História Por você eu faço tudo - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Chloé Bourgeois, Gabriel Agreste, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nathanaël, Nino, Personagens Originais, Plagg, Sabine Cheng, Tikki, Tom Dupain
Tags Adrinette, Ladynoir, Marichat Dança
Exibições 230
Palavras 694
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Fantasia, Festa, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá meu bolinhos de queijo♥♥♥
Como vcs estão espero que bem
Peço desculpas por não ter postado no dia prometido ok.
Vamos lá pro capítulo.

Capítulo 13 - Enlouquecer


ADRIEN

Depois fo beijo que dei na mari que por sinal foi muito bom fui para a aula de esgrima quando a aula acabou eu lembrei que tinha que ir no clube dos miraculous, que era numa antiga fábrica. Coloquei minha roupa de chat noir e peguei meu bastão eu estava a caminho do clube quando eu lembrei que disse a mari que iria passar na casa dela por que precisa vamos conversa então decide ir lá só que de chat. Quando cheguei na janela de seu quarto vi ela mexendo no armário. 

- Olá princes.

- oh chat quanto tempo que não o vejo, acho que a última vez foi na escola não foi?

- sim foi lá, como minha princes está??

- bem e você ??

- melhor do que nunca.

MARINETTE

- sabe chat eu estava pensando aqui lembra quando você me ensinou seu tipo de dança- disse andando para mais perto dele, dava pra ver que ele estava nervoso e estava muito vermelho, era bom provocar o adri.. ops quero dizer chat.

- l-l-lembro p-por que?

- queria dançar de novo sabe, vamos ? - disse me aproximando e colocando minha mão em seu peito.

- v-vamos ?

Eu coloquei a música e começamos a dançar até que no meio da dança eu enrosco minhas bernas em sua cintura ficamos que nem da última vez, só que dessa vez não recuei cheguei bem perto de seu ouvido e disse com uma voz sedutora e sexy.

- sabe qual a diferença da nossa primeira dança para agora?

- n-não qual ser-seria?

- é que da última vez, sabe não nós beijamos!

- mas a gen...- eu cheguei bem perto dele e ele se calou Fiquei a milímetros de sua boca e disse.

- você quer que eu te beije chat, você quer?

- ok possa se d-dizer que s-s-sim.- depois que ele disse isso fui chegando mas perto de sua boca quando encostei meu lábio enferio em seu lábio superior dei uma leve mordida e disse.

- então vai ficar querendo hahahahahahah - disse me afastando em crise de risos. - gato bobo.

- N-não b-brinque comigo p-p-princes.

- hahhaha você esta muito engraçado... esta parecendo um tomate.

- T-tchau princes - ele disse correndo e indo embora, Quando ele se foi eu disse.

- te encontro no clube chat - disse para mim mesmo.

Troquei de roupa e fui andando pelos tetos até o clube quando cheguei fui falar com a alya.

- hey bug como está. 

- Ó.T.I.M.A melhor do que nunca.

- o que você aprontou mari? - peguei na mão dela e levei lá no bar sentamos e eu contei tudo a ela.

- mari... Você.. é muito má - alya dizia entre os risos.

- eu sei... e ele parecia... um tomate - também nem conseguia falar direito entre os risos.

- ai ai ai mari, falando em tomate olha lá. 

Quando me virei dei de cara com o chat ele estava a me encara aquelas belas esmeraldas era tão lindo aqueles olhos... mari para de pensar nessas coisas okay.

-eita vai me beijar é hahah - disse colocando minha mão em seu peito e lhe afastando um pouco.

- até beijaria mas você não colabora. - disse segurando minha cintura.

- opa gatinho que isso?

- algo que deveria ter feito a tempo. - não pude nem fala ele me beijo de um jeito que eu AMEI não nego, ele foi descendo sua mão até o meu quadril, era um beijo calmo ele pediu passagem para a língua e eu cede como eu pude deixar ele fazer isso ele passava suas mãos no meu quadril alisando, não nego que me arrepiei todo quando ele começou a me alisar dai eu me lembrei que eu estava no bar no mesmo momento lhe dei um empurram que ele quase caio no chão.

- ai desculpa.

- tudo bem bugaboo.

- bugaboo?

- sim bugabo, é um apelido fofinho.

- ok tudo bem, vou indo.- quando estava a sair ele segurou minha mão.

- espera dança comigo por favor. Não que ver seu gatinho elouquecer quer?

- eeehhh....

 


Notas Finais


Olá meu bolinhos de queijo♥♥♥
Espero que vcs tenham gostado do capítulo.
E mas uma coisa vou trazer 2 especias para vcs fiquem atentos ok.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...