 

Mia:Pensei que não viria mais. 

Eu: Eu tinha prometido, não é mesmo?

Mia:Sim, mais eu tinha pensado que tinha esquecido sua promessa.

Eu: Eu não esqueço as coisas com muita facilidade. 

Ela apenas me abraçou forte e desceu do meu colo. Eu reparei que tinha alguém dormindo na cama dela, eu me assustei e ela percebeu que havia reparado. 

Mia: Bem, ele é um amigo, Ele veio de longe e estava cansado, deixei ele dormindo aqui.

Eu: E depois?

Mia: E depois o que?

Eu: Ele vai continuar na sua cama? 

Mia: Esta preocupado com isso?

Eu: Não,  apenas quero me certificar que você não vai fazer nada de errado.

Mia:  Você tem a minha palavra, eu não irei fazer nada de errado. Pelo menos, não agora.  Ela sorriu e fechou a porta do quarto descemos as escadas e fomos até uma menina que estava sentada no balcão da cozinha com uma garrafa de soju na mão. 

Mia: Quero que conheça a minha amiga, Manuella esse é o WonHo. WonHo essa é Manuella. 

Manuella: Olá! Sou a Manuella! disse ela estendendo sua mão para cumprimentar me. Ela estava um pouco bêbada,  isso estava nítido.  Logo chegou Jimin e veio acompanhar a Manuella, Jimin estava carregando algumas garrafas de soju ambos ali estavam bêbados, Mia me puxou até sua casa na árvore lá havia uma espécie de cozinha americana e uma sala p também tinha uma pequena varanda, eu me sentei no sofá e vi ela pegar uma caixa roxa dentro de uma gaveta que ela gavia destrancado com sua chave. Ela se sentou do meu lado e abriu a caixa, Havia fotos e uma pequena bolsa de pano também timha uma polaroid e uma caneta preta. Eu apenas ouvi ela dizendo sorria e o som do disparo da câmera.  Ela havia tirado uma foto minha, ela colocou meu nome e a data. 

Mia: Bem, sei que está curioso sobre esta caixa e a foto. Então,  eu irei lhe explicar.  Ook?

Eu: Ook.

Mia: Bem, aos 4 anos eu sofri um acidente de carro e perdi boa parte da minha memória.  Aos 13 anos sofri bullyng no Colégio,  as meninas me batiam pois eu era gorda de mais, com tempo eu fui me acustamando com as a palavras ofensivas que as meninas e os meninos do Colégio faziam comigo, até que um dia eles decidiram me agredir.  E a agressão foi tão grade que perdi minha memória por completo. Depois de tudo isso eu mudei pra cá, eu tenho essa caixa. Essa caixa tem tudo o que eu não posso esquecer.  Quando ela terminou de falar ela ja estava chorando eu apenas abracei ela tentando consolar, eu apenas estava tentando fazer ela parar de chorar então segurei os ombros dela e sorri.

Eu: Então você não pode me esquecer?

Mia: Eu não posso esquecer ninguém.  Eu já esqueci muita coisa.

Eu: Aah sim... Bem! Como estamos ainda em semana de aula, não posso lhe chamar pra sair amanhã já que é terça,  então... Vamos ao Shopping comer alguma coisa no Sábado? 

Mia: Claro, eu vou voltar amanhã mesmo. O médico disse que já posso voltar a minha rotina de antes.

Eu: Que bom! Você ainda estuda no mesmo lugar,  né?

Mia: Sim. Bem, eu acho. 

Eu:Por sua sorte, eu posso te levar pra lá todos os dias?

Mia: Sério? Não vai te encomodar?

Eu: Claro que não, você não deve encomendar ninguém. 

Horas Se passarão, já eram 3:25 os amigos de Mia estavam na sala eu também estava. Depois que eu tinha chamado Mia para sair os amigos delas chamaram para ver filmem muitas pessoas tinham ido embora todos estavam dormimdo eu ainda estava acordado, Mia, Manuella e Jimin também.. Já estava tarde então sai antes do filme terminar. Cheguei em casa e logo me deitei no sofá e por lá eu cai no sono.


Notas Finais


Esse foi o capítulo de hoje! Desculpe pelos erros.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...