História Pornhub.com - [jikook] - Capítulo 39


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook Taeseokmin Namjin
Visualizações 599
Palavras 1.043
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Agora vocês já podem parar de ser tapeados e curtir o capitulo de verdade.

Capítulo 39 - 39


[...]

Já devia ser à décima garrafa de vodka que Jungkook bebia naquela noite. Ele nunca foi fraco para bebida, mas naquele momento, nem sua própria mão ele conseguia ver. Taehyung estava preocupado, com medo de que ele entrasse em coma alcoólico ou até pior.

— Tae.. por que eu gosto tanto dele? — diz, com sua voz arrastada e lenta.

— Eu não sei, Jungkook — diz bufando.

O som alto da boate onde estavam estava causando dores de cabeça em Taehyung, que já estava quase indo embora.

O plano inicial fora convencer Jungkook a sair de seu apartamento, já que o mesmo não fazia isso a quatro dias. Ele só saía para trabalhar, e logo voltava para casa, se trancando em seu próprio mundo. Taehyung, assim como os outros garotos, estava preocupado com Jeon. Todos já sabiam o motivo do estado deplorável de Jungkook, e claro, do que possivelmente Jimin havia feito.

Park não era mais visto por ninguém, além de Yugyoem — claro. Jungkook, de certa forma, havia se apegado demais pelo garoto. Seu corpo cheio de curvas; seu aroma adocicado; seus lábios cheios e macios; seus olhos levemente claros; seus fios de cabelo lisos; sua voz fina e doce. Jungkook estava — literalmente — perdido.

— Vamos para casa, dongseang — Taehyung pede, e Jungkook suspira, deixando de lado seu copo e virando-se na direção que o corpo de Taehyung estava.

— Certo — diz, e com um pouco de dificuldade, ambos estavam na porta da boate.

— Eu só quero a minha cama — Taehyung diz, tirando seu celular do bolso, para chamar um taxi.

— Hyuuuung  —  Jungkook o chama de forma lenta e arrastada, fazendo Taehyung suspirar e rir baixo da própria desgraça.

De quem foi a brilhante ideia de trazer Jungkook para uma boate? Ah é, fui eu. — pensou, rindo ironicamente.

— O que foi agora? — diz, se virando para encarar o melhor amigo, que estava sentado/jogado na calçada, agarrado em sua perna direita.

— Dorme comigoo.. — pede manhoso, formando um bico em seus lábios, que estavam brilhando por estrem molhados pela bebida que havia ingerido.

— Jungkook você tá louco? — diz rindo.

— Por favoooor — pede novamente.

— Hoseok e Yoongi vão me matar — Taehyung diz, pensando em voz alta. — Mas tudo bem, eu durmo com você, sua criança irresponsável.

— Aigoo, eu não sou uma criança — diz, enchendo as bochechas de ar.

Jungkook agia perfeitamente como uma criança quando está bêbado, o que na maioria das vezes é engraçado. Mas naquele momento Taehyung só pensava em mil maneiras diferentes de se matar ou matar Jungkook.

— Eu não estou mais ninguém agarrado na minha perna — Taehyung diz e Jungkook ri.

— Hyung, por que eu sofro tanto? — diz, se embolando em meio as palavras, enquanto agarrava mais ainda a perna de Taehyung.

— Por que você é idiota, Jungkook.

— Mas hyung-

— Cala a boca, por tudo que é sagrado, ou eu te deixo aqui.

[...]

Apartamento do Jungkook — 03:01 A.M.

Taehyung se joga na cama que tinha no quarto de hospedes do apartamento de seu querido amigo. Desde o momento em que entraram no taxi, Jungkook pareceu piorar. A cada minuto ele soltava um:

"— Hyung, eu te amo"

"— Hyung, por que eu sou otário?"

"— Hyung, já chegamos?"

E tanto Taehyung, como provavelmente o motorista do taxi, queriam jogar Jungkook do veiculo. Após chegarem, Jungkook fez um escarcéu pois não queria tomar banho. Foi ai que o Kim perdeu a paciência e lhe ameaçou, dizendo que iria embora e só voltaria quando Jungkook tivesse morrido — o que apavorou o jovem bêbado na hora. Depois do banho — que deu muito trabalho —, Jungkook dormiu.

Cansado, Taehyung apenas tirou sua calça jeans — ficando apenas de cueca e sua camisa — e deitou-se devidamente debaixo das cobertas. Dormiu tranquilamente, e foi despertado pelo toque irritante de seu celular — ok, não tão irritante, já que à música The Sound da banda The 1975 era sua favorita — e praguejou até a milionésima geração da pessoa sem coração que lhe ligava. Pegou o aparelho que emitia o som alto, e xingou ao ver que ainda eram seis da manhã.

— Me diz que a sua casa tá em chamas, por favor, porque eu estou desejando profundamente a sua morte — foi a primeira coisa que disse assim que atendeu. Uma risada baixa foi ouvida do outro lado da linha. — Yugyeom? — diz assim que reconhece a risada.

— Desculpe Tae, mas eu precisava conversar com alguém.. — diz meio hesitante.

— Por que eu? — diz emburrado, já se sentando na cama.

— Porque eu confio mais em você — Yugyeom diz sério.

— O que houve? — Tae pergunta.

— Eu preciso te contar algo, que eu descobri só agora.. — Yugyeom diz, fechando uma porta.

— Sobre o que? — pergunta, se levantando e indo em passos lentos até o corredor, precisamente indo em direção ao quarto de Jungkook.

— É sobre aquele vídeo.. e o Jimin — diz um pouco baixo.

Após checar que Jungkook estava dormindo como uma pedra — e deixar alguns analgésicos ao lado da cabeceira da cama dele, caso ele acordasse de ressaca, o que seria bem provável — Taehyung voltou para o quarto de hospedes e fechou a porta.

— Pode falar, estou lhe ouvindo — diz, e Yugyeom suspira em alivio.

— Antes de qualquer coisa, eu sempre descartei o Jimin da minha lista de suspeitos, porque eu sempre tive a certeza de que ele jamais faria isso — diz, e Taehyung suspira.

— As aparências enganam bastante, Yug. — diz — As pessoas nunca imaginariam que eu me tornaria um ator pornô, mas eu me tornei um, e um dos mais conhecidos.

— Eu sei disso, Tae — suspira — Só que eu tenho certeza de que não foi ele.

— Como assim?

— Eu vou ter que lhe contar desde o começo.. — Yugyeom diz em um sussurro.

Desde o começo? — Tae pergunta hesitante.

O que Yugyeom queria dizer?

— Taehyung, eu vou te contar desde o momento em que eu e o Namjoon transamos, e o porquê do Jimin não ter vazado o vídeo. Ou melhor, lhe contar o motivo de ele nem ao menos saber que eu havia transado com Namjoon antes do vídeo vazar.



Continua.

[...]








Notas Finais


OI GENTE ME DESCULPEM, EU DEVIA TER POSTADO ONTEM, EU SEI, PORÉM EU TENHO UM MOTIVO MUITO ENGRAÇADO:

Estava eu com o notebook, terminando de escrever o capítulo, enquanto minha irmã mais nova (mais conhecida como satanás) estava carregando seu celular no beijamin (quem não sabe o que é isso: é um aparelho com três entradas para tomadas). Até ai tudo beleza, porém, ela puxou o fio do carregador muito forte, desmontando o beijamin e dEIXANDO SÓ O FERRO, OU SEJA, ELE EXPLODIU, CAUSANDO UM CURTO-CIRCUITO. E AI VEM A MELHOR PARTE: ESTÁVAMOS SOZINHAS EM CASA KSNSKSJJDJD

eu perdi tODO O LEMON, porém eu sou quase uma técnica de informática e recuperei metade, então provavelmente att mais rápido (amanhã a noite, no máximo)

porque dai, quem não quiser ler o lemon (e saber a teoria — certeira — do yugyeom, só vota no capítulo e não precisa le-lo)


e quanto as fics novas, eu decidi o seguinte:

- i'm NOT gay: vai ser uma one-shot (jungkook passiva mesmo, se não gosta mete o processo)

- erro no sistema: vai ser postado final de semana que vem

- acompanhante de luxo (o mais votado): assim que pornhub.com acabar, eu posto (no mesmo dia, no mesmo minuto).

- boate azul: vai ser postada essa semana, fiquem atentos que pode sair qualquer dia

- O garoto problema: pode sair qualquer dia da semana

- D E M O N S: vai sair junto com acompanhante de luxo (e um detalhe: ela vai ser paranormal, o que é bem óbvio kxbsksbs)





BEIJOS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...