História Porque eu os amo. (Oneshot) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Exibições 20
Palavras 814
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia
Avisos: Mutilação, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom, na minha cabeça a história estava BEM melhor, mas aquele ditado né: é a vida.

Essa ideia veio enquanto ouvia Awake.

A história "original" é maior e mais triste, mas na hora de passar para o spirit eu resumi um pouco (muito). Sorry.

Capítulo 1 - Capítulo único


 

 

P.O.V Jin 

 

Estava tudo perfeito.

 

Tínhamos lançado o nosso segundo álbum.

 

Nos encaminhávamos para o segundo dia das promoções.

 

Um de meus dongsaengs estava ficando mais velho.

 

Sorrisos para todo o lado.

 

" - Jiminie, feliz aniversário - digo entregando o bolo para ele assoprar as velas.

 

 

- Obrigado hyung... Eu... A-amo vocês - diz em meio à lágrimas. Sempre sensível.

 

 

- Nós também te amamos, Jimin-ah - Namjoonie fala.

 

 

- Vocês entram em dois minutos - diz a staff.

 

 

- Vamos? - pergunto animado

 

 

- Vamos! - respondem meus seis dongsaengs em uníssono.

 

............

 

Depois da apresentação fomos direto para casa.

 

Para despistar algumas A.R.M.Ys um staff levou nosso carro oficial e fomos  outro separado, com Namjoon dirigindo.

 

No rádio tocava Awake, minha música solo no novo álbum.

 

Todos cantavam animados junto comigo.

 

Maybe I, I can never fly jeogi jeo kkoccipdeulcheoreom nalgael dan geocheoreomeun an dwae Maybe I, I can’t touch the sky geuraedo son ppeotgo sipeo dallyeobogo sipeo jogeum deo


(Talvez eu nunca possa voar
Eu não possa voar como as pétalas de flor no ar
Ou como se eu tive se asas 
Talvez eu nunca possa tocar o céu
Mesmo assim quero estender minha mão
Quero correr só mais um pouco)

 

- Namj... - nosso carro é arremessado da ponte.

 

Fiquei desacordado por alguns minutos.
Quando minha consciência retornou, percebi o que estava acontecendo.

 

Namjoon tentava tirar o cinto para ajudar os outros.

 

Jimin, que estava na janela, tinha um corte na cabeça e estava desacordado.

 

Jungkook estava ao seu lado, chorando chamando por ele.

 

Tae tentava tirar o cinto de Hobi que também estava desacordado.

 

E Yoongi... Ele tinha um grande corte na cabeça. Havia muito sangue.

 

A água não parava de entrar no carro e não conseguíamos abrir as portas.

 

- Hyung... Estou com medo - diz Jungkook entre lágrimas - Yoongi hyung, Jiminie e Hobi hyung não estão acordando...

 

 

- Calma pequeno, vai ficar tudo bem - digo.

 

Essa foi a maior mentira que já contei.

 

Os bombeiros chegaram muito tarde... Apenas eu, Namjoon e Tae estávamos acordados.

 

Yoongi morreu na hora.

Jimin teve morte cerebral.

Hobi hemorragia.

E Jungkook se afogou.

 

Fomos para o hospital.

 

Namjoon quebrou a perna esquerda e o braço direito, além de alguns cortes pelo rosto.

 

Eu quebrei duas costelas e o braço esquerdo.

 

Tae tinha uma fratura exposta na perna e um corte profundo na cabeça... Ele não resistiu à cirurgia.

 

.................

 

Já faz uma semana.

 

Eu e Namjoon sobrevivemos... Fisicamente, pois estamos mortos por dentro.

 

Meus dongsaengs foram enterrados há dois dias.

 

Foi horrível.

 

Ver os caixões sendo cobertos por terra...

 

Durante todo o tempo eu pensava na risada do Jiminie, no sorriso do Kookie, as brincadeiras do TaeTae, as piadas do Hobi e nos abraços de Suga que, mesmo que raros, eram extremamente reconfortantes.

 

...............…

 

Não sei exatamente quando começou, mas me ajudou a "esquecer" a dor. Nem que por alguns segundos.

 

Toda vez que sentia como se não fosse aguentar mais eu buscava pir elas.... Minhas amigas.

 

Senti-las perfurando minha pele, ver o sangue escorrendo... Por míseros dez segundos, me fazia esquecer que não tenho mais eles.

 

.............

 

Eu e Namjoon nos afastamos muito depois do.... "Acidente".

 

Praticamente não nos falamos mais.

 

Obviamente o grupo acabou.

 

Ele continuou em Seul.

 

Eu vim para Daegu.

 

Tenho boas lembranças de um passeio nosso aqui.

 

Moro em um sítio meio afastado.

 

Ninguém me incomoda.

 

E isso me incomoda.

 

Não ter mais gritos pela casa, roupas pelo chão e risadas histéricas...
 

Já faz um ano...

Um ano que não sorrio.

Um ano que praticamente não como.

Um ano que eu morri.

 

""""""""""""

 

"Hoje completa três anos do acidente que tirou a vida de cinco do sete integrantes do grupo Bangtan Boys.

Hoje faz também um mês que o líder do grupo cometeu suicídio. Ele deixou uma carta onde dizia não conseguir suportar mais."

 

Fiquei estático olhando para a TV.

 

Eu quase nunca a ligava, então estava bem desinformado.

 

Não me contaram  sobre isso.

 

Senti lágrimas.

 

Então agora é oficial: todos os meus dongsaengs... Eles... Eles se foram.

 

Cai de joelhos no chão com a mão sobre o peito.

 

Aquela dor... Ela nunca se foi, mas agora parecia duas vezes pior.

 

Acho que a ficha finalmente caiu.

 

Fui até o banheiro e liguei a água.

 

Lembrei do meu aniversário, o último que comemorei.

 

" - Assopra hyung! - dizia Hobi sorrindo.

 

 

- Eeeeeeeeee! - gritaram juntos assim que o fiz.

 

 

- Qual foi o seu desejo, hyung? - pergunta Tae.

 

 

- Que nós continuemos juntos, como uma família.  

 

 

- Ya! Hyung, você não pode nos fazer chorar! - diz Suga.

 

 

- Desculpe, mas eu amo vocês, dongsaengs.

 

 

- Nós também te amamos hyung! - fala Jimin e todos me abraçam." 

 

 

- Me desculpem por isso, dongsaengs - entro na banheira cheia - Mas eu não posso viver sem vocês. Porque eu os amo.


Notas Finais


É isso, o que acharam?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...